STEAL THE LOOK | SHOP - ACESSE!

STL no Arizona: Tudo sobre o Antelope Canyon

por Catharina Dieterich

Você já deve ter visto alguma foto do Antelope Canyon no Instagram. Se não viu o natural, deve pelo menos ter visto fotos da "réplica" dele nas fotos de influencers na loja da Glossier - marca de beleza que é febre entre as fashionistas. E tudo bem, se você ainda não conhece o Antelope, agora é um bom momento pra saber tudo sobre, e quem sabe planejar a sua próxima viagem para o cenário de tirar o fôlego?

Localizado em uma reserva de terra Navajo - tribo nativo americana - em Page, no Arizona, o Antelope Canyon surgiu há mais ou menos 180 milhões de anos, de uma erosão de arenito causada por uma enchente, mas foi só em 1931 que ele foi descoberto, por uma menina da tribo Navajo. 

antelope - canyon - catha - dieterich - visita
Foto: (Reprodução/Pinterest)

Existem duas formas de conhecer o canyon: fazendo um tour pelo upper Antelope ou Lower. Ambas os passeios devem ser bookados com antecedência com os guias locais. Não é possível acessar o local sem esse serviço. Eu conheci o upper Antelope em Fevereiro, durante o inverno, e apenas quando estava lá que fiquei sabendo que a melhor época para visitar o local é o mais perto do solstício de verão, na metade do dia, que é quando o sol está diretamente sobre o local, resultando em efeitos de luz ainda mais lindos.

Você pode chegar em Page de avião - mas não tem vôo direto de Los Angeles pra lá - ou de carro. Eu optei por ir de carro, pois sabia que a viagem seria linda. E se tem uma coisa que eu não me arrependo, inclusive super indico, é que você opte por essa road trip de dia. O cenário é quase inacreditável! Durante as 8 horas e meia de carro, você passa pelo estado do Nevada, depois passa por Utah, aí chega no Arizona. E a cada hora da viagem a natureza muda: é um show de cores e formas que vale a pena de ver.

antelope - canyon - catha - visita - tour
Foto: Catharina Dieterich (Reprodução/Steal the Look)

Pra visitar o local é preciso agendar o tour com antecedência, pois existe um limite de pessoas que podem acessar por dia, e os tickets acabam rápido. Escolhi o tour de uma hora e meia, que é rápido mas suficiente pra conhecer. Sinceramente, gostaria que o tour falasse mais sobre o local e a energia que sentimos lá e menos sobre as fotos que podemos tirar enquanto caminhamos, mas aparentemente era pra isso que a maioria das pessoas estavam lá - fotos no Instagram!

antelope - canyon - visita - catha dieterich - tour
Foto: Catharina Dieterich (Reprodução/Steal the Look)

Outro ponto importante é o que usar para a visita: escolha uma roupa confortável e que você não se importe que suje, pois tem muita poeira! Leve uma bandana ou lenço para proteger o rosto, pois durante o trajeto tem muita - leia-se muita! - poeira. Nos pés, botas ou tênis confortáveis. Não é permitido mochilas nem bolsas grandes. A dica é optar por uma pochete pequena com um protetor labial, creme para as mãos, pois tudo fica muito seco lá, e no máximo uma garrafa de água. Mas importante lembrar que não existe banheiro no local!

Curiosidade: A Britney Spears foi a primeira artista a gravar um vídeo no Antelope Canyon. O Clipe "I'm Not a Girl, Not Yet a Woman" foi gravado em 2001, e é a possível causa do local ter ficado tão popular desde então.

Mas o meu final de semana em Page não parou por aí! Depois de visitar o canyon, fomos conhecer o Horseshoe Bend - que em Português significa ferradura de cavalo. Esse lugar tem uma energia tão surreal que é impossível sentir pelas fotos. Só estando lá pra sentir! 

Dica: afaste-se da multidão de turistas - que acabam ficando só no ponto central, para conseguir as melhores fotos! Risos - sente-se no chão perto do abismo (até onde você conseguir, porque dá um frio na barriga!) e respire por uns minutos. Sinta-se presente no local, agradeça, sinta aquela energia. Prometo que você não vai se arrepender!

antelope - canyon - catha - visita - tour
Foto: Catharina Dieterich (Reprodução/Steal the Look)

FOLLOW US ON instagram

Deixe um Comentário
Você também vai gostar