Balletcore: a tendência da vez

por Beta Weber

Pare para pensar nas maiores peças hits dos últimos tempos: Body, sapatilha, cardigan, blusa com amarração e tules, esses itens que invadiram nossos guarda-roupas tem em comum, além de sua popularidade, seu habitat natural, todos fazem parte de um universo específico, o do ballet.  O impacto da pandemia na moda já foi discutido por aqui e dá para declarar sem dúvidas que athleisure e loungewear vieram para ficar, afinal conforto se tornou uma condição inegociável para a maioria das pessoas e o grande trunfo do ballet é justamente conseguir unir essas duas forças, mas aliado à um pouco de glamour, trazendo toques românticos e uma certa poesia aos looks do dia a dia. Depois do fascínio pela vibe tenista que dominou o ano passado, e claro, as inescapáveis cottagecore e kidcore, essa nova empolgação com a estética bailarina ganhou nome: o Balletcore - e provavelmente você já foi seduzida por ela. Quer ver?

Kaia Gerber - Saia de Tutu - Balletcore - Verão - Steal the Look  - https://stealthelook.com.br
Foto: Kaia Gerber (Reprodução/Instagram)

O tutu é marca registrada do ballet e foi popularizado além dos palcos na cultura pop através do look de Carrie Bradshaw na abertura de Sex & The City. Em 2021, seu material clássico, o tule, ressurge em saias e vestidos oferecendo volume estratégico e um ar meio conto-de-fadas moderno ao mix.

Jill Wallace - Balé - Balletcore - Inverno  - Steal the Look  - https://stealthelook.com.br
Foto: Jill Wallace (Reprodução/Instagram)

Sobreposições são onipresentes nos looks de bailarinas e peças em tricô são favoritas: do casaqueto tipo bolero, bem cropped, até os cardigãs texturizados ou em modelo wrap, que envolve o corpo, eles são figuras constantes.

Minami Gessel - Street Style - Balletcore - Verão - Steal the Look  - https://stealthelook.com.br
Foto: Minami Gessel (Reprodução/Instagram)

Peças com amarrações ganharam os holofotes há certo tempo e continuam no embalo da moda Y2K, direto da virada do milênio. Os modelos acetinados são a cara do Balletcore e variam de cartela suave até tons escuros.

Inka Williams - looks com saia - Balletcore - Verão - Steal the Look  - https://stealthelook.com.br
Foto: Inka Williams (Reprodução/Instagram)

Saias, tipo saiote, são outra aposta para aderir, valendo em versão curtinha, praticamente idênticas aos modelos usados por bailarinas, mas também adaptadas em comprimento alongado.

Emmanuelle Koffi - Street Style - Balletcore - Inverno  - Steal the Look  - https://stealthelook.com.br
Foto: Emmanuelle Koffi (Reprodução/Instagram)

A cartela de tons clarinhos e açucarados, em especial o rosa, é outro expoente do Balletcore. Acessórios como faixa no cabelo reforçam a vibe e são um belo truque de styling para dar um pouco de emoção ao look.

Annemiek Kessels - Street Style - Balletcore - Inverno  - Steal the Look  - https://stealthelook.com.br
Foto: Annemiek Kessels (Reprodução/Instagram)

Mais itens indispensáveis para a checklist Balletcore: os macaquinhos e os bodies ou collants, que migraram dos ensaios e caíram direto no nosso cotidiano.

Emili Sindlev - Street Style - Balletcore - Inverno  - Steal the Look  - https://stealthelook.com.br
Foto: Emili Sindlev (Reprodução/Instagram)

Peças ajustadas e flexíveis, que garantem mobilidade, são obrigatórias nos uniformes de ballet, portanto, leggings e meia-calça não podem ser esquecidas.

Blanca Miró Scrimieri - Street Style - Balletcore - Inverno  - Steal the Look  - https://stealthelook.com.br
Foto: Blanca Miró Scrimieri (Reprodução/Instagram)

Nos pés, só dá elas, as sapatilhas que retornam com tudo após anos de esquecimento. Os modelos mais legais da atualidade tem inspiração direta do ballet, incluindo os detalhes mais característicos garantindo ao calçado revival triunfante em 2021, perfeitos para dar uns pliés por aí.

Você também vai gostar