As mudanças no mercado da moda pelo olhar do Dando Baumgartner, fundador da WAY Model

por The Look Stealers

Dando Baumgartner é um dos maiores nomes brasileiros responsáveis por gerenciar carreiras de super modelos, e trabalha na área há 23 anos. Ele fundou a WAY Model, uma das maiores agências do Brasil, que atua há mais de 12 anos no mercado da moda nacional e internacional, e que conta com nomes como a top model Carol Trentini, que desfilou para a Givenchy na Semana de Moda de Paris, que aconteceu neste domingo (03).

O Dando foi um querido e nos concedeu uma entrevista no backstage da campanha de Mundo Moda Magalu, nos contando um pouco sobre suas experiências de vida e de trabalho, além de dar algumas dicas para quem quer realizar o sonho de ser modelo. Nossa editora-chefe, Aline Santos, conduziu a entrevista e trouxemos todo o material para te deixar mais próxima desse lado tão importante na moda, vem ver:

Anderson Baumgartner - way model - entrevista - dando way - brasil - https://stealthelook.com.br
Foto: Anderson Baumgartner (Reprodução/Instagram)

_o mercado de moda mudou

Hoje vemos uma diferença positiva no cenário da moda, inclusive nas passarelas: a diversidade, tanto em tipos de corpos, quanto em etnias que estão mais presentes. Isso é importante, porque uma vez que temos um país com pessoas tão diferentes, elas precisam se enxergar em campanhas e nas passarelas. Dando comenta: "Trabalho há 23 anos com agência de modelos e nunca tive um casting tão seleto como tem hoje. O mercado está se abrindo”.

_o segredo do sucesso

O fundador da WAY Model sempre sonhou em trabalhar com agências de modelos: “através de realizar meu sonho, hoje eu realizo o sonho de meninas e meninos também”. E para fazer com que o sonho de modelos se tornem realidade ele dá a dica: para fazer sucesso, a personalidade também é um peso, se antes este ponto tinha 70% de relevância, hoje 90% dos fatores para a escolha é por causa da personalidade, 10% são por causa do perfil de modelos, hoje estamos atrás de pessoas interessantes e não mais de um padrão.

_áreas que a way model abraça

A WAY Model abraça todos os tipos de corpos e pessoas, influencers, supermodelos, modelos plus size, mulheres e homens trans, pessoas com cicatrizes, como a Giulia Dias que tem uma cicatriz no rosto, por causa de um acidente que sofreu quando criança, e ter o rosto dela estampado numa campanha nacional de beleza é “quase um carinho na alma”, diz Dando.

Sempre quis ter modelos plus size na minha agência, sempre ouvi ‘por que vocês só fazem fotos e campanhas para pessoas magrinhas?’ e não tinha o que responder. Hoje temos diversidades: vários corpos e alturas."

_influencers

É preciso estar atualizado com o mundo, com isto, Dando decidiu incluir influencers em castings: “Vamos oferecer, para o mercado, perfis que eles buscam. Comecei a perceber junto com a onda, eu e meu time tentamos ser muito atuais com tudo que acontece, porque a mudança faz parte de algo que a gente busca ter, a gente briga para ter, a gente quer que tenha.

_mídias sociais no mundo da moda

As mídias vieram para o bem e para o mal, hoje não existe um trabalho que o cliente não peça a conta do Instagram dos modelos. As redes sociais viraram parte do book. Funciona para o bem e para o mal, porque pode ser que uma pessoa talentosa não tenha uma presença significativa na rede e ela pode perder o job para alguém que tenha mais. Não existe o conceito de “não estar ativa” nas redes hoje, elas são prioridades no trabalho deles.

_perder job por causa de posts?

“Hoje não acontece mais, porque eu tenho um departamento que está o tempo todo ajudando e aconselhando, mas já aconteceu, já tive uma modelo que perdeu uma campanha, porque ela postou uma foto fumando anos atrás. Hoje a gente fica em cima, a gente ajuda, a gente ensina”.

_qual dica você dá para alguém que sonha em seguir a carreira de modelo?

“Vá atrás de uma agência séria, hoje, com a tecnologia, é mais difícil ser enganada, porque isso acontecia. Hoje não tem como não ter acesso às melhores agências, porque está tudo aqui na sua frente. Em 2019, lancei uma seletiva que chama The Model Way, que a pessoa não sai de casa, ela faz um vídeo e posta no instagram, e a gente olha para essa pessoa. Ano passado subimos 10 novas pessoas com The Model Way sem sair de casa. Postaram o vídeo, analisamos e hoje temos 10 novas modelos.”

E aí, a história do Dando Baumgartner e da WAY Model te inspirou de alguma forma? Conta pra gente.

Deixe um Comentário
Você também vai gostar