13 dicas para não errar na hora de comprar em brechós

por Giulia Coronato

Comprar em brechós e garimpar peças vintages pode ser uma tarefa e tanto para quem não está acostumada a enfrentar lugares pequenos com amontoados de roupas. Garimpo é quase uma arte e precisa de aperfeiçoamento para chegar a perfeição.

Se você é "garimpeira" de primeira viagem, não se preocupe! Nós convocamos as look stealers que são mais chegadas em brechós para te dar várias dicas e técnicas para não errar na hora de ir atrás de peças vintages e únicas. Vem ver:

It girls - Calça - Brechó - Inverno - Street Style
Foto: (Reprodução/Pinterest)
Aline Santos  - Brechó - Dicas - Inverno - Street Style

"Ter um olhar para identificar peças estilosas mesmo em brechós bagunçados. Olhar cada cantinho e tirar um dia só para garimpar com calma, pois os verdadeiros "tesouros" sempre são os mais escondidos. Gostou da peça, mas não tem certeza se vale aquele valor (em casos de brechós mais caros)? A dica é avaliar a condição da peça, tecido e/ou marca. Não desista por conta de uma costura solta, se a peça valer a pena vale comprar mesmo precisando de alguns reparos."

Bruna Lys - Brechó - Dicas - Inverno - Street Style

"1. Básico: ir com tempo! um bom garimpo precisa ser sem pressa e como um momento de diversão.

2. Eu pego tudo que me agrada para garantir que não vou esquecer nenhuma peça e quando andei por tudo, começo a filtragem: encosto em um canto do brechó e começo a seleção - olho novamente, avalio se a peça é versátil, se combina com as roupas que tenho e, claro, se serve em mim/não possui defeitos que faça não valer a pena."

Catharina Dieterich - Brechó  - Dicas - Inverno - Street Style

"1. Mantenha o foco: tenha uma lista de peças que você precisa e sempre comece o garimpo pelas araras das respectivas categorias.
2. Se a divisão for por tamanho (normalmente de sapatos), nem perca tempo olhando o que não serve em você, pois pode gerar muita frustração.
3. Entenda que peças vintage são únicas e são usadas (na maioria das vezes). Não se apegue a pequenos defeitos, como manchinhas, isso pode fazer da peça ainda mais especial!" 

Claudiana Ribeiro - Brechó - Dicas - Inverno - Street Style

"Ver potencial, nem sempre em um amontoado de roupas você vê potencial na peça. Sempre avaliar se é algo que você precisa, se realmente vai usar ou até mesmo se tem concerto/ajustes. 
Eu gosto muito de brechó, maior parte das minhas roupas são e só compro realmente o necessário e que eu sei que vou usar e que tenha o mínimo possível de ajustes."

Giulia Coronato - Brechó - Dicas - Inverno - Street Style

Minha dica é sempre olhar o avesso da peça para ver o estado do acabamento e pesquisar por inspirações antes, para não se frustar ao procurar algo que seja muito difícil de encontrar! É normal peças mais antigas estarem com defeito no zíper, mas é super fácil de consertar, então não se assuste. Agora para comprar peças de brechós e aumentar sua vida útil, é combinar sua peça vintage com algo bem atual e fashionista.

Paloma Baleiro - Brechó - Dicas - Inverno - Street Style
"Vá sem expectativas e se surpreenda com o que achar! Hoje eu gosto mais dos brechós que garantem peças de décadas passadas (quanto mais antiguinho, melhor) e gosto de ir direto naquelas que possuem um shape mais amplo, que aí os ajustes ficam mais fáceis e não me desaponto de não servir. Dê sempre uma segunda chance, prove e teste alguns truques como amarrações, e combinações que você pode fazer, acredite, você vai achar uma modelagem e tecidos resistentes ao tempo e tendências!"
Joana Sonder - Brechó - Dicas - Inverno - Street Style

- Não comprar sem experimentar. mesmo que seja baratinho, qualquer peça pode ficar muito diferente ao vestir e aí não vale a pena se você não usar, porque o barato sai caro!

- Se a peça estiver com aspecto muito antigo, é legal perguntar pros atendentes se existe algum cuidado específico que eles recomendam ter. Normalmente quem trabalha em brechó sabe muito sobre a manutenção das peças (principalmente sapatos!)

- Cores diferentes, estampas malucas e jeans perfeito: mesmo que seja maravilhoso e pareça muito mega único e imperdível, melhor é pensar se você realmente vai usar aquilo. De novo: O barato sai caro se vai comprar pra ficar parado no armário!

FOLLOW US ON instagram

Deixe um Comentário
Você também vai gostar