5 dicas para priorizar sua saúde mental no trabalho e no cotidiano

por Giulia Coronato

Nos últimos anos, o termo burnout foi tópico constante nas rodas de conversa e começou a ser discutido mais do que nunca na comunidade médica. A síndrome de burnout é um distúrbio psiquiátrico caracterizado pelo estado de tensão emocional e estresse provocados por condições de trabalho desgastantes. Ela caracteriza um esgotamento extremo e tem ficado cada vez mais comum. Apesar de ser uma doença e necessitar de cuidados médicos, priorizar a saúde mental no trabalho é uma forma prática de diminuir o estresse no dia a dia e prevenir um burnout futuro. 

Portanto, precisamos falar sobre como manter um ambiente de trabalho saudável, ou melhor, como ter uma relação saudável com sua profissão, equilibrando com outras partes da sua vida, sem dar mais atenção a uma ou outra. Para te ajudar, trouxemos 5 dicas práticas de como manter a saúde mental no trabalho intacta, para fugir do burnout e ser mais bem sucedido, independente de como você caracteriza isso:

LEIA MAIS

Precisamos falar sobre a síndrome de burnout 

It girls - saúde mental no trabalho - saúde mental no trabalho - Inverno - Street Style  - https://stealthelook.com.br
Foto: Anne Laure (Reprodução/Instagram)

faça pausas

Ser produtivo e trabalhar bem não é sinônimo de não descansar, ou de não fazer pausas durante o dia. Descansar é uma parte imprescindível para trabalhar bem e de forma saudável, por isso, durante o seu dia, faça curtas pausas - além do horário de almoço! - para acalmar a mente e voltar ao foco. 

preze por uma boa relação com os colegas

Quando falamos de um trabalho presencial, passamos mais tempo com nossos colegas de empresa do que com nossas famílias, por isso, para manter a saúde mental no trabalho em dia é importantíssimo ter uma boa relação com as pessoas que você trabalha. Imagina só passar mais de 8h por dia com colegas que você não respeita ou não tem no mínimo uma singela amizade, com certeza é um estresse a mais. Então, seja você novo na empresa ou um veterano, chame as pessoas que trabalham com você para almoçar, para um bate papo ou até um happy hour! Uma boa relação com os colegas de trabalho vai - além de ser ótimo para sua saúde mental - melhor a qualidade da sua entrega e sua disposição para a ida ao escritório. 

peça ajuda

Pedir ajuda é um grande desafio para a maioria dos profissionais, admitir que está com dificuldades e que precisa do outro para terminar algo é super difícil para a maioria das pessoas, que acaba fazendo tudo sozinha e chegando em um nível extremo de esgotamento físico e mental. Portanto, para priorizar sua saúde mental no trabalho e no seu cotidiano também, aprenda a pedir ajuda quando precisar! Nada de ser orgulhosa e querer resolver tudo por si! 

tenha uma vida fora do trabalho

A qualidade de nossas entregas e da nossa saúde mental no trabalho está estritamente ligada com a vida que temos fora dele. Ter hobbies, praticar atividades físicas, fazer passeios que gosta são coisas necessárias para manter uma vida saudável, além de que, a vida é muito mais do que trabalhar, então nada de passar os dias só trabalhando e pensando no que vai fazer no dia seguinte no escritório, vai viver! 

coloque limites

Provavelmente o tópico mais importante para quem não quer prejudicar a saúde mental no trabalho. Por limites, de horário, de tarefas e de recursos é inegociável! É claro que há dias em que vamos precisar fazer horas extras, assumir outras responsabilidades, mas isso não deve ser uma regra e você deve ter a confiança em dizer “não”, quando realmente não puder fazer algo. Não tente abraçar o mundo ou ache que consegue resolver tudo em duas mãos. 

LEIA MAIS 

5 dicas para ter uma relação saudável com o trabalho

Você também vai gostar