A influência da cultura afro na moda brasileira

por Inaê Ribeiro

A moda sempre foi um diferenciador de classes e grupos, auxiliando assim, nos estudos de sociologia, costumes e história e não à toa é considerada uma das maiores formas de expressão humana, já que é uma maneira das pessoas revelarem com o que se identificam sem de fato emitir uma palavra. Ela é construída a partir das identificações e experiências das pessoas e está em constante evolução, sendo movida pelas tendências. É através dela que podemos perceber as evoluções e mudanças nos tempos, na sociedade, nas relações sociais e, como não poderia deixar de ser, nas evidências das diferenças sociais.

O Brasil, como país plural de referências e costumes culturais, sofreu influência das diversas culturas que para aqui vieram durante o período de colonização, essa influência ocorreu também na nossa moda. As pessoas escravizadas trazidas para o país influenciaram nossos hábitos e costumes, alimentação e também a moda, tendo referências até hoje. Você já pensou quais são nossas tendências que possuem influência da cultura africana? Apesar de ser um assunto difícil de ter acesso, devido ao fato de não termos documentos que contam sobre os hábitos dos negros no brasil na época colonial, podemos fazer uma análise a partir de imagens e descobrir quais as influências da cultura afro na moda:

pessoas - cultura afro - afro - inverno - rua - https://stealthelook.com.br
Foto: Foto: (Annie Spratt)


Os hábitos e costumes dos negros foram se estabelecendo aos poucos no país, e com passar dos anos firmou-se a cultura chamada afro brasileira. A moda com referências desta cultura começou a ter mais força a partir dos anos 90, quando surgiram meios de comunicação voltada para o público preto e sua história, esta moda foi construída baseada em nosso clima tropical e tem grande atuação nas periferias, baseada nos gostos do povo preto, mas também sendo possível ser usada por povos de diferentes etnias. 

A cultura africana é marcada pelo uso de variadas cores, estampas e produtos feitos a mão, isto é fácil de ver a referência em nossa moda. Mas você sabe quais são as tendências que vão além dessas referências que receberam influência da cultura africana? Vem que eu vou te contar algumas delas que usamos muito no nosso país e muitas vezes nem sequer sabemos!

Nataly Neri - blusa branca - algodão - inverno - em-casa - https://stealthelook.com.br
Foto: Nataly Neri/Pinterest (e livro Escravos brasileiros do século XIX)

1. Algodão branco

Durante o período escravocrata os negros produziam suas próprias roupas e com o passar do tempo essas roupas foram também usadas pelo colono. O produto que eles tinham acesso era um algodão grosso, que não passava pelo processo de tingimento e, a partir de estudos, foi percebido que neste período iniciamos a produção em massa, já que existiam moldes de diferentes tamanhos para fazer as peças. Hoje, na cultura brasileira e mundial a camiseta branca com calça de linho é um look que atrai muitos usuários. 

Manu Gavassi - miçanga - miçanga - inverno - em-casa - https://stealthelook.com.br
Foto: Foto: (Manu Gavassi/Instagram e Fonseca/Flicker)

2. Miçangas

Na cultura africana as miçangas são muito utilizadas como adorno, sendo símbolo de beleza, riqueza e proteção; além das peças com significado como figas, búzios e moedas, por exemplo. Analisando a cultura afro-brasileira percebemos que na umbanda, religião que nasceu no Brasil, as miçangas são utilizadas como forma de proteção. Esta é uma tendência no âmbito dos acessórios que, desde 2019, vem crescendo e tendo cada vez mais adeptos no mercado brasileiro. Além disso, em 2016 as chokers de búzios bombaram no nosso verão. Você sabia que este modelo de colar junto ao pescoço também tem origem na cultura africana? Sim, tem!

martha medeiros - renda - renda - inverno - em-casa - https://stealthelook.com.br
Foto: Foto: (Luzinete Martinez/Flicker e Martha Medeiros/Instagram)

3. Renda branca em ocasiões festivas

O costume de usar renda branca em eventos também tem origem na cultura afro-brasileira. As mulheres baianas participantes da umbanda usam vestidos de renda branca como uma maneira de barrar energias negativas em dias de trabalho, e é apenas em dias de trabalhos mediúnicos em que elas podem usar essas peças como uma maneira de fazer distinção entre o sagrado e o profano. Analisando nossa cultura atual podemos ver como adaptamos esta cultura e temos o hábito de usar roupas de renda branca em eventos festivos.

modelo - estampa - estampa - inverno - em-casa - https://stealthelook.com.br
Foto: Foto: (Verkko/ Instagram e Annie Spratt)

4. Estampas

A cultura africana em geral, utiliza de várias cores e estampas como símbolos de identidade e prosperidade do grupo e, combinando com nosso clima tropical, esta prática também foi adotada na moda afrobrasileira. Aderimos as cores fortes, estampas geométricas e esta é a tendência mais evidente da influência africana na nossa moda. 

A moda é ainda mais divertida quando entendemos sua história, referências e principalmente, a valorizamos. A moda afro-brasileira é forte em diversas maneiras, porém, ainda é pouco retratada nas coleções de estilistas, além de não termos estilistas negros em destaque no mercado. É importante que busquemos nossas referências e história para que a cultura do nosso país seja cada vez mais forte e reconhecida nacional e internacionalmente.

STEAL THE LOOK ON instagram

Deixe um Comentário
Você também vai gostar