Snapchat

O corretivo certo para cada tipo de olheira

por Lara Lincoln

É melhor do que café: o corretivo tem o poder de disfarçar qualquer cara de cansaço e noites mal dormidas. Não é a toa que a gente pira em qualquer novidade que chega nas prateleiras, não é? Os que prometem tratamento+camuflagem ganham o nosso coração sem muito esforço, afinal, eles são poderosos e possuem vários ingredientes que ajudam a hidratar a região e minimizar as olheiras. Mas com tantas opções por aí, sempre rola aquela dúvida na hora de escolher o perfeito para o nosso tipo de pele e, principalmente, a cor ideal - ta aí um dos maiores desafios da make.

E sim, escolher o tom certo é mais importante até do que comprar aquele produto poderoso. Um corretivo amarelo não camufla tão bem olheiras azuladas e pode acentuar,ainda mais, os tons abaixo dos olhos e deixar o resultado acinzentado ao invés de neutralizar. E a mesma dica vale para corretivos muito claros, que não cancelam a cor da olheira e tendem a deixar um sombreado cinza na região dos olhos. Claro que você precisa iluminar a área para deixar aquele efeito saudável na produção, mas primeiro aplique um corretivo do tom exato da sua pele e, depois, ilumine com um mais claro formando aquele V. Se você acha a missão impossível, a gente simplificou e separou os corretivos ideais para cada olheira, olha só: 

Elsa Hosk
Foto: Elsa Hosk
amarelado

Os corretivos amarelados são versáteis e neutralizam olheiras lilás - arroxeada - e marrom. Esse tom também é ótimo porque camufla, ilumina sem esforço e funciona na maioria dos tons de pele. Se rolar a dúvida, faça o teste: aplique o corretivo amarelo e se o resultado ficar no tom da sua pele, o amarelo é indicado. Mas se efeito final ficar acinzentado, esverdeado, o corretivo rosado funciona melhor.

rosado

Já os rosados, que têm um fundo mais salmão, são ideais para cobrir olheiras muito profundas e com tons azulados. Esse tom neutraliza a pigmentação mais escura e azulada e dá uma cobertura maior para quem sofre com muita olheira.

coloridos

Os corretivos que são realmente coloridos, e não apenas um subtom, são ideais para quem sofre com colorações muito acentuadas. No caso das olheiras, aqui vale a mesma dica: os amarelos camuflam os tons arroxeados, enquanto os rosas neutralizam tons azulados e bem escuros. Em muitos casos, não há necessidade de usar um corretivo colorido, mas se você sentir necessidade, aplique sempre antes da base e depois use um corretivo do seu tom de pele por cima.

hidratante

Se o seu corretivo craquela ao longo do dia, as suas olheiras estão precisando de hidratação. Por isso, prefira os produtos que camuflam e deixam a área hidratada o dia todo. Eles são responsáveis por deixar o acabamento muito mais bonito e ainda dão aquele glow à pele. 

oil

Quem tem a região dos olhos muito oleosa também precisa prestar atenção no corretivo. Prefira os produtos mais sequinhos, de acabamento matte e oil free. Assim, o corretivo não escorre e nem sai do lugar ao longo do dia. 

tons

Se a sua pele é quente e tem um fundo rosado, você deve usar uma base com o fundo rosado. Isso também vale para as peles frias de fundo amarelado, os produtos com subtom amarelo funcionam melhor e deixam o acabamento mais natural. Mas é importante entender o seguinte: base é base, corretivo é corretivo. É super normal usar uma base amarelada e precisar de um corretivo rosado, já que a olheira pode precisar de um tom diferente para neutralizar a pigmentação. 

HIDRATE

Antes de começar qualquer maquiagem, hidrate muito bem a pele. A região dos olhos é muito sensível e precisa de hidratação - quem tem pele oleosa pode escolher produtos em gel. Isso ajuda a deixar o acabamento impecável e ainda segura o corretivo por mais tempo.

Deixe um Comentário
Você também vai gostar
Fechar aviso