BAFTA vs. Grammy Looks

por The Look Stealers

O que acontece quando duas grandes premiações acontecem na mesma noite? Simples: a gente tem uma overdose, no bom sentido, de looks do tapete vermelho no dia seguinte. Ontem, 08, rolou Grammy e BAFTA Awards, o Oscar britânico, e as celebridades se dividiram em dois red carpets cheios de estilos diferentes, porém tendências muito parecidas.

Como de costume, o dress code do Grammy era gala, mas com sinal verde para looks ousados enquanto o BAFTA seguia o super tradicional chique, afinal é um evento equivalente ao Oscar e não descontraído como a premiação musical. O resultado são ideias, tendências e vestidos que conseguem agradar todas as gerações e corpos femininos.

beyonce-keira-looks

Texturas: embora tenham tipos de corpo completamente opostos, Beyoncé e Keira Knightley apostaram nas texturas como diferencial dos seus vestidos. Enquanto a futura mamãe Keira investiu no seu estilo ladylike de sempre, a Queen B não abandonou o seu estilo favorito: femme fatale.

amy-ariana-branco

Branco Metalizado: apesar do branco não ser a cor favorita de 9 entre 10 mulheres quando o assunto é vestido de gala, ele foi o escolhido por Ariana Grande em LA e Amy Adams em Londres. Além da semelhança do tom, ambas investiram em detalhes metalizados. Ou seja, temos então duas maneiras de investir nessa mesma ideia: uma mais jovem e ousada, e outra mais madura.

gwen-noomi-macacao

Macacão: já não é de hoje que o macacão vem ganhando seu espaço nos tapetes vermelhos, e provando que pode ser uma peça fundamental no guarda-roupa – bem além de ser apenas confortável e prático. No Grammy, Gwen Stefani investiu numa modelagem mais descontraída e chique; e no BAFTA, o macacão conquistou Noomi Rapace em uma versão mais clássica.

reese-nicki-decote

Decote ao Limite: não tenha medo de ousar e apostar em um decote vertiginoso. Seja de uma maneira bem sexy e cheia de trends misturadas como Nicki Minaj – que também investiu no brilho e nas franjas – ou bem minimalista e chique como Reese Witherspoon. Tomando os devidos cuidados para não cair no mau gosto, o resultado é sempre elegantemente sexy.

jennifer-bodycon

Bodycon: a modelagem preferida das curvilíneas também apareceu nas duas premiações e em comprimentos midi comportados, mas não menos sexy. De um lado do oceano Atlântico, Jennifer Hudson desfilou um autêntico tubinho branco; e na terra da rainha, Hayley Atwell provou que não é preciso ir de longo para ser chique.

||pecas-home||||pecas-home||
Deixe um Comentário
Você também vai gostar
Houve algum erro ao processar sua requisição