PUSH - compre agora seu ingresso

O fim das olheiras

por The Look Stealers

Se tem uma coisa que a gente vive lutando contra, são as olheiras! A gente investe em corretivos, séruns, hidratantes e em todos os produtos que prometem diminuir, ou pelo menos disfarçar, qualquer sinal de olheiras no nosso rosto. Mas o que muita gente não sabe, é que existem tratamentos que ajudam a melhorar - e muito - aquele aspecto de olhar cansado, sabe? Pra ajudar a entender o assunto, o Dr. Leandro Copetti, cirurgião plástico e membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, tirou todas as nossas dúvidas sobre preenchimento com ácido hialurônico.

"Recebo muitos pacientes reclamando das olheiras ou do olhar cansado. Isso pode ter diversas causas, mas em pacientes jovens, o sulco lacrimal marcado é a mais comum. Esse pode ir do canto dos olhos ao meio da maçã do rosto e causa desequilíbrio na iluminação dessa porção, dando a sensação de olhos fundos e contribuindo ao envelhecimento facial.

A correção é simples. O preenchimento com o ácido hialurônico é uma das opções mais usadas para a redução desse sulco. Essa molécula, naturalmente encontrada no organismo, tem a função de atrair água e dar sustentação. O produto usado para o preenchimento é um gel desse ativo sintetizado para acrescentar um maior efeito de sustentação e lift na pele. Ele é injetado por meio de uma agulha ou microcânula na região do sulco lacrimal que se encontra deprimida. Isso causa o levantamento da pele e melhora o contorno na transição entre a pálpebra inferior e a maçã do rosto.

O procedimento é feito em consultório após a aplicação de creme anestésico ou de anestesia local. Tornando-o mais confortável e virtualmente indolor na maioria dos pacientes. A recuperação é rápida, às vezes com leve inchaço que resolve em aproximadamente 48h. O organismo absorve lentamente o ácido hialurônico entre 6 meses e um ano, nesse período deve ser reaplicado para garantir o resultado duradouro.

Tratamentos complementares podem ajudar no tratamento, especialmente se manchas ou pigmentação irregular contribuírem com as olheiras. Uma conversa com seu cirurgião plástico ou dermatologista traçará um plano terapêutico adequado ao seu caso."

Taylor Hill
Foto: Taylor Hill

Não dá pra esquecer que os corretivos também são aliados na hora de disfarçar as olheiras, né? Escolher os produtos certos é essencial para camuflar e iluminar a região dos olhos, por isso é importante entender qual é o tom da sua olheira para neutralizar a cor. Ainda tá confusa? Então anota essas dicas: 

O fim das olheiras

Os corretivos rosados são ideais pra quem tem a olheira super marcada - arroxeadas e azuladas. Esse tipo de olheira precisa de uma camuflagem maior e os corretivos com o tom rosado - vale até o salmão - são mais eficientes na hora de corrigir. Nesses casos o corretivo amarelo não funciona tão bem, porque ele deixa a região com o aspecto acinzentado.  

O fim das olheiras

Agora se a sua olheira é mais avermelhada ou marrom, prefira os corretivos amarelos. Eles camuflam e igualam o tom da olheira com o tom da pele. Aqui os corretivos rosados deixam a make com o resultado estranho e escurecem a região. 

O fim das olheiras

Além de todos os subtons, os corretivos iluminadores também são opções. Eles unem camuflagem + iluminação no mesmo produto. Mas se a sua olheira é muito marcadas, primeiro neutralize com um corretivo que camufle e, depois, aplique o corretivo iluminador. 

O fim das olheiras

Finalize com um pó. Eles selam o corretivo e não deixam que os produtos acumulem nas linhas de expressão. Prefira os mais levinhos, assim o resultado da make não fica muito pesado. 

STEAL THE LOOK ON instagram

Deixe um Comentário
Você também vai gostar