Direto de Paris: tudo o que rolou no re-see da última coleção de outono 2021 da Dior

por The Look Stealers

Nessa temporada, direto do Salão dos Espelhos do Palácio de Versailles, vimos Dior transportar a todos para um mundo de sonhos através das fábulas na última semana de moda de Paris. Em uma atmosfera misteriosa, Maria Grazia Chiuri contrapõe a sociedade ao questionar sua relação com a beleza e o excesso com a própria imagem, criando um diálogo rico em peças cujas construções carregam a linguagem de um trabalho minucioso repleto de simbologia.

Maria Grazia é uma profissional que potencializa debates através de uma comunicação moderna, onde as passarelas e a sociedade se refletem e, de certa forma, nos reeducam com um olhar no futuro. A italiana de 57 anos é responsável pela direção criativa da maison francesa desde 2016 e é também a primeira mulher à frente da casa, valor esse agregado na forma de traduzir suas coleções, onde usa a moda como plataforma para dar voz ao feminino.

Dior - dior - resee dior - outono - street style - https://stealthelook.com.br
Foto: Dior (Reprodução/A Lot Of Trouble)


Para traduzir o cenário em que a coleção foi apresentada, ou melhor, encenada é preciso imaginar: uma sala do século 17 com artes barrocas, reinterpretações de Chapeuzinho Vermelho, Alice no País das MaravilhasBela Adormecida. Misture também a essas referências todas, as instalações da artista Silvia Giambrone - em que espelhos não refletem, mas brotam em espinhos - e coloque as modelos desfilando enquanto bailarinos interpretam movimentos de uma coreografia angustiante em um ensaio de atração e repulsa. Pronto, esse é o cenário. E é possível dizer que a designer é mestre em trabalhos coletivos e na capacidade de realizar grandes espetáculos, desenvolvendo suas apresentações em uma tarefa conjunta, sempre potencializando sua mensagem a partir de conexões com outros artistas e mesmo com a valorização da identidade de suas modelos.

Dior - dior - resee dior - outono - street style - https://stealthelook.com.br
Foto: Dior (Reprodução/ A Lot Of Trouble)

E essa semana, junto à ALOT of Trouble, tivemos a oportunidade de ver de perto, em Paris, a coleção AW21 no re-see apresentado pela marca. A coleção é repleta de looks em preto e branco, com pontos em vermelho - um aceno a Christian Dior -, que se torna ainda mais evidente com a revisita à estampas dos arquivos da casa, do célebre ilustrador Andrée Brossin de Méré.

Vimos alfaiatarias rigorosas, personificadas com tecidos simples, bem como jeans, malhas e até tules com referências ultra femininas, como as saias plissadas. Esse forte romance estava presente também nos lenços na cabeça, na joalheria adornada em pérolas com rosas produzidas em organza, nas capas e no look final: um vestido longo em tule vermelho com um top em formato de coração - romântico, mas também um arquétipo de força e poder. Além disso, se observou um desfile de silhuetas curtas, botas de canos longos com cadarços e peças e detalhes em couro cortados a laser. 

dior - dior - resee dior - outono - street style - https://stealthelook.com.br
Foto: Dior (Reprodução/ A Lot Of Trouble)

Chiuri carrega o pragmatismo necessário se atendo ao ofício de entregar à moda não somente arte e desejo, mas a transmissão de valores da Dior de forma distinta por meio de cada elemento. E, com sucesso, nos faz questionar os reais valores que espelham nossas próprias imagens, talvez, à sua maneira, nos preparando para o que está por vir.

Dior - dior - livro her dior - outono - street style - https://stealthelook.com.br
Foto: Dior (Reprodução)

E pra quem ama fotografia, a Dior lançou um livro no último oito de março, dia da apresentação do show Disturbing Beauty em Versailles e também Dia Internacional da Mulher. Her Dior: Maria Grazia Chiuri’s New Voice apresenta o trabalho de 33 fotógrafas e a capa traz a imagem de uma camiseta da primeira coleção de Chiuri para Dior, em 2016, com o slogan We should all be feminists.

STEAL THE LOOK ON instagram

Deixe um Comentário
Você também vai gostar