Tomara que caia? Não! #BlusaSemAlça

por The Look Stealers

O termo "tomara que caia" vem de anos e caracteriza o tipo de peça que não possui alças. Mas você já parou para pensar em como essa expressão é problemática? Um termo totalmente sexista, que implica no desejo de uma blusa, literalmente, cair.

A Hering entendeu o problema e resolveu usar o mês de Março, para mudar esse cenário. Com a intenção de extinguir esse termo do mundo da moda, das notícias e do nosso vocabulário, a marca começou esse movimento para valorizar e reconhecer as causas femininas. Como? Mudando o nome da peça. Ao invés de tomara que caia, agora nós e a Hering queremos que você se refira à ela como #BlusaSemAlça. Quem vem com a gente?

blusa - sem alca - movimento - hering - tomara que caia
Foto: Giovanna Ferrarezi, Jade Seba, Lia Camargo, Jessica Aronis e Bruna Unzueta (Reprodução/Hering)


Para incentivar todo mundo a adotar a nova expressão, a Hering desenvolveu algumas peças, entre blusas, vestidos e macacões, que não possuem alças e que dão início a essa mudança. E a renda destes produtos será revertida para o Programa Bem Querer Mulher, que reconstrói a vida de mulheres que sofrem violência, valorizando o empoderamento feminino.

blusa - hering - sem alça - movimento - tomara que caia
Foto: Giovanna Ferrarezi, Jade Seba e Bruna Unzueta (Reprodução/Hering)

Depois de um evento cheio de discursos empoderadores de Ana Paula Xongani e presença marcada de vários nomes de peso no mundo da moda hoje, não poderíamos deixar de divulgar a ação e, claro, te incentivar a apostar na tendência de ombros de fora e fazer bonito com suas blusas, vestidos e macacões sem alças por aí.

STEAL THE LOOK ON instagram

Deixe um Comentário
Você também vai gostar