O desafio de ser a mãe que trabalha home office

por Graucianna Santos

Há um ano a minha vida mudou, com o início da pandemia os meus horários de trabalho, a rotina de autocuidado, o tempo de silêncio e tantas outras coisas que eu fazia, já não existem mais. Além disso, sou uma das mais novas integrantes do time do STL e estou vivenciando pela primeira vez o desafio de ser mãe que trabalha no home office

Nos últimos meses, comecei um novo planejamento, para tentar adaptar uma rotina que funcionasse em todas as áreas da minha vida: como mãe, profissional, esposa e, como qualquer outra mulher, ter um momento comigo mesma.

Grauciana Santos  - como trabalhar sendo mãe - mãe empreendedora  - dia das mães - home office  - https://stealthelook.com.br
Foto: Grau e Glória (Reprodução/Instagram)

Hoje, quero compartilhar algumas coisas que me ajudam a passar por esses desafios de forma leve, sem danos e com muito amor. Para quem ainda não é mãe, já adianto dizendo que nós sempre conseguimos. E se você já vive a maternidade, vai saber do que estou falando!

_ter uma rotina organizada

Confesso que a minha rotina ainda não é 100% da forma que eu desejo. Estou me adaptando ao novo momento com a minha filha, a Glória, que acabou de retornar às aulas em dias alternados e muita coisa ainda está se encaixando na minha mente, coração e agenda. 

É importante ter um planejamento para organizar toda a sua rotina. No meu caso, me divido entre estar trabalhando e ser mãe nas horas em que a Glória está em casa. Descobri que se eu inserir a minha filha na minha rotina de trabalho, do meu ladinho no home office, eu ganho mais tempo na companhia dela e, além disso, eu consigo ensiná-la sobre a autonomia de brincar. Já quando ela está na escola, eu aproveito para focar em coisas além do trabalho, como tirar um tempinho para cuidar de mim. Basicamente a minha rotina tem sido organizada com base nesses dois cenários - e por mais que não esteja como eu queira, ainda assim, está funcionando para mim.

_ter uma rede de apoio

Ninguém consegue sozinho. A rede de apoio é importante tanto para quem é mãe quanto para quem não é. Nossa saúde mental agradece demais e não carregamos o peso das funções sozinhas. Pensar o que posso delegar dentro da minha vida pessoal contribui muito para que o trabalho home office flua melhor. Pedir ajuda, ser vulnerável, humana é uma das melhores formas de demonstrar autocuidado. 

No meu dia a dia eu conto com minha sogra, meu companheiro, minha comunidade religiosa e a escola. Sei que essa não é a realidade da maioria, eu tenho até bastante gente, porém em tempos como os que estamos vivendo, muitas vezes é somente nós, alguns brinquedos, papel, caneta e o escritório dentro de casa.

Graucianna santos  - empreendedorismo materno  - mãe que trabalha  - dia das mães  - home office  - https://stealthelook.com.br
Foto: Grau e Glória (Reprodução Instagram)

_ter um canto de home office

Acredito que a melhor forma de trabalhar remoto é ter um canto pra chamar de seu, um espaço que te acolha, seja inspirador e apropriado para passar as oito horas do seu precioso dia. Esse lugar também precisa estar preparado para acolher os dias de lágrimas, felicidades, loucuras e good vibes. Em outras palavras, o seu home office será um reflexo de você.

O que me ajuda a sair um pouco do universo materno e me enxergar como a editora de beleza do STL, durante essa rotina trabalhando em casa, é me arrumar para as reuniões, organizar a minha mesa e fazer tudo como se eu estivesse no escritório em São Paulo. Às vezes isso foge da realidade, é claro, mas a gente tenta, né?

Graucianna Santos - empreendedorismo materno  - mãe que trabalha em casa  - dia das mães  - home office  - https://stealthelook.com.br
Foto: Grau e Glória (Reprodução Instagram)

_se cobrar menos e se dedicar mais

Sou ótima para dar conselhos e enxergar o quanto as pessoas fazem o possível para algo acontecer, mas quando chega a minha vez, aí a história é diferente. Confesso que a auto cobrança toma conta de mim de forma que as vezes é preciso parar, respirar e depois seguir. Além da minha cobrança para ser uma boa profissional, ainda preciso lidar com o fato de ser mãe e tentar fazer tudo diferente com minha filha, por exemplo: não repetir a ausência dos meus pais e também não deixar de trabalhar por isso - inclusive, esse é o maior desafio de uma mãe em home office

Eu desejo encontrar o equilíbrio, dedicar tempo pra cada coisa pessoal e cada demanda profissional, e eu sei que é possível porque nós, mães, sabemos inovar e temos uma capacidade fenomenal.

_seu filho te ama

A gente se acostuma a correr atrás de tudo: dinheiro, posição perante a sociedade e qualidade de vida, mas o que esquecemos às vezes é que os nossos filhos nos amariam ainda que não tivéssemos nada dessas coisas.

Com isso, vou dar uma pausa pra respirar. Glória acordou e só o que consigo fazer agora é encher ela de amor. Feliz Dia das Mães!

Deixe um Comentário
Você também vai gostar