Cabelo Cacheado 101

por Giovana Marcon

É aquele ditado... Em terra de chapinha, quem tem cacho é rainha! Estamos em uma época em que o verdadeiro é cada vez mais bonito, em que a progressiva perde o lugar para cabelos naturais e bem cuidados e onde cada vez mais mulheres passam pela temida transição capilar. É claro que as musas cacheadas se tornam referência e inspiração para quem quer assumir as madeixas, e elas cumprem um papel muito importante nesse processo, principalmente de incentivo e autoestima.

Mas não é simplesmente parar com os processos químicos e deixar o cabelo crescer. Os fios cacheados requerem um cuidado todo especial e específico que deve ser seguido regradamente, e nem todo mundo sabe disso. Por isso, seja para você que quer dar um up nos cachos, cuidar melhor dos cabelos ou precisa de algumas dicas para encarar a transição, conversamos com a hairstylist Bárbara Giriotas, que é especializada nesse tipo de cabelo, e ela conta tudo o que você sempre quis saber sobre os fios encaracolados - além de soltar algumas dicas valiosas sobre como cuidá-los do jeito certo. É um guia completo sobre cachos, deixe tudo anotado:

entrevista - cabelo - cacheado - barbara - giriotas
"Quando comecei minha carreira tive a oportunidade de participar dessa revolução dos cachos por ter como mentores os pioneiros do cacho no Brasil através da DevaCurl, foi algo muito natural, comecei a cortar primeiro cabelos cacheados. Faço parte de uma geração de profissionais que já começou a trabalhar com outra visão, buscando o bem estar e felicidade da cliente, não deixar a pessoa escrava de químicas. Alisamento nunca foi uma solução, pelo contrário, só causa problemas além de me limitar como Colorista.”

entrevista - cabelo - cacheado - barbara - giriotas
"Em primeiro lugar usar shampoo com espuma. O maior vilão do cabelo cacheado, crespo e ondulado é a espuma, além de aumentar o Ph também tira o condicionamento natural dos fios deixando-os mais frágeis e prejudicando a definição. O couro cabeludo é uma extensão da pele do seu rosto, precisa de cuidados especiais e muita massagem para oxigenar o tecido, a espuma nesse caso tira a oleosidade natural e agride o couro cabeludo, causando o efeito rebote e desregulando as glândulas sebáceas."

entrevista - cabelo - cacheado - barbara - giriotas
"Com certeza, a transição é um momento delicado, pode durar uma semana como um, dois, três anos, tudo depende do quanto isso afeta a auto estima da cliente. É quase uma terapia com o psicólogo, precisamos entender a cliente, seu dia a dia, suas vontades e medos para que ela não se arrependa de cortar. Mas mesmo que ela não tenha coragem de cortar toda a parte lisa de uma vez é obrigatório mudar a rotina de cuidados com produtos adequados para seu tipo de cacho. Faço uma consultoria ensinando como ela deve cuidar em casa, quais os produtos certos, como ela deve prender para não prejudicar a definição. 
Não existe nada que 'tire' a progressiva, a haste capilar foi modificada e não tem como voltar. O corte correto ajuda a forma, a ficar mais leve e ondular mais, porém como o cacho encolhe é preciso ter paciência para que o cabelo natural cresça novamente, sem fazer escova, chapinha nem babyliss, pois esses artifícios também prejudicam a saúde do cabelo. "
entrevista - cabelo - cacheado - barbara - giriotas
"Quanto melhor for feito o ritual no dia que lavar o cabelo, melhor será o day after. Primeiro faça a limpeza com o higienizador sem espuma, muita massagem no couro cabeludo para espalhar bem o produto e ajudar na limpeza. Essa massagem também ajuda o crescimento pois estimula a circulação sanguínea. Aplique sempre duas vezes e enxágue abundantemente. Em seguida condicione com um produto sem silicone ou formadores de filme sintéticos. Esses componentes se fixam no fio e impedem a absorção de água e condicionamento e são prejudiciais ao longo prazo. 
A fitagem é muito importante para a finalização, com o creme sem enxágue, massageie as madeixas até sentir o cabelo bem macio e sem nenhum frizz e separe entre os dedos, como se estivesse penteando com a mão. Não use nem pente nem escova, eles abrem os cachos, atrapalham a definição e podem quebrar os fios mais finos."

entrevista - cabelo - cacheado - barbara - giriotas
"Quanto mais fechado o cacho maior a necessidade de hidratação. Cabelos ondulados podem ficar aproximadamente três meses sem hidratar no salão, apenas fazendo o ritual de lavar, condicionar e finalizar em casa. Cabelos cacheados devem fazer o tratamento uma vez ao mês, já os crespos e afro podem precisar hidratar a cada 15 ou 20 dias. Para o corte o intervalo deve ser de quatro meses."

entrevista - cabelo - cacheado - barbara - giriotas
"O No-poo DevaCurl, higienizador sem espuma, é perfeito para cabelos coloridos, inclusive cores vibrantes, pois ele não desbota a cor. Também funciona super bem para os loiros com mechas porque não embarassa nem amarela os fios. Já a recomendação de tratamento no salão é dobrada pois um cabelo colorido tende a ser mais ressecado. No caso da descoloração é preciso tomar cuidado e escolher um profissional especializado nesse tipo de cabelo, porque existe o risco do fio alisar com o clareamento."

entrevista - cabelo - cacheado - barbara - giriotas
"Use sempre papel toalha ou um tecido liso de algodão para amassar os cachos tirando o excesso de água. Não utilize a toalha comum porque a textura causa mais frizz. O ideal é deixar secar natural, mas se precisar usar o secador opte pelo Deva Fuser que tem formato de mão que se encaixa perfeitamente no couro cabeludo e ajuda a secar a raiz sem perder a definição das pontas. Os difusores comuns ressecam o comprimento e dão muito frizz"

entrevista - cabelo - cacheado - barbara - giriotas
"O spray umidificador ajuda muito a abaixar os fios fora do lugar. Caso não tenha algo específico, dilua uma colher de sopa do seu concionador em 250ml de água filtrada e pulverize nos cabelos. Não é preciso molhar, apenas umedecer e apertar os cachos gentilmente de baixo para cima. Outra opção é fazer um penteado, um coque alto, um rabo de cavalo ou até mesmo uma trança na frente, para isso use grampos e aqueles prendedores revestidos em tecido, não use elásticos. Hoje existem faixas e turbantes incríveis que ajudam muito no dia de correria também."
entrevista - cabelo - cacheado - barbara - giriotas
 "Com toda certeza deixar natural! Um ritual bem feito com um pouco mais de finalizador proporciona muito mais fixação e durabilidade para o penteado, certeza de que minha cliente estará linda do começo ao fim da festa. Amo fazer penteados com cachos naturais, tem muito mais a ver com a personalidade da pessoa e muito mais estilo."

Confira uma seleção exclusiva para as cacheadas:

FOLLOW US ON instagram

Deixe um Comentário
Você também vai gostar