STEAL THE LOOK | SHOP - ACESSE!
fechar Fechar aviso

Steal The Look Around The World: Marrakesh

por The Look Stealers

Renove a sua lista de viagem porque depois deste post o seu destino dos sonhos para curtir as férias será Marrakech! Situada no centro-sudoeste de Marrocos, Marrakech também é carinhosamente apelidada de cidade vermelha, característica que fica evidente nas construções feitas com barro vermelho alaranjado que cria o contraste de cores no cartão postal do spot. O local é a quarta maior cidade do país e atrai turistas do mundo todo que estão em busca de variedade gastronômica e cultural, já que o destino se divide em uma parte antiga cercada de muralhas e lojinhas, enquanto a outra é marcada por construções modernas, hotéis e spas. 

E para contar um pouco mais sobre Marrakech, convidamos a musa, Juliana Ogliari, que curtiu alguns dias de descanso em Marrocos. O mais legal? A Ju marcará presença por aqui como uma de nossas colaboradoras para dividir todos os detalhes de suas viagens ao redor do globo. E pra quem ainda não sabe, a Ju foi uma das fundadoras do STL, fazendo, entre outras coisas, o que ela faz de melhor: dividindo com a gente os seus insights sobre moda e beleza. Ela tem o melhor radar ever para tendências! Além do STL, a Ju trabalhou por anos como diretora de conceito da Victoria's Secret, e recentemente lançou a plataforma Musa, ambiente que permite a conexão de mulheres e fortalece o empoderamento feminino - incrível, né? Apresentações à parte, passaremos a palavra para essa gata que nos conta tudo sobre Marrakech abaixo:

hotel - marrakesh - lugares - viagem - hospedagem
hotel - hospedagem - marrkesh - viagem - lugar

Vou começar dizendo que Marrakech é uma loucura, em todos os sentidos. Os cheiros, as pessoas, cores, arquitetura, comida. A cidade é vibrante e com uma energia maravilhosa. As pessoas são simpáticas, felizes e cheias de amor. Eu fiquei em um hotel-boutique chamado Riad Noir D'Ivoire  - e uma pessoa do hotel estava nos esperando ali perto com um jeguinho maravilhoso chamado Couscous para carregar nossas malas. Como o hotel ficava dentro dos souks, carros não podem entrar. Marrakech ganhou meu coração ali.
O lugar que você fica em Marrakech ajuda muito na percepção da cidade. Recomendo ficar em hotéis pequenos e “secretos", chamados de riads, para uma experiência autêntica. Eu amei ficar no Riad Noir D'Ivoire, porque mesmo localizado dentro dos souks, era uma rua super tranquila, cheia de charme. 

Outros hotéis que recomendo: La Sultana, Riad Enija, Ksar Char-Bagh, El Fenn, Hotel La Maison Arabe.

marrakesh - lugar - viagem - hammams - lugar

O concierge do hotel era demais e cheio de energia e simpatia para dar e vender. Ele também nos deu um celular para que sempre carregássemos conosco, em caso de necessidade. Ele estava sempre disponível para qualquer pergunta, mesmo quando no final do dia eu ligava para pedir uma reserva em um hamman ou massagem em algum dos spas maravilhosos que a cidade oferece. Ok, tópico importante esse: hammams . Eu amo massagem, sauna, banho turco (e tudo que entra nesse departamento “relax”), então depois de caminhar o dia inteiro, tudo o que eu queria era passar duas horas nos hammams. E já tenho saudades! Não esqueça de levar uma roupa de banho com você e carregar sempre na bolsa, você nunca sabe quando precisará. Peça também para que usem óleo de Argan nas massagens. 

Hammams que recomendo: Le Bain Bleue, Hammam de la Rose (a melhor massagista que tive), Amanjena, Royal Mansour, La Mamounia

souk - marrakesh - viagem - stl - lugar

Andando dentro da Medina e nos souks você vê e sente de tudo. Tem jegue com carroça, galinhas esperando para serem compradas, gatos - muitos gatos em todos os cantos - , crianças brincando na rua, adolescentes tentando se fazer por guias, homens e mulheres tentando vender tudo e qualquer coisa a quem passa e, claro, uma multidão de turistas. Os cheiros são diversos: muito couro, incensos, cheiro de sol, de comida fresca, de animais. Tudo junto e misturado. Durante à noite, a praça chamada Jemaa el-Fnaa começa a encher e virar um point de performances, com uma multidão passeando. Arrisque comer por ali e observar as performances de contadores de histórias, cobras, etc...divertidíssimo.

marrakesh - viagem - lugar - tapetes e lojas - viagem

Andar nos souks é uma lição de coordenadas. Eu que sou meio perdida com direções, tive que andar com o Google Maps aberto. É um labirinto enorme e as lojas não acabam. Esteja preparada pra negociar e não compre na primeira lojinha que achar algo bacana. Uma regra de negociação em Marrakech é oferecer 1/3 do preço original. Tem gente que vai por 1/5 mas eu não tive cara e coragem. Existem lojas mais conhecidas como Topolina, Magasin Berber, entre outras, mas eu recomendo se perder nos souks e descobrir você mesmo as lojas que gosta. Marrakech é a Meca de tapetes, óleos argan, bolsas de palha e objetos para casa. Tudo é realmente lindo. Eles entregam objetos grandes para quase todos os lugares do mundo também. Quatro dias depois meus tapetes "berber" foram entregues na minha casa em Milão.

marrakesh - azulejos - decor - lugares - viagem

A coisa mais linda dessa cidade é a dicotomia. No meio dessa loucura toda e dentro desse labirinto que é andar nos souks, você encontrará ruas pequenas com portas que quando abertas vão te deixar de queixo caído. Mini oasis all around. Aqui estão alguns lugares que são o must em Marrakech:
1. La Mamounia: hotel maravilhoso e quase um palácio. Vá passear e tomar um drink. A propriedade é enorme e linda.
2. Jardin Majorelle: um refugio botânico com cactos, piscinas, flores e fontes no meio da cidade. Majorelle foi feito pelo artista Jacques Majorelle e depois comprado por Pierre Berge e Yves Saint Laurent. As cores são maravilhosas.
3. Museu YSL: chegue cedo porque a fila é enorme! Recomendo começar pelo Jardin Majorelle e comprar ingresso para o museu também, assim não precisa ficar na fila.
4. Bahia Palace: portas enormes e pesadas, pisos de mosaicos, cores vibrantes. Certamente um dos lugares imperdíveis.

gastronomia - marrakesh - comida - lugares - viagem

A comida em Marrakech é fresca e saborosa. Como eu não como carne, comi tagine vegetariano, um prato típico, todos os dias, que consiste-se de couscous e vegetais. Uma delicia. Fiquei tão empolgada que comprei um pote de tagine pra fazer em casa também! Outra coisa que viciei foi no chá de menta.

Restaurantes que recomendo:
1. Café des Epiceries: iced tea maravilhoso
2. Dar Moha
3. Nomad para jantar
4. La Sultana 

marrakesh - camp - side car - turismo - viagem

Depois de alguns dias na cidade, fomos para o deserto por dois dias - e recomendo demais! Nós fomos para o Scarabeo Camp, mais ou menos uma hora de viagem. Um Jeep do camp veio nos buscar. Scarabeo é a definição de glamping,  um camping glamoroso. São mais ou menos 15 tendas, todas decoradas maravilhosamente por dentro, com tapetes marroquinos, puffs e lareiras. A comida era uma delicia, os funcionários super atenciosos e por estarmos no meio do deserto, o camping tinha muitas atividades: passeios de camelo, de cavalo, yoga, massagem, buggies. Para o nosso retorno a cidade, alugamos uma moto com side car e foi super divertido!

lugares - marrakesh - viagem - turista - stl

Marrakech é maravilhosa e cinco dias não foram suficientes para explorar tudo que eu queria, mas para falar bem a verdade,eu já estava pronta para voltar. Assim, já programo minha próxima visita com mais calma.

Ps. Não esqueça protetor solar, sapatos confortáveis e um cachecol leve!

FOLLOW US ON instagram

Deixe um Comentário
Você também vai gostar