O dossiê completo do protetor solar: quais são os tipos e como escolher o seu

por Inaê Ribeiro

Vamos combinar que a essa altura, a maioria das pessoas já sabem da necessidade de aplicar o protetor solar, mesmo que algumas ainda acreditem que o produto só deve ser usado quando em contato direto com o sol. Temos cada vez mais entendido a importância de proteger nossa pele dos raios solares, e agora que as temperaturas estão subindo, essa preocupação aumenta. 

Como vários outros produtos de skincare, o protetor solar pode ser confuso, há diversas informações que podem ou não estarem corretas a respeito dele e qual é o melhor tipo. Químico ou físico, com cor ou sem cor? Você pode se encontrar perdida em meio à essas dúvidas, sem saber qual é o melhor para o seu tipo de pele, que irá garantir a proteção tanto nos dias em que estiver fora de casa quanto naqueles que passará todo em frente ao computador. Mas hoje, com a ajuda da dermatologista Dra. Silvia Quaggio, nós vamos te ajudar e entender tudo sobre o protetor solar e garantir que sua pele esteja protegida dos raios solares e do envelhecimento precoce. Vem ver:

Pacifica Beauty - skincare - protetor solar - primavera - brasil - https://stealthelook.com.br
Foto: Pacifica Beauty (Reprodução/Instagram)

_os protetores solares

A primeira coisa que você deve avaliar ao comprar seu protetor solar é o fator de proteção, também chamado de FPS. O valor do FPS indica qual o grau de proteção contra raios UVB que a fórmula oferece à sua pele e a escolha diferencia de acordo com seu tom de pele, mas nós te explicamos isso em breve. 

_protetores químicos

Além do fator de proteção, os protetores solares se diferenciam em dois tipos: os físicos e os químicos. Os químicos, absorvem a radiação ultravioleta e se dividem em filtros UVA, UVB e os filtros de amplo espectro, minimizando a sua energia. "Eles são indicados para todos os tipos de pele", informa a Dra. Silvia. 

_protetores físicos

Já os protetores físicos, formam uma película que reflete o raio solar, eles não possuem substâncias que podem ser absorvidas na corrente sanguínea, logo, há menos chance de causar alergias e irritações. A dermatologista informa que esse tipo de filtro solar é indicado para crianças, grávidas, atletas e para quem tem manchas de melasma.

Jordan-Risa Santos - skincare - protetor solar - primavera - brasil - https://stealthelook.com.br
Foto: Jordan-Risa Santos (Reprodução/Instagram)

_as texturas

_oil free

Após decidir se o seu protetor dever ser físico ou químico, é necessário escolher a textura ideal para o seu tipo de pele. Hoje, existem diversas possibilidades de toque e acabamento, então basta que você analise suas necessidades. Os filtro oil free, são indicados para quem possui pele oleosa, segundo a Dra. Silvia, muitos contém uma sílica que engloba o sebo, diminuindo assim a sensação oleosa.

_toque seco

Já os produtos de toque seco podem servir tanto para pele oleosa, quanto para as normais e seca. Nesses tipos de pele, antes de ser aplicado um protetor solar de toque seco, é necessário aplicar um antioxidante, como uma vitamina C ou até mesmo um creme anti-aging. A medida garante que o aspecto do filtro permaneça seco, mas ainda assim hidratado.

_cremosos

Finalizado os tipos de textura, temos os filtros cremosos. Super hidratantes, este tipo de produto deve ser evitado pelas peles oleosas e usado pelas pessoas de pele madura e mais seca, já que ele irá auxiliar no processo de recuperação da hidratação.

Paula Almeida - skincare - protetor solar - primavera - brasil - https://stealthelook.com.br
Foto: Paula Almeida (Reprodução/Instagram)

_o fator de proteção

Nós já adiantamos que o FPS deve ser escolhido de acordo com o seu tom de pele, para que a pele atinja sua máxima proteção. A Dra. Silvia recomenda que o protetor solar  seja sempre acima de 50 de FPS, porém, nas peles negras um FPS de 30 já é o suficiente para um cuidado diário e eficaz. Já para o corpo, a recomendação é a mesma, de um FPS 30 para peles mais escuras e acima de 50 para as claras. 

Claro que o número do FPS não é regra, é necessário que você consulte seu dermatologista para que ele entenda as necessidades de sua pele, se você possui melasma ou se costuma ter grande exposição ao sol. Neste último caso, o recomendado pela doutora é aumentar o fator de proteção e sempre reaplicar a cada duas horas.

THI NG  - skincare - protetor solar - primavera - brasil - https://stealthelook.com.br
Foto: THI NG (Reprodução/Instagram)

_qual quantidade aplicar?

Uma das maiores dúvidas em volta do protetor solar é a quantidade que deve ser aplicada e não é à toa, pois o produto pode perder uma porcentagem de sua eficácia se não for aplicado na quantidade correta. Então, se você tinha dúvidas, a Dra. Silvia esclarece que, no rosto a quantidade necessária é de uma colher de chá. Já no corpo, três colheres de sopa são suficientes. 

Calcule a quantidade do produto e espalhe por todo o corpo. Quando usar o de rosto, não esqueça de aplicar também até o pescoço, orelhas, nuca e pálpebras. Espalhe o produto bem, até que o aspecto esbranquiçado suma.

Dr.Jart+ - skincare - protetor solar - primavera - brasil - https://stealthelook.com.br
Foto: Dr.Jart+ (Reprodução/Instagram)

_quando aplicar?

Para muitas fãs de skincare, uma dúvida é comum: em que momento aplicar o protetor solar? E para isso, precisamos entender que a textura dele é mais grossa e, em alguns casos, precisa da pele já estar hidratada antes de ser aplicado, logo, ele é sempre o último passo. Mas aplicar o produto apenas uma vez ao dia não é suficiente. 

O recomendado pela dermatologista Dra. Silvia é que a cada três horas você reaplique o produto, pois é assim que garantimos a efetividade do protetor solar. Agora, durante os dias de verão, em que você estiver na praia ou piscina, o intervalo deve ser ainda menor - em média de duas horas. Então, tenha o seu protetor como um grande aliado, sempre presente na sua bolsa e fique atenta ao horário de reaplicá-lo. 

Deixe um Comentário
Você também vai gostar