8 dicas de como comprar consciente

por The Look Stealers

Já é mundialmente conhecido e esperado que, na última sexta-feira do mês de novembro, diversas marcas e lojas abaixem os preços de seus produtos de maneira muito atrativa para o consumidor, criando em todo mundo um senso de necessidade, oportunidade e de impulsividade ao consumo. É claro que o momento também serve como uma oportunidade de finalmente comprar aquilo que você quer sem sair do seu orçamento - e é esse pensamento de como comprar consciente que devemos ter quando olhamos para esse dia tão gigantesco do comércio em geral. 

Mas o que é comprar consciente? Comprar consciente é o oposto de comprar por impulso, é pensar antes de efetuar a compra e ter uma relação mais saudável com o consumo, respeitando os recursos naturais, o planeta e, claro, a si mesmo. A compra consciente caminha no sentido oposto do consumo desenfreado e ela sugere que tenhamos um posicionamento mais sustentável e responsável com a forma que consumimos. 

A compra consciente traz benefícios para todos os ramos do mercado, para quem compra, para o meio ambiente e para a sociedade. Do ponto de vista do comprador, uma pessoa que compra de maneira consciente gasta menos dinheiro e diminui a chance de se endividar. Para o meio ambiente, isso diminui a necessidade de exploração de matéria-prima e diminui a quantidade de lixo produzido. Já para a sociedade, o ato de comprar consciente deixa nossa relação com o consumo mais saudável e menos "tóxica". 

Para caminharmos na direção certa, unimos forças com a FARM e desenvolvemos 8 dicas e práticas de como comprar consciente para você não cair em furadas nessa data comercial. Vem com a gente: 

-            -            -            -            - https://stealthelook.com.br


1. Faça uma lista do que você quer/precisa

O primeiro passo de como comprar consciente em todas as situações é fazer uma lista do que você quer/precisa comprar. Quando temos um direcionamento, além de facilitar e dinamizar o processo da compra, é menos provável cairmos em furadas e comprar itens que não necessitamos só porque estavam em sale ou porque nos sentimos pressionada à comprar algo. Então, faça uma lista - escrita à mão porque ajuda no raciocínio - do que você está buscando e, quando chegar o dia de compras, já filtre suas buscas pelos pilares do que você escreveu na lista. 

Se necessário, divida a lista em tópicos, como por exemplo: moda, beleza, eletrônicos, decoração e por aí vai.

2. Invista em peças e produtos curingas

Se tem algo que eu sempre fico de olho em momentos de promoção, são peças-chaves e curingas que eu sei que vou usar pra sempre, fazendo valer o investimento. Acredite, aproveitar para comprar uma boa calça, jaqueta ou um vestido versátil é o melhor investimento que você pode fazer. 

3. Não compre por impulso

Eu sei, é mais difícil do que parece. Quando vemos algo com muito desconto, o impulso de efetuar a compra é gigantesco e, muitas vezes, nos deixamos levar pelo sentimento. Mas calma, existem táticas para não se autossabotar. Antes de comprar, faça 4 perguntas à si mesma:

- Eu preciso disso? 

- Esse item será útil para minha vida? 

- Eu vou continuar usando esse item daqui um ano? 

- Você pode pagar por essa compra?

Se a resposta for "não" para duas dessas perguntas, ou mais, respire fundo e feche a aba, pois é muito provável de que você se arrependerá da compra no futuro. 

4. Garimpe direto nas categorias de peças que você realmente precisa

Como falamos anteriormente, ter uma lista do que você quer/precisa comprar é uma forma certeira de como comprar consciente, fugindo de impulsos. Então, assim que tiver sua lista em mãos, faça seu garimpo e suas buscas já nas categorias que você precisa e lute com a tentação de ficar navegando por outros lugares. 

5. Antes de comprar, pense: eu consigo combiná-la com peças que já tenho?

Essa é uma dica para além de comprar consciente: comprar algo que se encaixe no seu estilo e na sua personalidade. Antes de comprar uma peça ou um acessório, pense nos itens que você já tem no armário e se é possível combinar a nova aquisição com eles. Se a tarefa for praticamente impossível, por quê comprá-lo, afinal? 

6. Não fuja do seu budget

Antes de partir para as compras, tenha um orçamento limite e coloque como meta não ultrapassar esse valor. Comprar consciente também é ser responsável com o seu dinheiro e com o seu orçamento. Passar do budget inicial é um sinal de que você pode estar comprando impulsivamente.

7. Fique de olho na qualidade e na validade dos itens

Esse é um ponto de atenção para todo mundo que planeja comprar em momentos de sale: fique atento à qualidade e a validade dos itens. Porque, cá entre nós, não adianta investir em algo com data de validade. Então, abra o olho para esses fatores e compre de marcas e lojas que você confie e saiba da procedência de tudo.

8. Faça valer o investimento

Fazer valer o investimento = usar MUITO sua nova aquisição! Não tem essa de não repetir roupa ou economizar algo, use mesmo! Use muito, use sem medo, repita e faça a vida útil do item ser o mais longa possível.

_compartilhe dicas

Gostou das nossas dicas de como comprar consciente e vai tentar melhorar sua relação com o consumo a partir de agora? Então vamos continuar passando o bastão! Compartilhe com a gente quais suas dicas para não perder a mão na hora de fazer as compras de fim de ano. E bora tentar sermos mais responsáveis com nosso dinheiro e com o planeta?

STEAL THE LOOK ON instagram

Deixe um Comentário
Você também vai gostar