O que você precisa saber sobre maquiagem para orientais e descendentes

por Aline Santos

Se você é ou tem descendência asiática ou pretende seguir a carreira como maquiadora, é importante saber que a maquiagem para orientais não precisa ser um tabu, mas é preciso entender que talvez o que você aprendeu em um vídeo tutorial na internet ou curso, não deve ser levado e aplicado como regra na hora da make. O que pode funcionar para uma pode acabar não dando certo para a outra - e um ponto essencial a se dizer é que nenhuma pálpebra é igual. Para você que é maquiador, esqueça os truques para "abrir o olhar" ou dizer que a cliente asiática tem o formato dos olhos difíceis de acertar, talvez você nem saiba mas na maioria dos casos elas só querem realçar a beleza natural e não acabar parecendo alguém diferente. Esses são alguns dos erros mais comuns que as mulheres orientais e descendentes encontram na hora de contratar o serviço de beleza.

Mas afinal, o que as próprias garotas orientais têm a dizer? Para isso, reunimos 5 mulheres incríveis para nos contar as suas experiências e dividir dicas que são tão necessárias quanto o tema de hoje, mostrando que a maquiagem para orientais e descendentes ainda é um assunto que precisamos falar, vem com a gente:

Tate Iizuka  - maquiagem para orientais - makeup - inverno - street style - https://stealthelook.com.br
Foto: Tate Lizuka (Reprodução/Instagram)


A Tate Lizuka nos contou um pouco da sua experiência com maquiadores e quais os erros mais comuns que eles cometem na hora de maquiar uma oriental: 

"Maquiagem com ilusão de côncavo no olho. O côncavo seria essa "dobrinha" e profundidade" que muitos dos asiáticos não possuem (salvo exceções, lembrando que ao se falar de Ásia, não nos referimos apenas à leste-asiático tipo Japão, China, Coréias). O maquiador cria essa ilusão trabalhando luz e sombra na maquiagem, seria meio que aquela "make de casamento", sabe? Mais escuro nos cantos e um pouco acima na pálpebra, tons mais claros no centro, escuro embaixo do olho também (dependendo de como é feito acaba por diminuir os olhos). A maioria das pessoas asiáticas que já conversei sobre o assunto dizem não gostar também, pois não nos identificamos com aquilo, no dia a dia não temos côncavo né? Me sinto super estranha com esse tipo de maquiagem e definitivamente não me acho bonita pois não combina com meu rosto.

Contornos muito marcados, no nariz, bochecha, maxilar. Muitíssimo comum e graças a deusa diminuindo cada vez mais. Um tempo atrás era muito comum termos maquiagem com contorno mais marcado e isso está mudando porque agora a pele mais natural e sem efeitos ilusórios cresce cada vez mais. Mas muitas vezes ainda acontece de quererem mudar um pouco meus traços. Como disse, tenho o rosto mais redondo, meu nariz não é fininho, não tenho um maxilar super marcado e esses elementos estão presentes como fenótipos em muitos asiáticos. Confesso que até eu mesma já fui super adepta ao contorno fortíssimo, mas cada vez mais eu começo a me achar estranha ou que algo não está certo na minha make quando fazem esse tipo de efeito em mim."

O produto indicado pela Tate Lizuka é:

- Corretivo Soft Matte Complete Concealer da Nars

- Primer Waso Poreless Matte da Shiseido

Luciana Hosoi - maquiagem para orientais - makeup - inverno - street style - https://stealthelook.com.br
Foto: Luciana Hosoi (Reprodução/Instagram)

Luciana Hosoi é fashion designer e também já sofreu com os erros de maquiadores e nos conta qual a sua técnica favorita de make:

"A make que eu mais amo é aquele delineador puxadinho só no cantinho, que deixa nosso olho ainda mais puxado. Não curto maquiagens que “abrem o olhar” e assim, fazem nossos olhos “parecerem maiores”, essas que os maquiadores amam nos oferecer. Eu gosto do meu olho assim, apertadinho, e quanto mais puxado, melhor.

A pior experiência que tive, foi com um “super maquiador” famoso. Ele fez um sombreado preto no meu olho, que foi a coisa mais feia que já fizeram em mim, e ainda disse que meu olho era difícil maquiar, pois não existia a curva côncava nele. Ou seja, botou a culpa da make uó que ele fez, no formato do meu olho. A dica que eu posso dar para vocês meninas, é: pesquisem. Tem muita asiática linda e inspiradora na internet, maquiadoras ou não, que abordam muito bem o assunto, dão dicas, ensinam maquiagens lindas. A nossa beleza, o formato do nosso olho, a cor dos nossos cabelos, a história dos nossos antepassados, é para sentir o privilégio e um orgulho danado de fazer parte disso. Amo que quando eu sorrio, meu olho fica ainda mais puxado e menorzinho, assim sorrio mais. Espero que vocês sorriam muito por aí também."

Os produtos indicados pela Luciana Hosoi são:

- Delineador KVD Beauty Tattoo Liner

- Delineador Maybelline Master Precise

- Pó Finalizador Mac Prep + Prime Transparent Finishing 

"Esse pó finalizador eu passo antes do delineador para não borrar e o delineador ou a sombra ficar depositado todo na pelinha da pálpebra". 

Stefany Park - maquiagem para orientais - BELEZA - inverno - street style - https://stealthelook.com.br
Foto: Stefany Park (Reprodução/Instagram)

A fashion girl e buyer Stefany Park, tem a dica certa para entender melhor o seu formato de olho e pálpebra: 

"Até as orientais e descendentes tem a pálpebra diferente, a @kamilahee explica super bem os tipos em um post. Com isso sempre tive dificuldade em ir em alguns maquiadores que não sabem da diferença, tinha a sensação de que ficava um borrado de sombra e super alta. Testar e conhecer o formato do seu olho e pálpebra te ajuda a arriscar mais, pra quem fica com receio o meu é monolids. A sombra cremosa com brilho é super fácil de passar até com o dedos e da uma profundidade suave nos olhos."

Os produtos indicados pela Stefany Park são:

- Paleta De Iluminador Dior Backstage

- Máscara de cílios Monsieur Big da Lancôme

ADRIANA YUKIE - maquiagem para orientais - beleza - inverno - street style - https://stealthelook.com.br
Foto: Adriana Yukie (Reprodução/Instagram)

Conversamos também com a social media e criadora de conteúdo, Adriana Yukie e ela nos enviou o seu relato com base nas suas experiências pessoais e indicou três perfis de beauty experts em maquiagem para orientais e descendentes:

"A adolescência é a fase em que construímos nossa identidade e procuramos algum modelo para seguir. Nessa época, eu mal tinha acesso à internet e não encontrava tantas referências asiáticas nas revistas e na TV. Então, acho que acabei me inspirando nas minhas primas mais velhas, que eram bem mais antenadas do que eu. Ao longo dos anos, fui ganhando um pouco de coragem e comecei a testar makes que via por aí, mas, quase todas tentativas foram frustradas, porque sempre parecia que eu tinha levado um soco no olho. Aquelas técnicas de criar côncavo nunca funcionavam comigo e acabei caindo na mesmice: o delineado preto, que acabou virando minha zona de conforto. Além disso, sempre foi muito difícil encontrar tons base para a minha pele.

Hoje, sinto que é muito mais fácil encontrar diferentes referências. Fico muito feliz que a questão da diversidade esteja crescendo bastante e que, talvez, as próximas gerações não precisem passar pela mesma situação que nós, asiáticas, passamos durante nossa adolescência! Minha dica para quem ainda se sente insegura em relação à maquiagem é, antes de tudo: se conhecer. Entender seus traços e o que te favorece é um dos primeiros passos! Para te ajudar nesse processo, você pode procurar influencers, atrizes e modelos com quem você se identifique. Os perfis no Instagram que eu mais acompanho são: @camilasawamura, @kamilahee e @joycekitamura, elas são experts em beleza asiática e sempre dão dicas incríveis! Vale, também, deixar o medo de lado e sair testando as referências que você gosta e, se precisar, tente adaptar para as características do seu rosto. Procure sempre usar o que te faz sentir bem consigo mesma."

Os produtos indicados pela Adriana Yukie são:

 - Batom Velvet Matte Lip Pencil Cruella da Nars

- Delineador Gel de Sobrancelhas Ka Brow da Benefit

- Caneta Delineadora da KVD Vegan Beauty

Luciane Sakon - maquiagem para orientais - beleza - inverno - street style - https://stealthelook.com.br
Foto: Luciana Sakon (Reprodução/Instagram)

A designer Luciane Sakon conta sobre a sua frustração ao ser maquiada por alguém e o seu tipo favorito de make:

"As maioria dos profissionais que já me maquiaram quiseram aumentar o meu olho, fazer um côncavo falso (que sempre ficava muito marcado e consequentemente parecia que eu tava MUITO maquiada), puxar o olhar pra cima... e eu sempre ficava frustada. Foram raras as vezes que me achei bonita depois de ser maquiada por alguém. Gosto de maquiagem leve, adoro um delineado reto que até deixa meu olhar mais puxado mas sem caracterizar, sabe?"

Os produtos indicados pela Luciane Sakon são:

- Pó Bronzeador Terracotta da Guerlain

- Delineador tattoo liner da KVD

STEAL THE LOOK ON instagram

Deixe um Comentário
Você também vai gostar