Transição capilar: dicas para enfrentar o processo de cabeça erguida

por The Look Stealers

A transição capilar é um processo de adaptação à textura natural do cabelo enquanto ele cresce sem química e sem alisamento. Por isso, é um momento de adaptar e fazer algumas alterações na rotina de cuidados com os fios para mantê-los saudáveis. 

Com o crescimento progressivo, pode ser complicado se acostumar com a mudança na aparência do cabelo e com o contraste das texturas presentes no comprimento e na raiz a, mas hábitos como hidratar e aprender a finalizar os fios de formas diferentes podem ajudar a tornar o processo mais tranquilo e fácil de lidar.

Pensando em ajudar quem está passando por esse delicado processo, nós pedimos ajuda a Juliana Santana, a musa está passando pela transição capilar há pouco tempo atrás e tem dicas valiosas de como enfrentar esse processo de cabeça erguida. Vem ver: 

"Desde que me lembro por gente tenho uma relação de amor e ódio com o meu cabelo, meus pais sempre trabalharam fora e pentear meu cabelo todos os dias não era viável, então a melhor opção que encontrei foram as tranças, que duravam uns 3 dias no cabelo, com direito a tererês e tudo mais. Eu odiava usar elas pois eu era uma das únicas meninas negras na escola particular em que estudava e na minha sala eu era a única, não via nenhuma menina usando o penteado, então na minha cabeça elas eram feias. Quando comecei a entender toda percepção do bonito e do feito, do que os garotos gostavam e como eu tinha que ser para conquistá-los eu fui nutrindo um ódio pelo meu cabelo, porque ele tinha que ser tão “armado”? Porque eu tinha que ser diferente das outras meninas? Com uns 14 anos eu finalmente convenci minha mãe a fazer meu primeiro alisamento, uma das minha melhores amigas tinha a mãe cabeleireira e fui com ela alisar o cabelo. Desde então alisava o cabelo uma vez por mês, alisar começou a ficar chato então comecei a descolorir e pintar de cores como rosa, azul e etc… O final foi meio trágico porque meu cabelo teve corte químico e ficou o mais curto que eu já tive. Aí foi o momento que resolvi parar com as tinturas e só deixar ele crescer, mas ainda continuando com o alisamento."

-                  -                  -                  -                  - https://stealthelook.com.br

O processo de lavagem dos fios tem que estar diretamente ligado à hidratação durante a transição capilar. A hidratação e a nutrição são um dos passos mais importantes para a transição capilar. A raiz do cabelo precisa estar nutrida e forte para os fios terem força para crescer e o comprimento precisa estar hidratado para se adaptar a viver sem a química. Manter um cronograma capilar de hidratação e nutrição é fundamental para ter uma transição mais tranquila pois ajuda a controlar o volume dos fios e mantê-los bonitos e forte. Para isso, é importante entender as diferentes necessidades de cada tipo de textura. O cabelo alisado com química tem dificuldade em absorver os nutrientes, porque a fibra é selada pela química. Já o cabelo cacheado tem uma tendência natural ao ressecamento por causa da dificuldade da oleosidade natural do couro cabeludo de se espalhar pelo comprimento. Esses dois quadros combinados exigem uma frequência maior e mais intensa de hidratação para manter o cabelo brilhoso, macio e saudável.

-                  -                  -                  -                  - https://stealthelook.com.br

Ao iniciar a transição capilar, muitas mulheres escolhem por fazer um big chop, que consiste em cortar o cabelo bem curtinho para eliminar todos os fios danificados. Por ser uma grande transformação radical no comprimento do cabelo, poucas estão dispostas a passar por isso. Mas, mesmo que não optando por cortar toda a extensão danificada, cortar o cabelo periodicamente é imprescindível para quem está passando pela transição. O corte frente das pontas fortalece o cabelo além de eliminar as partes com química.

-                    -                    -                    -                    - https://stealthelook.com.br

Acessórios para colocar no cabelo são uma forma infalível de dar um up no visual e disfarçar as diferentes texturas do cabelo (se for algo que te incomoda). Aposte em lenços, chapéus, bonés e presilhas. Aqui tudo vale para destacar ainda mais sua personalidade, além de acessórios de cabelo estarem super em alta.

It girls - Lenços - Transição capilar - Outono - Street Style - https://stealthelook.com.br
Foto: Juliana Santana (Reprodução/Instagram)
It girls - Presilha - Transição capilar - Outono - Street Style - https://stealthelook.com.br
Foto: Carol Soares (Reprodução/Instagram)
-             -             -             -             - https://stealthelook.com.br

A trança também é outra dica certeira para as cacheadas que estão passando pelo processo de transição capilar e muitas mulheres falam que o clássico penteado foi o responsável por dar um upgrate na autoestima no período de transição.

"Resolvi colocar tranças box braids para deixar o cabelo crescer e foi nelas que eu consegui renovar minha autoestima, elas são maravilhosas para quem está em processo de transição pois além de deixar seu cabelo seguro elas também ajuda no crescimento estimulando o couro cabeludo. Foram 6 meses de tranças, mas tive uma recaída e voltei a alisar" disse Juliana Santana.

It girls - Box braids - Transição capilar - Outono - Street Style - https://stealthelook.com.br
Foto: Claudiana Ribeiro (Reprodução/Instagram)

Box Braids

As box braids são as famosas tranças de 3 pontas, feitas a partir da raiz em toda a extensão do cabelo.

"Resolvi colocar tranças box braids para deixar o cabelo crescer e foi nelas que eu consegui renovar minha autoestima, elas são maravilhosas para quem está em processo de transição pois além de deixar seu cabelo seguro elas também ajudam no crescimento estimulando o couro cabeludo. Foram 6 meses de tranças, mas tive uma recaída e voltei a alisar."

It girls - Twist braid - Transição capilar - Outono - Street Style - https://stealthelook.com.br
Foto: Thelma Regina (Reprodução/Instagram)

Twists Braids 

As twists braids são uma forma mais simples e mega estilosa de trançar o cabelo. A trança consiste em torcer duas mechas do cabelo, desde a raiz, até as pontas, em todo a extensão. Essa forma só funciona para cabelos crespos pois não segura fios lisos.

"Coloquei tranças outras vezes mas sempre voltando para o alisamento, descobri as laces e perucas para me ajudarem a não mexer na cor e querer descolorir, em janeiro desse ano coloquei de novo mas com um método diferente, chamado twist braids. Eu fiquei APAIXONADA pelo meu cabelo! Mas infelizmente não durou muito pois esse método não segura em cabelos lisos, pelo fato de ser só duas mechinhas de cabelo e infelizmente tive que tirar."

Você também vai gostar