Por que reviver o passado é a tendência da nova geração?

por Aline Santos

Tudo o que vai volta e isso é um fato que nem o universo da moda pode negar. Mas nunca estivemos revirando tanto o baú como nos últimos tempos e, acredite, essa é a febre de tendência da nova geração. Looks dos anos 90 sendo usados por jovens de 19, 20 anos no mundo inteiro. Uma música da década de 70 que viralizou no TikTok (rede social dominada pela geração Z). Mas, afinal, por que esse grupo tão "prafrentex" está tão interessado no passado?

Lendo uma matéria na Dazed sobre o tema, percebi que, de fato, revisitar o passado em busca de novas referências é uma fuga do mundo em que vivemos hoje, e isso inclui também os jovens dos tempos modernos. Enquanto nos anos 2000 nós usávamos uma determinada roupa de gosto duvidoso apenas porque era "moda" entre os adolescentes da época, hoje, essa mesma peça é uma tendência da nova geração porque eles simplesmente escolheram usar. Talvez por isso a geração Y fique tão incomodada com o fato de que eles têm escolhas, mas preferem por desenterrar coisas que já deixamos no passado.

Emma Chamberlain - tendência da nova geração - geração z - verão - street style - https://stealthelook.com.br
Foto: Emma Chamberlain (Reprodução/Instagram)

De repente, a legging com barra larga usada por Lindsay Lohan no começo da década de 2000 estava de volta aos holofotes.

Um belo exemplo que foi notícia no mundo todo e causou uma série de discussões no Twitter ano passado, foi a volta da calça de yoga que ganhou um novo nome entre a geração Z: a flared legging. A peça se tornou viral depois que a porta-voz dessa geração, Emma Chamberlain, começou a postar fotos usando o modelo que, logo em seguida, se tornou o must have entre as suas seguidoras. De repente, a legging boca de sino usada por Lindsay Lohan no começo da década de 2000 estava de volta aos holofotes. A verdade é que a nova geração não está preocupada com a estética perfeita e ultra fashionista que vivemos nos últimos anos, eles estão indo atrás de conforto e praticidade, algo que seja cool, mas que ao mesmo tempo tenha personalidade - e disso as "legging flare" têm de sobra, né?

Emma Chamberlain - tendência da nova geração - geração z - verão - street style - https://stealthelook.com.br
Foto: Emma Chamberlain (Reprodução/Instagram)

Mas essa não foi a única tendência do passado que Emma espalhou entre a nova geração. A norte-americana, que já foi capa da Vogue e Cosmopolitan - e já esteve na lista das 25 pessoas mais influentes da internet em 2019 pela revista "Time" -, também fez com que o colete de tricot se tornasse uma nova trend entre as adolescentes. Afinal, até pouco tempo atrás, a peça era considerada "roupa da vovó".

Outro revival que presenciamos nos últimos meses foi a volta do hit "Dreams" da banda Fleetwood Mac. Lançada em 1977, a música caiu no gosto dos TikTokers em setembro de 2020 e em apenas 2 dias após um vídeo viral com a trilha sonora, ela teve um aumento de 88,7% nas transmissões, em torno de 2,9 milhões, nos EUA. Apesar do responsável pelo vídeo ser um homem de quase meia idade, a melodia realmente despertou interesse entre os mais jovens da rede social.

Reviver o passado não é uma grande novidade assim, mas talvez, seja a primeira a causar um certo desconforto entre os millenials...

Podemos afirmar que, desde que os tempos são tempos, nós buscamos inspirações de décadas passadas e trazemos para o nosso mundo atual. Por isso, a tendência da nova geração em reviver o passado não é uma grande novidade assim, mas talvez seja a primeira a causar um certo desconforto entre os millennials que, querendo ou não, estão sentindo a idade chegar através dos mais novos.

Essa é a geração que busca ser mais sustentável, mais preocupada com o planeta e tudo o que produzimos nele. Talvez, essa visita ao passado e a volta algumas tendências seja uma das explicações para uma maneira inteligente e mais econômica de consumir a moda no presente e futuro.

Deixe um Comentário
Você também vai gostar