8 Erros de make que você precisa parar de cometer

por Lara Lincoln

Nós vivemos buscando maneiras de tornar nossa rotina de make mais prática, seja apostando naquele pó translúcido que faz a maquiagem durar mais, aprendendo maneiras de aplicar certo produto para uma finalização mais profissional ou até mesmo jeitos mais práticos de fazer aquele penteado bafo do red carpet, né? 

E como tudo é uma questão de tentativas, acertos e erros, às vezes pensamos estar fazendo um super truque de make, quando na verdade estamos apenas prejudicando o resultado final. Errinhos como assoprar o pincel, esquecer de tratar os lábios, ou perder a mão na hora de preencher as sobrancelhas são super fáceis de cometer, mas não se preocupe, estamos aqui exatamente para te salvar. Selecionamos 8 erros que você precisa parar de cometer já e te damos a solução de cada um deles. Olha só: 

pincel

1. Assoprar o pincel para tirar o excesso: Parece super inocente, mas pode ser uma atitude super perigosa. Quando você assopra a ferramenta, acaba deixando um pouco de saliva entrar em contato com o material. E isso faz com que o produto em pó seja afetado, deixando o resultado nada homogêneo.

Bella Hadid
Foto: Bella Hadid

2. Perder a mão na hora de desenhar a sobrancelha: todo cuidado é pouco quando o assunto são sobrancelhas. Assim, você não precisa ficar toda trabalhada em preencher todo o arco. Analise as falhas principais para entender onde o pigmento é necessário e só então foque em usar o pincel de leve nessas partes. Além disso, siga o shape natural das suas sobrancelhas, caso contrário o efeito fica super fake.

Katy Perry
Foto: Katy Perry

3. Escolher o subtom de base errado: esse é um dos erros mais comuns no mundo beauté. Muitas vezes escolhemos a base apenas por parecer de boa qualidade ou ter a cobertura específica desejada para aquela make bafo. Mas saber o seu subtom é essencial para que o resultado fique homogêneo. Como? Observe a parte interna de seu antebraço, mais especificamente suas veias. Se elas forem azuladas ou roxas, então seu subtom é frio, e você deve procurar por bases de tons amarelados. Já se elas forem esverdeadas, o subtom é quente e na hora de comprar a base, escolha produtos com fundo rosado. Fácil né?

Base
Foto: Josephine Skriver

4. Exagerar no pó: não precisamos nem dizer que o pó veio para salvar nossas vidas né? Ele finaliza a maquiagem de forma homogênea e ainda nos deixa longe daquele visual oleoso. Mas passar pó demais no rosto pode deixar a make craquelada como um todo, além de deixar os poros ainda mais em evidência e fazer com que você pareça um fantasma nas fotos. O segredo para resolver esse dilema é sempre aplicar com um bom pincel próprio para o rosto ou com uma esponja úmida, que não deixe excessos.

foto

5.  Deixar os cuidados com os lábios de fora antes de aplicar o batom: se você é daquelas que termina de preparar a pele e já corre para pegar o batom, saiba que está fazendo isso errado. Além de diminuir a duração do produto, aplicá-lo diretamente nos lábios sem nenhum preparo equivale a não higienizar e hidratar a pele antes de passar uma base. Para não esquecer jamais: primeiro escolha um bom esfoliante específico para os lábios e o aplique na região, massageando levemente com os dedos. Retire o excesso e logo em seguida passe um bom hidratante labial. Novamente retire o excedente e só então aplique o batom.

perfume

6. Esfregar um pulso no outro após aplicar o perfume: muitas pessoas costumam praticar esse ato pensando que isso ajudará a espalhar a fragrância pelo corpo e ainda fixará o perfume. Mas esse pensamento está para lá de errado. Esfregar a pele logo após o uso faz com que as moléculas do produto se quebrem, alterando a fragrância em si e diminuindo o tempo de fixação.

cilios

7. Mergulhar o pincel mais de uma vez no tubo de máscara para cílios: é super comum que a gente molhe a varinha de máscara para cílios mais de uma vez no tubo, procurando aproveitar o máximo da fórmula, né? Mas o ato é errado porque exatamente esse movimento manda oxigênio para dentro da embalagem e resseca o conteúdo ao longo do tempo. O ideal é molhar o pincel apenas uma vez e fazer várias aplicações.

rimel

8. Aplicar rímel sem selar o corretivo: o corretivo muitas vezes conta com uma textura mais cremosa, o que faz com que ele seja mais aderente à outras texturas. Assim, antes de aplicar aquela camada de máscara para cílios, não se esqueça de finalizar o corretivo, ou selá-lo com um pó translúcido, para que o produto mais escuro não "carimbe' a área abaixo dos olhos.

Você também vai gostar