6 hábitos para mudar em prol de um futuro mais sustentável

por Sofia Stipkovic

Não existe futuro sem pensar em sustentabilidade. Sério, sabe aquelas artes que a gente vê circulando nas redes sociais dizendo "There's no planet B", ou seja, não há planeta B? Pois, é. É isso mesmo. Não existe um planeta B para correr quando tudo der errado nesse porque a gente negligenciou, poluiu e destruiu o meio ambiente. Por isso, é urgente que façamos mudanças no nosso comportamento em prol de um futuro mais sustentável

Pode não ser possível mudar da água para o vinho de uma vez só, mas te convidamos a se comprometer a fazer isso aos poucos - mas não tão pouco a ponto de não sair da sua zona de conforto, tá? - com os recursos e tempo que você tem. E para te ajudar, listamos 6 antigos hábitos comuns que você pode começar a mudar hoje. 

still - sustentabilidade - meio ambiente - outono - foto - https://stealthelook.com.br
Foto: Foto: (Reprodução/Pinterest)

Ok, a gente ainda não pode voltar a frequentar feiras, restaurantes, bares e barraquinhas de comida na rua, mas quando esse costume voltar a ser seguro, lembre-se de levar consigo um kit básico: copo retrátil (para evitar o uso de descartáveis, como é muito comum em botecos ou casas de suco por aí!), talheres ou hashi e guardanapo de pano. Não dá trabalho e nem pesa levar esses itens na bolsa, além de ser nesse momento uma saída eficaz para se proteger de doenças contagiosas, como o Coronavírus. 

Experimente trocar os produtos industrializados para limpeza por fórmulas naturais, que você pode fazer em casa com ingredientes simples. Além de ser mais barato, você certamente terá uma alternativa livre de tóxicos e hipoalergênica, o que é bem importante quando a gente pensa que usa esses produtos do chão à nossa roupa de cama! Aqui no Uma Vida sem Lixo, a Cristal ensina a fazer sabão líquido para lavar roupas e como podemos usar vinagre e bicarbonato de sódio para limpar a casa.  

still - sustentabilidade - meio ambiente - outono - foto - https://stealthelook.com.br
Foto: Foto: (Reprodução/Pinterest)

Você ainda tem preconceito com brechós e alugueis de roupa? Então talvez seja hora de repensar o seu posicionamento porque o futuro aponta para essas e outras opções de consumo mais conscientes e compartilháveis. Sim, antes de comprar algo novo e diferente, isto é, aquilo que você não usará no dia a dia, como vestidos de festa, peças "da moda" ou sazonais, que tal pedir emprestado a uma amiga que já tem ou assinar um plano de guarda-roupa compartilhado para ter acesso? A longo prazo, é mais barato para você e para o meio ambiente do que acumular itens sem utilidade. Pense nisso!

Lembrando que também é válido pesquisar a marca e dar preferência à lojas locais, que respeitem o meio ambiente e tenham um processo de produção transparente e justo. 

roupa - sustentabilidade - meio ambiente - outono - foto - https://stealthelook.com.br
Foto: Cristal Muniz (Reprodução/Roupateca)

Outro hábito que podemos começar a mudar é a forma como compramos alimentos. Em vez de comprá-los em embalagens plásticas, que acabarão se tornando lixo (mesmo que recicláveis), experimente comprar a granel em mercados de bairro, feiras ou associações de pequenos produtores e ao fazer isso, leve consigo os seus potes de vidro, que podem ser reutilizados de embalagens antigas como pote de geleia, azeitona e por aí vai. 

E falando ainda em alimentos, sabemos que os orgânicos nem sempre são a alternativa mais barata do mercado, mas é importante pesquisar a origem do que comemos e se você puder, optar por consumir direto de pequenos produtores e fortalecer essa rede porque dessa forma, conseguimos aos poucos tornar esses produtos mais acessíveis para todos. Também vale apoiar bancos de alimentos e fazer doações para projetos que visam democratizar esse acesso!

ecobag - sustentabilidade - meio ambiente - outono - foto - https://stealthelook.com.br
Foto: Foto: (Reprodução/Pinterest)

Leve na bolsa uma ecobag para dispensar o uso de sacolinhas plásticas - e isso vale de mercado a lojas de roupas, decoração e beleza. Não é nenhum grande peso e existem opções de diferentes tamanhos - você não precisa se preocupar em encaixar uma sacola enorme dentro da sua bolsa do dia a dia. E mais, cá entre nós, ao sair de casa, a gente sabe quando existe a possibilidade de voltarmos com uma sacolinha de compras então não custa nada levar a ecobag, especialmente nesses dias.

Por último, te convidamos a recusar as notinhas, boletos e vias bancárias impressos. Hoje podemos fazer todas essas funções (ou quase todas) online, sem a necessidade de usar um papel que acabará no lixo. É possível até substituir as mil e uma vias de documentos impressos, que precisam ser assinados, pois já existem softwares seguros, online e remotos que oferecem exatamente este tipo de serviço! E se você comanda um escritório, pense em como pode tornar as burocracias diárias mais sustentáveis, cortando o uso desnecessário de papel, plástico e outros. 

Você também vai gostar