Dos anos 50 ao 2010’s: a incrível evolução de estilo em WandaVision

por The Look Stealers

Se você acha que WandaVision é só mais uma produção do universo cinematrográfico Marvel, você está completamente enganada. A série de sucesso, original do Disney+, é uma história surrealista de amor de dois super-heróis envolvidos em um gigante mistério, que simultaneamente ocorre em um programa de TV falso, que é uma ode à história dos sitcons.

Cada episódio da série mostra Wanda e Visão vivenciando uma nova década na história da televisão, com o guarda-roupa, a decoração do cenário, o cabelo, a maquiagem e a identidade visual geral da época sendo cuidadosamente recriados. Só aí você já pode imaginar a riqueza e o trabalho que envolveu toda a equipe de figurino e maquiagem da produção, liderada pela chefe do departamento de maquiagem, Tricia Sawyer, e pela chefe do departamento de cabelo, Karen Bartek. Arriscamos dizer que, graças a esse fato, WandaVision conta com um dos mais criativos looks de cabelo, maquiagem e figurino que já nos deparamos na história do cinema e da televisão! 

O último episódio da primeira temporada de WandaVision chega à plataforma de streaming nessa sexta-feira, dia cinco de março. Se você já é fã da produção ou está procurando por um motivo para assistir, te convidamos a continuar aqui e mergulhar na evolução de estilo da série (pode ficar tranquila que não tem spoiler).

It girls - Anos 50 - Wandavision - Verão - Em casa - https://stealthelook.com.br
Foto: Wandavision (Reprodução/Disney+)

Logo no primeiro episódio já temos uma série de referências em cada detalhe. Essa estreia é ambientada na década de 50 e completamente inspirada em I Love Lucy - considerado por muitos, o primeiro e mais icônico sitcom de todos os tempos. Para honrar as inspirações, o episódio foi filmado na frente de um público ao vivo, usando câmeras retrô preto e branco, e iluminação vintage de verdade e característica da época, o que adicionou alguns desafios para toda a equipe, pois as luzes de 70 anos atrás eram extremamente quentes.

Apesar de incrível, a produção dificultou (e muito) o trabalho dos figurinistas e maquiadores, pois foi necessário um intenso trabalho em cima das cores para que tudo se adaptasse melhor ao p&b. “Nós realmente tivemos que brincar com as cores”, disse Tricia Sawyer, “até as cores das bases tinham que ser um pouco mais rosadas por conta das câmeras e da luz forte. Porém, a transformação mais surpreendente no aspecto de make foi para Visão, cujo rosto teve que ir do vermelho (tradicional da personagem) para o azul a fim de ficar mais realista quando filmado em preto e branco".

E tem mais: o vestido de noiva de Wanda foi feito do zero só para a série e é uma homenagem à Hollywood da década de 50, em especial à Audrey Hepburn que usou um vestido extremamente semelhante em Cinderela Em Paris.

It girls - Anos 60 - Wandavision - Verão - Em casa - https://stealthelook.com.br
Foto: Wandavision (Reprodução/Disney+)

No segundo episódio, WandaVision nos convida a mergulhar nos anos 60 e, mais uma vez, faz referência a uma produção da época. Dessa vez, a fonte escolhida foi o filme A Feiticeira. A maior parte do episódio ainda foi filmada em preto e branco, porém, no final vemos tudo se transformar em Technicolor, apresentando mais uma reviravolta e novas dificuldades para a equipe de maquiagem.

Karen Bartek, responsável pelo departamento de cabelo, contou quão diferente foi a transformação de Elizabeth Olsen da década de 50 para a de 60. Por mais que ambos os estilos apresentassem uma modelagem volumosa, alta e cheia de spray, o tamanho e o formato dos rolos usados eram completamente diferentes de uma década para a outra. “Os rolos dos anos 50 possuem uma forma ligeiramente diferente dos anos 60 e 70. E, embora a cor não fosse tão importante para mim como era para a equipe de maquiagem, a forma do cabelo também apresentou uma certa dificuldade, já que não poderíamos enganar em nenhum aspecto, seja no formato do rolo ou na quantidade de spray aplicado."

It girls - Anos 70 - Wandavision - Verão - Em casa - https://stealthelook.com.br
Foto: Wandavision (Reprodução/Disney+)

O terceiro episódio de WandaVision é o primeiro 100% colorido e talvez o mais divertido de observar as mudanças estéticas de figurino e maquiagem. É possível identificar claras inspirações na sitcom The Brady Bunch em todos os aspectos do episódio.

Ao entrarmos na década hippie, as modelagens das roupas são completamente diferentes da década anterior e nos deparamos com golas extravagantes, calças com boca extremamente amplas, estampas psicodélicas, tons terrosos e uma maquiagem muito mais divertida e experimental. 

Na parte da beleza, os cabelos são extremamente característicos e quase caricatos, representam com perfeição a década. Para o cabelo super lustroso e brilhante de Elizabeth Olsen, Bartek resolveu apostar nas perucas. “A peruca foi feita com um cabelo russo muito bonito, que já era bastante liso para começar, então eu apenas adicionei alguns produtos amaciantes para que ele se movesse mais e tivesse um caimento melhor." 

It girls - Anos 80 - Wandavision - Verão - Em casa - https://stealthelook.com.br
Foto: Wandavision (Reprodução/Disney+)

Depois de um episódio ambientado fora do esquema sitcom e décadas, no quinto episódio voltamos e somos apresentados aos anos 80. A maior fonte de informações, inspirações e figurinos foi a sitcom Full House, grande sucesso da época.

Com isso, vieram muitos tons pastéis, mousse de cabelo e cinturas super altas. O cabelo ganhou aquele famoso aspecto oitentista e volumoso, e as maquiagens se tornaram mais infantis, com um forte blush nas maçãs do rosto e rabos de cavalo no topo da cabeça. No figurino, as estampas geométricas, as camisas de manga curta, as calças de cintura super alta e as roupas de ginástica marcaram presença, nos transportando diretamente para a década mais colorida de todas. 

It girls - Anos 90 - Wandavision - Verão - Em casa - https://stealthelook.com.br
Foto: Wandavision (Reprodução/Disney+)

No último episódio mais retrô de WandaVision, somos teletransportados para os anos 90 e, apesar de se passar majoritariamente no Halloween com todos os personagens fantasiados, é possível identificar diversas inspirações e homenagens à ícones da última década do século.

As fantasias usadas por cada personagem foram milimetricamente pensadas. Por exemplo, a "cartomante sokoviana" de Wanda foi na verdade uma homenagem ao seu traje de Bruxa Escarlate nos quadrinhos, enquanto o lutador mexicano de Visão foi um de seus primeiros e mais marcantes trajes também no HQ. Até Pietro (Evan Peters), Billy (Julian Hilliard) e Tommy (Jett Klyne) estão usando uma versão de seus alter egos nos quadrinhos.

Apesar de passar a maior parte do sexto episódio com um capacete excêntrico e caricato, para se adaptar à década em questão, a equipe de maquiagem se inspirou em Jennifer Aniston nos anos 90 para criar a beleza de Elizabeth Olsen. "Nossa inspiração originalmente, quando fizemos a peruca, foi um look dos anos 90 de Jennifer Aniston como Rachel Green. Modéstia à parte, o resultado ficou incrível", disse Karen Bartek. 

It girls - Anos 2000 - Wandavision - Verão - Em casa - https://stealthelook.com.br
Foto: Wandavision (Reprodução/Disney+)

Nos dois últimos episódios da série, saímos da dinâmica retrô e entramos no século XXI, mas não pense que a contemporaneidade do episódio tira de cena as inspirações em sitcons e o trabalho duro da equipe de figurino e maquiagem.

Para os anos 2000 e 2010, o sitcom escolhido para ser a fonte de WandaVision é Modern Family. Vemos uma Wanda completamente diferente dos episódios anteriores, com aspectos mais naturais e um figurino que representa uma exaustão, física e mental, através das roupas (um roupão e muito moletom). 

E se você também se impressionou com o trabalho árduo e perfeccionista do figurino e da beleza de WandaVision e quer saber ainda mais detalhes e segredos da produção, dê o play no vídeo abaixo que você não irá se arrepender: 

Você também vai gostar