PFW DAY ONE

por Catharina Dieterich

Como te dissemos, vamos acompanhar a Paris Fashion Week de pertinho como fizemos na NYFW então espere por reports das tendências mais legais todos os dias. Hoje, no primeiro dia, quem nos chamou a atenção foi Anthony Vacarello e Jacquemus. Confira abaixo os detalhes de tudo o que rolou na passarela desses dois designers:

Anthony Vacarello

vacarello-pfw-runway-style
Foto: Vacarello SS016

A femme fatale de Vaccarello mostrou que não tem medo de ser sexy e provocante! Já no primeiro look, desfilado pela top Edie Campbell, vimos a famosa fenda thigh-high de Vaccarello, numa minissaia cáqui combinada com jaqueta e muitos detalhes em couro e spikes douradas. O mood continuou militar, com novas combinações, cada vez mais ousadas, de jaqueta com miniskirt. Mesmo depois quando aparecem looks mais delicados, com camisas e echarpes, elementos como transparências e decotes, além de um make marcante, mantêm a coesão do desfile. Vaccarello também apresentou peças que podem agradar quem não gosta de mostrar muito o corpo, através das belíssimas camisas de seda brancas com detalhes florais, que foram combinadas com jeans de cintura alta. Já os cocktail dresses, que vieram no final, seguem a estética barely there do designer, com muita perna à mostra e ultra fendas. Mas, o que chama atenção é que, mesmo com tanta pele aparecendo, a fluidez dos tecidos e o corte edgy deixam as roupas muito longe do vulgar: elas são ideais para a urban girl que se veste com coragem e confiança.

Garanta agora as peças que já têm o mood dessa coleção:

Jacquemus

jacquemus-pfw-runway-spring
Foto: Jacquemus SS016

Simon Porte Jacquemus é um dos designers mais aclamados da nova geração em Paris, e ficou famoso pela silhueta desconstruída e uso de cores básicas, como azul-céu, vermelho e amarelo. A inspiração de Jacquemus vem de sua infância no sul da França, do céu e o mar e as belas paisagens da Côte D’Azur. O desfile dessa temporada foi teatral, com o próprio Jacquemus entrando na passarela com um cavalo branco e depois com uma criança, também toda vestida de branco. Os elementos teatrais serviram para reforçar a ideia de um look inocente, leve, quase infantil, com misturas de formas e assimetrias que nos remetem a desenhos de criança. Durante todo o desfile foram intercalados os looks com calça, que apareceu bem relaxada e solta no corpo, e os looks com saias, vestidos e shorts super curtos, marca registrada de Jacquemus. O designer também trouxe para a passarela uma tendência que já havíamos falado na NYFW, o twin look, com duas modelos usando versões similares de um vestido cinza. Outra tendência para ficar de olho estava nos pés das modelos: sneakers brancos de couro foram os únicos sapatos utilizados na coleção, mostrando que é, sim, possível ser comfy e cool ao mesmo tempo.

Confira alguns itens que seguem a ideia da coleção acima:

Deixe um Comentário
Você também vai gostar