Tudo o que você precisa saber sobre o Liftera

por The Look Stealers

Novos procedimentos estéticos surgem o tempo todo, mas são poucos os que realmente valem o investimento. Nem todos cumprem o que prometem instantaneamente, mas existem alguns que são chamados por muitas pessoas de "milagres da tecnologia". E esse é o caso do Liftera

O Liftera é o primeiro ultrassom microfocado digital - sim, parece algo complexo, mas calma que a gente te explica - que proporciona um tratamento não invasivo de elevação e contorno da face, do pescoço e do corpo. Ele é capaz de entregar energia térmica na pele de maneira muito mais eficaz e segura do que antigos procedimentos, fortalecendo as diferentes camadas e promovendo o lifting facial sutil e eficaz, aumentando a firmeza da cútis e a remodelação do contorno corporal. A explicação simplificada é: o Liftera faz um lifting na pele através da alta temperatura que sai de uma caneta de ultrassom hiper focada. Ufa! O diferencial do procedimento é que ele oferece duas opções de aplicadores, proporcionando mais ergonomia e rapidez nas sessões, apresentando um resultado super poderoso e surpreendente.

A nossa co-fundadora, Manuela Bordasch, foi até a clínica da dermatologista Dra. Vivian Simões Pires, em Porto Alegre, para testar o Liftera e hoje vamos te contar a experiência dela com o procedimento e tudo o que você precisa saber sobre o procedimento que, inclusive, promete ser o novo Ultraformer. Ficou curiosa? Vem ver:

O Liftera tem como objetivo principal o lifting facial de forma não-invasiva e não-cirúrgica. O ultrassom microfocado, presente na caneta aplicadora, foi desenvolvido com o intuito de proporcionar o efeito desejado através do calor, promovendo uma melhora impressionante da flacidez. A tecnologia possibilita a formação de micropontos de coagulação térmica entre 65° a 75° graus, em diferentes profundidades, ajudando a pele a se regenerar e a estimular o colágeno de dentro para fora. E, como o vídeo acima mostra, ele pode ser usado tanto no rosto como no corpo, além de não ser doloroso e possuir uma aplicação tranquila.

experiência com o liftera

A Manu foi testar o Liftera com o objetivo específico de levantar de forma sutil e certeira, o excesso de pele das pálpebras. Abaixo, você confere o antes e depois, assim como o relato dela, que saiu muito satisfeita da clínica da Dra. Vivian Simões.

Manuela Bordasch - liftera - ultraformer - verão - street style - https://stealthelook.com.br
Foto: Manuela Bordasch (Reprodução)

*Foto tirada após duas sessões do procedimento Liftera com intervalo mensal entre elas.

Manuela Bordasch: Me surpreendi muito com o resultado. Já tinha pensado algumas vezes em fazer Blefaroplastia - cirurgia na pálpebra - de tanto que me incomodava a queda e o excesso de pele que tinha do lado direito. Sempre achei que destoava muito do lado esquerdo, deixando o meu olhar um pouco mais fechado. Além de ser um incômodo estético pra mim, sentia dificuldade em me maquiar e aplicar produtos nessa área. Já tinha feito outros procedimentos estéticos como o botox, que ajudou a amenizar e levantou um pouco o olhar, mas o Liftera foi o primeiro que realmente solucionou esse "problema", de forma zero invasiva e sem ter que seguir com nada cirúrgico. Posso dizer que fiquei 100% satisfeita, levantou a autoestima e o resultado ainda segue melhorando! A eficácia total só aparece três meses depois, e eu mal posso esperar para o resultado final.

tire as suas dúvidas

Conversamos com a Dra. Vivian Simões e com Michelle Gonçalves, fisioterapeuta do grupo VSP, para tirar algumas dúvidas sobre o procedimento. 

o que é o Liftera?

Grupo Vivian Simões Pires: É um ultrassom microfocado que, através do seu ponto de coagulação, realiza um lifting facial.

porque ele é considerado a evolução do ultraformer?

V.S.P.: Porque o disparo dele é digitalizado, ou seja, mais concentrado no ponto focal. O transdutor não desperdiça energia, com isso criou-se a caneta do Liftera. A caneta se adapta melhor às regiões e refina melhor os detalhes da área a ser tratada.

para quem ele é indicado?

V.S.P.: Para pessoas que possuam certo grau de flacidez ou apenas que queiram dar um efeito glow na pele.

qualquer pessoa pode fazer o Liftera?

V.S.P.: Sim! Ele não possui qualquer tipo de limitação.

precisa de algum preparo para o procedimento?

V.S.P.: Não, porem nós, da Clínica VSP, aplicamos anestésico tópico na região antes de realizar para melhor conforto do paciente.

o Liftera é menos invasivo que o Ultraformer?

V.S.P.: Na verdade, não. Ele possui suas diversas tecnológicas e de aplicação, mas não é menos invasivo, ambos são super sutis e não-cirúrgicos.

quais são os cuidados pós Liftera?

V.S.P.: Evitar de tomar anti-inflamatórios por pelo menos 15 dias. No mais, pode seguir com os cuidados normais.

ele pode ter algum efeito colateral ou contraindicação?

V.S.P.: Efeito colateral, não. Mas, contraindicação, sim. Exemplos: prótese metálica na região, feridas abertas, após o botox ou preenchimento recente (quando a indicação é em outra área do rosto sem problemas).

o resultado é permanente?

V.S.P.: Não. Porém, se realizado na periodicidade certa, o resultado se mantém por mais tempo.

quantas sessões são necessárias para um resultado final?

V.S.P.: Isso depende muito da avaliação e de cada nível de flacidez, mas podem ser feitas sessões mensais, semestrais e anuais.

qual a diferença entre o Liftera A e o Liftera V?

V.S.P.: O Liftera V possui somente a caneta, já o Liftera A é o mais completo porque possui a caneta e o aplicador em linha. A clínica VSP possui o Liftera A.

qual a média de preço?

V.S.P.: O valor depende muito da avaliação, mas os preços variam entre 1.000 e 5.000 reais.

lembrete

É sempre muito importante dizer que qualquer tipo de procedimento estético deve ser feito de forma muito pensada, sem impulsos e com acompanhamento de profissionais, como foi o caso da Manu. Ela ponderou muito antes de fazer e acabou encontrando no procedimento não invasivo e não cirúrgico, uma solução para algo que a incomodava. Foi uma escolha dela que não deve influenciar a sua.

Deixe um Comentário
Você também vai gostar