The Goop Lab: A série que mais me marcou dos últimos tempos

por Giulia Coronato

Quando a Catha mandou um e-mail para todo o escritório nos indicando "The Goop Lab", eu, como consumidora assídua nas produções originais do Netflix, adicionei rapidinho a série na minha lista. E assim que o fim de semana chegou, assisti os 6 episódios da primeira temporada em uma tacada só.

A série documental segue o dia a dia da empresa Goop, da Gwyneth Paltrow, e a proposta é submeter o time a terapias experimentais nada convencionais, colocando à prova diversas vertentes de estudos e pseudociências. 

Desde antes do seu lançamento, a série dividiu opiniões ao mesmo tempo que reforçou a grande base de fãs que a empresa de lifestyle já tinha, muito burburinho foi falado em torno dos temas polêmicos abordados nos episódios. Apesar de tudo, a série me marcou como poucas, por isso decidi compartilhar com vocês e de quebra te convencer a dar uma chance! Vem ver: 

It girls - Série - The Goop Lab - Verão - Street Style
Foto: (Reprodução/Netflix)

“A série a seguir foi criada para entreter e informar, mas não fornecemos aconselhamento médico.”

É assim que começam todos os episódios de "The Goop Lab", a nova série documental do Netflix apresentada pela veterana Gwyneth Paltrow. A série segue a vida do escritório da Goop, marca de lifestyle e beleza da atriz. A proposta da série é avaliar e por em prática curas e tratamentos não-convencionais, em cada episódio vemos os funcionários da Goop se submetendo a experiências e tratamentos experimentais, como cogumelos psicodélicos e a polêmica terapia do frio.

Apesar de não ser tão conhecida no Brasil, a empresa de Gwyneth é gigante nos Estados Unidos e já alcançou um patamar milionário de acessos e vendas. Apesar das polêmicas envolvendo a Goop, o Netflix apostou alto com a série e o resultado foi surpreendente. 

É importante termos em mente que nada do que você vai ver em The Goop Lab é ciência, em nenhum momento a empresa diz isso - eles querem informar e abranger o alcance de coisas não convencionais que podem ajudar muita gente, como é mostrado no decorrer dos episódios, diversas histórias e depoimentos de pessoas que tiveram benefícios gigantes ao testar as terapias experimentais a longo prazo.  

-                     -                     -                     -

Em momento algum, a série diz que devemos substituir a medicina tradicional pelos tratamentos experimentais que são apresentados nos episódios, mas a informação de que existem outras possibilidades de cura além das que conhecemos pode ajudar diversas pessoas que, por muito tempo, não viram saída para alguns problemas, situações ou traumas. No decorrer da série, conhecemos histórias de pessoas comuns que tiveram benefícios imensos com os tratamentos. Basta acreditar e tentar.

-                      -                      -                      -

A Goop foi desenvolvida por Gwyneth com o intuito de criar um espaço seguro e sem julgamentos, onde conversas e debates eram abertos acerca de temas que normalmente envolvem muito tabu e preconceito. A sexualidade da mulher é um tema constante abordado, tanto pelos conteúdo e produtos produzidos pela Goop, como em The Goop Lab. O episódio 3 da primeira temporada, "O prazer é nosso", fala abertamente sobre o orgasmo feminino e sobre como o empoderamento da mulher precisa passar pela vulva. Com a ajuda da sexóloga Betty Dodson, as goopers são convidadas a se conhecerem e se observarem, enquanto os telespectadores se questionam sobre como vemos o corpo da mulher sobre uma perspectiva machista e patriarcal.  

-                      -                      -                      -

Para mim, essa é a motivação principal da Goop e da The Goop Lab. De quebrar tabus que já estão há séculos enraizados e impostos pela sociedade. Seja pelo machismo, pela medicina ou pela ciência. A ideia não é levar os temas como verdade absoluta, e sim abrir um debate e mostrar que o mundo vai muito além daquilo que é dado como certo. 

-                      -                      -                      -

É assim que você fica depois de terminar a primeira e única temporada da série disponível: inspirada. Depois de passar pelas viagens e experimentos ao lado dos goopers, você vai se sentir completamente inspirada e motivada a ir atrás de novas informações e novos universos. Assim que terminei The Goop Lab, eu corri para as mídias sociais e o site da Goop para conhecer mais sobre todos os conteúdo e produtos oferecidos pela marca. E a paixão só aumenta.

Para conhecer mais, dá uma olhada: https://goop.com/

Você também vai gostar