Acne na gravidez: como identificar e tratar as inflamações durante a gestação

por The Look Stealers

Durante a gestação, a mulher vivencia uma verdadeira explosão de hormônios e as mudanças no corpo vão bem além da barriga ou dos seios crescerem. A pele também sente essas transformações e, não por acaso, um dos incômodos mais comuns é a acne na gravidez.

Para aprender a identificar e tratar a acne na gravidez, conversamos com o Dr. Daniel Coimbra, dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD). Ele nos explicou o que podem ser as causas de espinhas e cravos na pele, se existem produtos que podem ser usados para combater a acne e até esclareceu se a limpeza de pele é recomendada durante a gestação. 

acne na gravidez - acne na gravidez - acne na gravidez - acne na gravidez - acne na gravidez - https://stealthelook.com.br
Foto: Pinterest (Pinterest)


_mas, o que causa a acne na gravidez?

De acordo com o dermatologista, a principal causa são as alterações hormonais, especialmente no primeiro trimestre, e "dependendo de cada caso, pode se estender durante a gestação toda e após o parto." Existem também outros fatores que podem ocasionar a acne na gravidez. A genética é um deles e para quem já tem tendência a apresentar inflamações na pele, o período gestacional pode favorecer o desenvolvimento do quadro.

_o que fazer?

O mais importante é procurar um dermatologista, pois ele avaliará o caso com cuidado e certamente encontrará o melhor tratamento para as espinhas e cravos. Mas, nesse meio tempo, é essencial ressaltar que o uso de ácido retinóico (e todos seus derivados) e ácido salicílico não é indicado, segundo o Dr. Daniel.

No lugar desses ativos, se recomenda usar produtos com "vitamina C, vitamina E e cremes com ácido hialurônico", como indica o especialista. 

acne na gravidez - acne na gravidez - acne na gravidez - acne na gravidez - acne na gravidez - https://stealthelook.com.br
Foto: Refinery29 (Reprodução)

_sinal verde para a limpeza de pele

A mulher grávida pode usar a limpeza de pele para combater a acne na gravidez, sim. O procedimento é "sempre indicado para retirar os comedões, os cravos e as espinhas que estão se formando, além de ajudar a melhorar a aparência da pele no geral."

O dermatologista só alerta para um detalhe: "a pele fica mais sensível devido ao aumento da vascularização que ocorre na gravidez, então cuidado com as esfoliações. Por exemplo, não é indicado fazer peeling."

Separamos abaixo aqui alguns produtos que podem ser inseridos na rotina de beleza das mulheres para evitar a acne na gravidez:

STEAL THE LOOK ON instagram

Deixe um Comentário
Você também vai gostar