Carreira, autoestima e moda: tudo o que as bailarinas da Anitta nos contaram no backstage

por Aline Santos

Já pensou em unir a sua maior paixão e o seu trabalho, e ainda viajar o mundo? Pois é, até parece um conto de fadas ou um filme de Hollywood, mas essa é a realidade das bailarinas da Anitta, as cariocas Alline Azev e Arielle Macedo.

Quem vê de fora não imagina que fazer parte do ballet de uma das maiores cantoras do Brasil não é só glamour. A dupla, assim como as suas outras colegas de equipe, trabalha muito. Fora dos palcos, elas têm uma intensa rotina de treinos e estudo, de assuntos sobre dança a línguas estrangeiras.

Aproveitamos as gravações do clipe do Magalu para bater um papo com Alline e Arielle, e te contar tudo o que rola nos bastidores.

Alline Azev - bailarinas da anitta - anitta - outono - street style - https://stealthelook.com.br
Foto: Alline Azev (Reprodução)

_carreira

Arielle e Alline são duas das bailarinas que estão há mais tempo com Anitta, são quase oito anos ao lado da cantora! "Comecei na transição dela saindo da Furacão. São muitos anos de história, um casamento", completa Alline que se diz fora da curva, pois antes de entrar para o ballet, estudava Biomedicina.

Diferente da sua dupla, Arielle sempre teve a dança correndo em suas veias. "Vim de uma família de artistas. Minha avó, meus pais e meus primos todos dançam, então já nasci dançando", conta ela que ainda divide que desde muito nova já sabia o que queria fazer da vida. "Desde pequena, eu já queria muito seguir os passos deles, mas foi com 11 anos que eu resolvi que essa seria minha profissão."

Arielle Macedo - bailarinas da anitta - balle anita - outono - street style - https://stealthelook.com.br
Foto: Arielle Macedo (Reprodução)

_rotina

Além de compor o ballet da Anitta, Arielle Macedo também é a responsável por todas as coreografias que vemos nos palcos e nas campanhas publicitárias. A dançarina conta que a sua rotina não é muito diferente do que ela mostra nas redes sociais: "A gente que trabalha com dança sempre procura se aperfeiçoar estudando. Então, no palco ou fora dele, a gente tá sempre dançando", conta.

o nosso jeitinho é sempre estar dançando e se mexendo, para já entrar no palco com uma energia lá em cima

Quem vê de fora, não imagina que todo aquele astral do palco começa muito antes do show. A Alline Azev, conta que a preparação delas passa bem longe de uma meditação ou qualquer ritual mais calmo. "A verdade é que a gente se anima bastante no camarim. A gente dança, conversa e zoa, porque o cansaço da estrada já é um problema", revela ela contando que a animação não para uma segundo, "o nosso jeitinho é sempre estar dançando e se mexendo, para já entrar no palco com uma energia lá em cima". 

Alline e Arielle na gravação do clipe do Magalu - bailarinas da anitta - ballet da anitta - outono - street style - https://stealthelook.com.br
Foto: Alline e Arielle na gravação do clipe do Magalu (Reprodução)

_relação com a dança

Parece clichê, mas as bailarinas da Anitta têm uma relação muito forte com a dança. "Eu costumo falar que a dança é como se fosse um parente muito próximo, é como se fosse uma mãe ou um pai, porque ela define muito meu caráter", revela Arielle Macedo, que ainda completa dizendo, "tudo o que sei hoje em dia foi pela dança". 

Quando perguntamos o que uma garota precisa ter para fazer parte do time, a dançarina e coreógrafa responde: "Precisa amar dançar, se dedicar e estudar muito", diz, "a gente costuma ver só o glam, o pronto no palco, mas antes disso tem muito trabalho", completa Arielle. Além disso, segundo Alline Azev, é preciso ter mil faces para encarar o job.  "É preciso ter mil faces, porque a Anitta tem mil faces. Ela consegue ser doce, simpática e ao mesmo tempo ser mulherão. Para chegar ali perto, você tem que se abrir pro mundo sem medo de ser feliz", finaliza.

_moda e beleza

Apesar de residência fixa no Rio de Janeiro, as bailarinas da Anitta estão sempre viajando a trabalho. Perguntamos quais os itens essenciais de moda e beleza que não podem faltar na mala, e Alline logo dispara: "Roupas quentes e confortáveis, porque para aeroporto e ônibus tem que ter uma calça de moletom, larguinha e que seja quentinha", já para os pés, ela divide, "e um chinelo! Um chinelo é essencial para a vida, porque o nosso look do dia a dia é basicamente um casaco e calça de moletom e um chinelinho".

Enquanto a Alline segue uma linha mais básica e apenas levando o essencial, coreógrafa Arielle Macedo admite ser totalmente contrário da colega. "Eu sou muito exagerada, para uma viagem de dois dias eu quero levar looks para uma semana", comenta rindo, mas ela garante que nunca faltam na sua mala duas peças que são indispensáveis, "top e hot pants preto, porque se qualquer coisa der errado no figurino, é isso que a gente vai colocar". No quesito beleza, Arielle compartilha o seu produto favorito: "eu amo lip tint, porque você coloca na boca, na bochecha… é um produto multifunções".

_sobre trabalhar com a anitta

Óbvio que não deixaríamos essa entrevista sem antes perguntar "como é trabalhar com a Anitta?", e segundo Alline, é difícil escolher um só ponto positivo, revela: "Eu não sei decidir, escolher um só, tem muitos pontos positivos, porque ela (Anitta) foi pro mundo e levou a gente junto", comenta a bailarina dizendo sobre as oportunidades que a cantora já proporcionou, "a gente já rodou essa Brasil inteiro, já fomos para fora para lugares que nunca imaginei na vida. E isso trabalhando com arte e com ela. Tem muitos outros pontos, lógico, mas esse é um dos mais legais".

Para Arielle, um outro ponto é a resposta do público com os seus trabalhos. "Eu falo nosso porque a galera que acompanha a Anitta também acompanha o balé".

se eu engordar, eu não vou saber dançar?

Mas, nem tudo são rosas quando se diz respeito a visibilidade que elas têm, e a dançarina Alline Azev, desabafa sobre as críticas que vem sofrendo. "Com a pandemia, eu engordei 20kg do meu peso normal, e as pessoas estão me criticando muito, elas dizem: "você dança com a Anitta, você tem que ser magra", e eu penso, "se eu engordar, eu não vou saber dançar?", questiona com bom humor. Apesar disso, a carioca não se deixa abalar e conta que um dos maiores aprendizados com a cantora foi justamente essa questão da força e autoestima. "Antes de você começar a olhar para as pessoas e para o que elas estão falando, olha pra você e fala, "pera aí, eu primeiro e beijo para quem não está gostando".

Deixe um Comentário
Você também vai gostar