NYFW Highlights: Dia 2

por Marcela Zanetti

Se você é uma fashionista para lá de antenada, já deve saber que estamos em meio a semana de moda de Nova Iorque, não é mesmo? E, é claro, nós do #coolestofficeintown também estamos super por dentro de todos os desfiles e que rolam na temporada, além de ficar de olho no melhor do street style de cada dia da NYFW.

E o segundo dia da fashion week (08/09) veio repleto de passarelas icônicas, viu? Nas locações mais descoladas de Manhattan desfilaram Tory Burch, Jason Wu, Brandon Maxwell, Jeremy Scott e muitas outras it-brands nas quais amamos as coleções. Gostou? Então vem conferir os highlights dessa sexta-feira:

Tory Burch
Foto: Vogue Runway

A coleção da label foi definitivamente desenhada para quem irá passar a primavera 2018 em uma espreguiçadeira nos Hamptons. O estilo preppy super fluido cruzava a passarela de grama sintética em batas indianas engomadas, flat mules e colares com o monograma da marca que arrematava o visual.

Jason wu
Foto: Vogue Runway

Para a primavera 2018, o estilista escolheu dar um twist ao visual de alfaiataria. Nos blazers eram transpassados cintos em risca de giz que tornavam o visual muito mais moderno. E no vestido midi, ombreiras delicadas eram adicionadas ao visual, além dos recortes estratégicos que tornavam a produção para lá de statement e poderosa.

Adeam
Foto: Vogue Runway

Hanako Maeda trouxe leveza às ruas de Manhattan com a coleção de Primavera da ADEAM. As peças que se alternavam entre tons claros, azuis escuros e cinzas, eram todas fluidas e de elegância extrema. Destaque para os trançados interminados e modernos que traziam ainda mais harmonia aos looks.  

Jeremy Scott
Foto: Vogue Runway

Quando pensamos no estilista, maximalismo é a palavra que vem à mente, certo? E nessa coleção, não foi diferente. O streetwear dominou a passarela da coleção nova, em tons neon como rosa, verde e laranja, que eram coordenados com telas, itens em paetê e peças com estamparia camuflada. 

Brandon Maxwell
Foto: Vogue Runway

Com blazers bem estruturados e vestidos para lá de acinturados, o estilista mesclou o ready-to-wear ao couture na nova coleção. Tudo isso coordenando os tons em vermelho e rosa, que foram o destaque do desfile. Amamos! 

street

Já no street style a ordem era se expressar à sua própria maneira. Peças fluidas cheias de babado coordenada com jeans cruzavam as ruas de Nova Iorque, mas também podia ser visto muito streetwear nas t-shirts de estampa. Além de tudo isso, cores vibrantes como o azul, vermelho, amarelo e verde também de destacaram entre um desfile e outro, olha só:

Você também vai gostar