Melasma: o que é e como tratar

por Lara Lincoln

Você não está sozinha! O melasma é um problema de pele comum entre as mulheres e pode ser causado por diversos fatores, desde genética, exposição ao sol e luzes artificiais sem proteção, variações hormonais e uso prolongado de anticoncepcional. O melasma, caracterizado por manchinhas amarronzadas que aparecem geralmente nas bochechas, testa e buço - uma das regiões mais sensíveis do nosso rosto - tende a surgir entre os 20 e 50 anos, principalmente em mulheres.  

Quem sofre com melasma precisa redobrar os cuidados com a rotina de pele, principalmente em relação ao protetor solar, já que até o mormaço - e a luz da tela do computador - podem piorar a aparência das manchinhas. Mas, por outro lado, existem diversas formas de controlar as áreas amarronzadas pelo rosto e corpo, como fórmulas enriquecidas com vitaminas E, C, ácidos específicos e outros componentes que devem ser prescritos por dermatologistas e profissionais da área. E para responder todas as dúvidas mais frequentes sobre o melasma, a Dra. Carla Vidal, dermatologista e membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da American Academy of Dermatology, explicou o que é e como tratar essas manchas tão temidas. Segue por aqui: 

Taylor Hill
Foto: Taylor Hill
melasma

Melasma é o nome dado para as manchas acastanhadas na pele. Surgem com maior frequência no rosto, mas podem ser vistas também em áreas como colo, dorso e braços. Podem ser causadas por taxas hormonais fora do normal, uso prolongado de anticoncepcional, exposição excessiva ao sol sem proteção e,claro, por falta de uma rotina de cuidados com a pele. Importante dizer: a luz artificial, de celulares, computadores e até a luz de casa também podem agravar o melasma, quando a pessoa se expõe a elas sem proteção. 

melasma

O melasma é um problema que pode acontecer também por predisposição genética, mas existem outras causas, como as citadas anteriormente. 

Imaan Hammam
Foto: Imaan Hammam
evitar
O melhor é sempre prevenir do que remediar, como já diz o ditado. Ter uma rotina de cuidados e, mais importante ainda, segui-la, é primordial para não só evitar, mas controlar o aparecimento do melasma. Pessoas que já sofrem com o problema devem ter ainda mais cuidado nessa rotina de beleza. 
Consultar um dermatologista e fazer acompanhamento a cada seis meses, ao menos, também ajuda a controlar o melasma.
Além disso, usar o filtro solar mesmo em dias nublados, se expor ao sol da maneira adequada (filtro solar + chapéu), pedir orientação ao seu ginecologista com relação ao uso do anticoncepcional e, durante a gestação, não se esquecer de também proteger a pele ajudam no controle do problema.
Olivia Culpo
Foto: Olivia Culpo
como cuidar
Existem cremes com ácidos como o glicólico e o azeláico que podem ser prescritos ao paciente. Além de cremes, que o paciente usará em casa, existem tratamentos como o Elektra, que podem ajudar a melhorar a aparência do melasma. 
Vale lembrar que nenhum medicamento ou tratamento deve ser usado sem a prescrição de um dermatologista. Não siga conselhos caseiros ou use o que foi indicado por uma amiga. Nem sempre o que funciona para uma pessoa funciona para a outra. Usar um produto errado pode, inclusive, piorar o problema.
tratamentos

Tudo depende da causa do melasma, do tipo de pele da pessoa e dos hábitos de cada paciente. Peelings superficiais podem funcionar em alguns casos, lasers como o ND-Yag Q Switched também são eficazes no tratamento do melasma, sempre associados ao uso de cremes que devem ser usados em casa, todos os dias. 

Jasmine Tookes
Foto: Jasmine Tookes
agrava

Se não for tratado da maneira adequada, o melasma se agrava com o tempo. Por isso é necessário o acompanhamento médico e os cuidados em casa.

idade
Observa-se o aparecimento do melasma em mulheres em idade fértil, porém, esse fato não invalida o aparecimento do melasma em homens.
Barbara Palvin
Foto: Barbara Palvin

O protetor solar é indispensável em qualquer rotina de cuidados, principalmente em pele com melasma. Também vale apostar em bb creams, que possuem FPS e ingredientes antioxidantes e hidratantes. Separamos os produtos poderosos para você não tirar da nécessaire:

E se você ficou interessada em saber mais, vale a pena se consultar com a nossa dermatologista queridinha. Abaixo, os dados da clínica:

Clínica Carla Vidal

R. Bento de Andrade, 437.

Jardim Paulista, São Paulo - SP. 

(11) 3050-1521.

Deixe um Comentário
Você também vai gostar