fechar Fechar aviso

Usei Gloss na Pálpebra e Esse Foi o Resultado

por Lara Lincoln

Preciso confessar: eu sempre amei acabamento matte. Adorava bases que garantiam o efeito, passava longe dos blushes extremamente brilhosos e quando o assunto era batom, gloss nem pensar! Mas depois de passar a minha adolescência toda atrás de maquiagens bem secas e de ter testado diversos produtos nessa categoria, descobri uma paixão maior ainda pelo efeito glossy - podem me achar bipolar, mas quem não muda, certo? 

Acredito que esse novo mood da beleza, que vai muito mais para o lado fresh, contribuiu para essa mudança. Lembro de ter pirado com a make assinada pela expert suprema, Pat McGrath, para Valentino na temporada de primavera 2018 da grife e amar o brilho envernizado nas pálpebras da modelo que conferiam o look 80's. Em paralelo, as marcas de beauté começaram a intensificar a presença do gloss nas prateleiras e deixar a febre dos batons líquidos matte de lado. A junção desses fatores me convenceu de que o verniz era um hype e asseguravam o resultado "sou linda assim, durmo oito horas e bebo dois litros de água por dia". 

Atualmente, o acabamento glossy é uma realidade e promete não sair tão cedo das belezas. E tudo ficou ainda mais interessante quando ele saiu dos lábios para roubar a cena nas pálpebras. Diversos beauty artists, entre eles, Nathalie Billio, brasileira que ama o resultado, nos convenceram de que o gloss por cima de qualquer esfumado ou até usado sozinho é fresh, orgânico, descomplicado e jovial. Mas até aí, acreditava que isso não funcionava além das makes artsy para editorias e backstages. Mas, sim, funciona! Me propus a testar a referência e nunca amei tanto essa proposta mais natural. O resultado está abaixo: 

A beleza assinada por Pat McGrath unia o drapping - esse blush pink que se estendia até as têmporas - com uma bela camada de gloss na pálpebra que só deixava a maquiagem ainda mais fun e com pegada 80's. 

make - gloss - make up - sombra - batom

Vocês conseguem perceber como um simples gloss na pálpebra e lábios conseguem deixar o resultado bem mais iluminado? Nos olhos, fiz um leve esfumado com uma sombra laranja e fui aplicando o gloss com leves batidinhas por toda a pálpebra finalizando com várias camadas de máscara para deixar o resultado mais dramático. A minha sugestão é apostar em um produto transparente que consegue ser usado por cima de qualquer smokey ou sozinho para o look total fresh. 

Outro ponto: diferente do que eu imaginava, o glossy na pálpebra não é desconfortável e não dá para sentir aquele aspecto melecado do produto, sabe? Em outras palavras, amei muito e vou apostar mais vezes! 

lara lincoln - make - gloss - sombra - BATOM

FOLLOW US ON instagram

Deixe um Comentário
Você também vai gostar