A Pirâmide Do Guarda-Roupa

por Thais Cézare

Todo mundo aqui já passou alguns minutos na frente do armário com a sensação incômoda de não ter nada para vestir, certo? Na maioria das vezes, esse probleminha não é nada além de um pequeno desiquilíbrio em nosso armário. O que queremos dizer é que um closet inteligente deve seguir apenas uma regra simples para alcançar sua máxima eficiência e nunca nos deixar em apuros, a regra da pirâmide.

Segundo esse esqueminha, as peças do nosso guarda-roupa devem seguir a estrutura de um triângulo e, sendo assim, a base representa o que devemos ter em maior quantidade e o topo em menor. Deu pra pegar a ideia-chave? Para que não restem dúvidas, continue com a gente por aqui que te explicaremos todos os detalhes dessa tática esperta para acabar o dilema universal do com que roupa eu vou! Olha só:

pirâmide
detalhe

Brincos, colares, anéis, braceletes e cintos, para citar apenas alguns, são os itens responsáveis por tornar nossas produções mais interessantes. Ter bons acessórios no armário é garantia de visual rico, combinado?

piramide

Tendências vêm e vão com uma certa frequência orquestrada e por isso nunca, em hipótese alguma, devem ser maioria em nossos closets - a não ser que você tenha um cartão ilimitado, é claro! Pontuar o look com as peças-hit do momento é uma ótima forma de atualizar seus básicos eternos, por exemplo. 

Nossa sugestão para essa temporada? Bolsas de palha, babados, lurex e mules com laço. Escolha sua trend preferida e se jogue sem medo! 

sair

Todo mundo quer fazer bonito durante o compromisso do fds, certo? Certíssimo! Mas como o sábado e o domingo representam apenas 2 dias da semana, e não 5 como os dias úteis, dedicar apenas 10% do seu closet às peças para sair é mais do que o suficiente, combinado? 

casuais

Sabe aquelas peças mega versáteis, só que mais arrumadinhas? Aquelas peças que podem te acompanhar no jantarzinho com as amigas, no almoço de domingo com a sogra e até mesmo no office look, caso você trabalhe em um ambiente mais despojado? Então, exatamente por conseguirem se encaixar em tantas ocasiões assim elas merecem 20% do nosso espaço! 

trabalho

A outra parcela de 20% é tomada pelos itens que usamos para compor nossas produções de trabalho: peças formais, mais sérias e clássicas é o que deve compor essa parcela do seu closet, entendido? 

básicos

Enfim, chegamos à base da pirâmide: os básicos! Eles são à prova de tendências, combinam entre si e permitem infintas possibilidades. A ideia aqui é que você os use como ponto de partida para compor as propostas de todas as outras parcelas mencionadas acima. 

Você também vai gostar