7 tendências para casamentos pouco tradicionais

por Bruna Lys

O verbo "casar" mesmo que tão curto e, aparentemente, simples, é diretamente ligado a uma série de práticas (um tanto mais complexas) que nós, por toda a vida, fomos expostas a considerar esperado. Nos filmes, nos álbuns de família, nas revistas e em muitos outros canais, a noção de casamento sempre esteve atrelada à coisas como: vestido branco, igreja, padrinhos, dança, bolo... E por ai vai! Ok... Mas tem algo de errado nisso? Não! Essa é a única forma de celebrarmos uma união de amor? Agora, chegamos ao ponto principal: TAMBÉM NÃO!

Se você está planejando aquela celebração especial, mas quer sair um pouco (ou muito) do tradicional, chegou ao lugar certo! Captamos 7 tendências que estão no radar dos casais e das assessorias de casamento mais moderninhas para você se inspirar e, quem sabe, aplicar na sua cerimônia. Tá liberado sonhar e aderir o que mais for do estilo do seu relacionamento, afinal a única regra obrigatória é a alegria dos pombinhos. Entre práticas tradicionais apenas modernizadas até quebra total de padrão, aqui estão o top 7 para você explorar:

banner - banner - banner - banner - banner
Foto: (Reprodução/Pinterest)

Começando pela primeira etapa de qualquer celebração: anunciar o evento aos convidados! O convite de casamento tem um papel importantíssimo, pois é justamente o primeiro contato da sua cerimônia com as pessoas queridas que precisam compartilhar tal momento tão especial com você, não é mesmo? Pois bem, atualmente, esse formato tradicional de papel vem sendo substituído por alternativas digitais e ganhando um layout de site ou app que facilitam ainda mais a comunicação: além do endereço e data da celebração, é possível sincronizar o evento na agenda pessoal de cada convidado, estabelecer lembretes, viabilizar a confirmação de presença online, ter acesso direto para lista de presentes, receber recadinhos dos noivos... Sem falar no quesito sustentabilidade! Para que gastar parte do orçamento em uma quantidade significativa de papel que poderá, em questão de meses (ou até menos), virar lixo?

banner - banner - banner - banner - banner
Foto: (Reprodução/Pinterest)

De volta às origens, o ato do pai da noiva levar sua filha até o altar e passar sua mão para o noivo, se trata originalmente de um ato sexista - como se a posse da mulher fosse passada de um homem ao outro. Claaaro, sabemos que tal ideia atrelada a esse costume já foi deixada para trás por boa parte da população e nem sempre as pessoas tem conhecimento sobre o intuito inicial que este ato significava em outras épocas e tudo bem. O importante aqui é ressaltar a total independência de obrigatoriedade sobre quem deve entrar com a noiva, afinal, é total direito dela escolher: pai, mãe, irmão, avô, avó, filho(a), qualquer outro familiar, aquela amizade antiga ou quem sabe... ninguém! Oficializando: a noiva decide, ok?

banner - banner - banner - banner - banner
Foto: (Reprodução/Pinterest)

A hora do bolo por muito tempo foi aquele momento em que a festa inteira deveria parar e voltar a atenção total aos noivos. Para música, para conversas, para tudo. Mas, atualmente, alguns casais já não estão mais interessados nisto... Sem querer pausar a curtição dos convidados, muitos noivos estão optando pelo corte do bolo como um momento mais reservado, onde os pombinhos focam em si próprios, curtem o momento juntos e deixam a obrigatoriedade apenas para os fotógrafos captarem tudo - os convidados podem apreciar sem pressão nenhuma, ou continuar na pista, apenas aguardando a distribuição dos pedaços, rs.

banner - banner - banner - banner - banner
Foto: Karol Pinheiro por Aline Ferreira (Reprodução/Pinterest)

Vestido branco de lei? Só se a noiva quiser! As propostas de vestido estão cada vez mais variadas por modelagens diferentes, texturas, tecidos e... CORES! O branco não deve ser regra, mas sim o bem estar da noiva :)

banner - banner - banner - banner - banner
Foto: (Reprodução/Pinterest)

As listas de presentes ano após ano passam por transformações; saímos da lista física para opções digitais e agora uma nova opção vem sendo adotada por muitos casais mais moderninhos: a conta ou a "vaquinha" do casamento. Isso mesmo, diante do risco de presentes repetitivos, que não seja total do agrado do casal ou até itens que não seriam necessários, a moda agora é criar um conta em que os convidados podem contribuir com a quantia que desejarem, para depois o casal fazer uso exatamente da forma que mais lhe agradarem: os itens para a casa não terão erro e até aquela viagem de lua de mel pode ficar ainda mais incrível com o presente coletivo dado pelos familiares e amigos. 

banner - banner - banner - banner - banner
Foto: (Reprodução/Pinterest)

Também integrantes das famílias, eles não poderiam ficar de fora dessa, né? Os bichinhos de estimação passam, com cada vez mais frequência, a serem convidados especiais nas cerimônias e podem ganhar até os papéis mais importantes, como levar as alianças até o casal, por exemplo.

banner - banner - banner - banner - banner
Foto: (Reprodução/Pinterest)

Por fim, eis a melhor tendência (que deve ficar para sempre): menos foco no tradicionalismo de tabela e mais personalização nos casamentos! Cada casal é único, com seus gostos e estilos, então porque não deixar a cerimônia 100% a cara deles? Da localização à escolha do cardápio, flores, paleta de cores, estilo de vestimenta, playlist, decoração, atrações... o que for. Cada casamento merece seu próprio conceito: o dos noivos.

FOLLOW US ON instagram

Deixe um Comentário
Você também vai gostar