6 maneiras de ser chic sem salto alto

por Marcela Zanetti

Aqui no STL nós adoramos uma boa produção que seja para lá de estilosa, mas também procuramos sempre prezar pela praticidade e conforto, digno de um cotidiano urbano! E já desmistificamos mais de uma vez a ideia de que para ser elegante e descolada você precisa usar salto, não é mesmo?

Seja nos street styles das semanas de moda ao redor do mundo, no look de trabalho ou naquela produção casual de fim de semana, o modelo flat (desde que usado de maneira correta) pode ser a pedida para tornar o visual elegante e descolado. Veja as seis peças que selecionamos para te provar que o salto nem sempre é essencial no outfit:

Olivia Culpo
Foto: Olivia Culpo

1. Mule: queridinha das it-girls e fashionistas, a mule é perfeita para um look confortável e chic, que vai desde o visual de aeroporto até aquela saia de couro com camisa que amamos, não é mesmo, Olivia Culpo?

Babouche
Foto: Lucy Williams

2. Babouche: não, não é a mesma coisa que a mule! De origem marroquina, as babouches contam com menos adornos e detalhes no sapato (estamos falando de você, Gucci!) e também tem como regra o fato de que sua frente será fechada, diferente da mule, que pode ter os dedos à mostra. 

Mocassim
Foto: Vic Ceridono

3. Mocassim: o mocassim, que tem uma pegada genderless e boyish, era usado inicialmente para looks sociais. O que já dá um up no visual, né? Experimente combiná-lo com uma saia plissada prata, assim como fez Vic Ceridono.

Ruffled

4. Ruffled shoes: criado pela label italiana Nº21, os ruffled shoes, ou sapatos com babados e nós, deixam a produção mais delicada. Queremos já! 

animal print

5. Animal print: nada melhor para tornar o visual que era básico em statement do que um bom sapato de animal print

Tênis Vintage

6. Tênis vintage: nada melhor do que coordenar um bom casaco faux fur, vestido longo e tênis vintage. O modelo da Nike, Cortez, teve seu revival neste ano. Já viu nosso post sobre o calçado? Amamos! 

Deixe um Comentário
Você também vai gostar