9 Dicas Para Escolher a Base Perfeita

por Lara Lincoln

De uma coisa não podemos reclamar: o mercado de beleza, nacional e internacional, está recheado de bases nas prateleiras. Existem diversas opções para pele seca, mista ou oleosa, de alta e baixa cobertura, acabamento acetinado, matte e até as que partem a favor da tecnologia e garantem embalagens com propostas modernas, compactas e práticas - alô, cushion

Mas, sim, mesmo com tantas opções, é normal não encontrar uma base para chamar de sua. Afinal, a possibilidade de errar na cor, escolher o subtom errado ou apostar em um acabamento que não se adapta ao seu tipo de pele é grande e a base não é daqueles produtos que podem ser trocados em lojas depois de abertas. Por isso, o melhor segredo é colocar em prática e testar. Uma fórmula best seller pode funcionar na maioria das pessoas mas não ser indicada para as suas necessidades. Mas calma! Achar a base perfeita é possível com algumas dicas fáceis. Você só vai precisar analisar alguns fatores importantes antes de decidir. Papel e caneta na mão para anotar: 

Grace Elizabeth
Foto: Grace Elizabeth

1. Antes de tudo, conheça a sua pele! Peles oleosas, mistas, secas, normais ou sensíveis possuem necessidades completamente diferentes, inclusive na maquiagem. Além disso, as bases também são divididas seguindo esse critério. Produtos específicos para rosto oleoso são mais sequinhos e de acabamento matte, enquanto a pele seca ganha hidratação com fórmulas acetinadas e iluminadoras. 

Para o rosto oleoso, ótimas opções são a Mat Velvet, da Make Up For Ever e a Base Líquida PoreMinimizing Makeup. Ambas controlam a oleosidade da pele ao longo do dia, diminuem a produção de sebo e garantem um resultado natural:

Mas se você tem a pele seca, pode ir sem medo na Naked Skin, da Urban Decay, que possui cobertura de média, acabamento luminoso e semi-mate, ou seja, o rosto fica com aquele glow bonito mas sem ficar com efeito oleoso. A Naked Skin também é enriquecida com ingredientes hidratantes e antioxidantes. Outra opção é a All Day Luminous, da NARS, de média cobertura e ideal para peles normais a secas. 

Jourdan Dunn
Foto: Jourdan Dunn

2. Tenha em mente o tipo de base desejada. Existem versões líquidas, em mousse, cremosas e em pó. Geralmente, bases cremosas são mais hidratantes e funcionam na pele normal ou seca, já as em pó são sequinhas e de acabamento matte, enquanto as líquidas são universais e dependem da proposta de cada produto, existem fórmulas líquidas matificantes e iluminadoras. Ah, e se você for do time das práticas, prefira as com embalagem compacta, como o bastão e a cushion

Se você quer praticidade, escolha uma base em bastão, como a Ultra HD Foundation, da Make Up For Ever, que possui boa cobertura e cabe em qualquer nécessaire. Outra boa opção são as cushion, que guardam todo o produto dentro de uma esponjinha em uma embalagem compacta. 

A base em pó, da Abbey, é ótima para pele mista e oleosa. Os produtos da categoria pó são perfeitos para o dia a dia e fáceis de aplicar. Já os super líquidos, como a WaterBlend, da Make Up For Ever, são ótimos para a pele seca e espalham com facilidade. 

Chrissy Teigen
Foto: Chrissy Teigen

3. Escolha a cobertura da sua base. Essa categoria é dividida em baixa, média e alta, assim, fica mais fácil alcançar o resultado desejado. Bases de cobertura baixa são extremamente naturais, ótimas para homogeneizar e garantir o resultado fresh. A cobertura alta é ideal para quem tem muitas imperfeições, acne, manchas, olheiras e funcionam melhor à noite. Já as opções de média cobertura são curingas e podem ficar mais leves, misturadas a hidratantes, ou pesadas, com duas camadas. 

Ama efeito natural? A Cover Touch, da Océane e Balm Shetter, da The Balm, são ideais para você. Elas possuem cobertura de baixa a média - com mais camadas - e garantem o glow incrível do fresh look. 

Mas se você não fica sem cobertura poderosa, vale o teste na Matissime, da Givenchy, e na Super Stay 24h, da Maybelline. Ambas possuem excelente cobertura, camuflam todas as manchinhas mas com resultado aveludado. 

Maria Borges
Foto: Maria Borges

4. É normal confundir esse critério, mas cobertura e acabamento são categorias diferentes. O acabamento está relacionado com o efeito da base na pele, que pode ser mais sequinho, aveludado ou acetinado - com aquele glow dos red carpets. Uma base de cobertura baixa pode ter acabamento sequinho, assim como a cobertura alta pode ser acetinada. 

Se você é fã do efeito glow, a Photo'Perfexion, da Givenchy e a Hello Flawless, da Benefit, não decepcionam na categoria. Ambas garantem um iluminado na medida, sem ser muito fake. As áreas altas do rosto ganham destaque com o ponto de luz proporcionado por essas bases. 

Mas se você prefere um acabamento bem matte, vai amar a Anti-Blemish Solution, da Clinique, e a PureMakeup, da Maybelline. E ainda tem outro ponto positivo: além de controlar a produção do sebo, elas também possuem ingredientes que evitam e melhoram a acne. 

Nina Agdal
Foto: Nina Agdal

5. Sempre teste a base no seu rosto, especificamente, na linha do maxilar. Muitas pessoas testam o produto na mão e braço, porém, o correto é usar a base na sua pele do rosto. Aplique na sua linha do maxilar e escolha o tom que "desaparecer" e não demonstre qualquer presença de produto. 

Karlie Kloss
Foto: Karlie Kloss

6. Escolha a cor, aplique em todo o rosto e saia da loja! Sim, tente esperar algumas horas antes de comprar o produto. Algumas bases oxidam e ficam mais escuras depois de totalmente secas. Além disso, é importante checar o tom na luz natural, a melhor opção para observar a cor real da base. 

gisele bündchen
Foto: Gisele Bündchen

7. Conheça o seu subtom de pele. Parece confuso mas todas nós temos um subtom além do tom super claro, claro, médio, escuro e super escuro. Existem o subtom frio, pele com fundo amarelo, e subtom quente, pele com fundo rosado. Assim, fica mais fácil na hora de escolher a cor da base, se você tiver subtom quente, prefira produtos rosados, se o seu subtom for frio, bases amarelas funcionam melhor. 

As bases da MAC possuem categorias com subtons bem divididos. As NW - Neutral Warm - possuem fundos rosados, enquanto as NC - Neutral Cool - possuem subtom amarelado. Assim fica mais fácil de acertar. 

Já as da Dior e Bourjois são mais neutras e rosadas. Se o seu subtom não é tão definido, procure por produtos que fiquem entre o fundo rosa e amarelado.

Jourdan Dunn
Foto: Jourdan Dunn

8. Não consegue decidir entre dois tons? Prefira sempre o mais claro. É só igualar com a cor da sua pele com um pouco de bronzer ou até contorno em algumas áreas. Você pode até misturar umas gotinhas da base escura ao seu hidratante para diluir a cor, porém, o efeito também é alterado. 

Nicola Peltz
Foto: Nicola Peltz

9. Misture! A sua base ficou iluminada demais? Que tal pingar algumas gotinhas de outra com efeito matte? Isso também vale para tons e subtons errados, é só mesclar com alguma outra cor para equilibrar. Assim, você consegue reunir os pontos positivos de todas as bases. 

Deixe um Comentário
Você também vai gostar
Fechar aviso