Comecei a usar aparelho transparente e esse foi o resultado

por Giovana Marcon

A minha história com aparelhos ortodônticos começou cedo - e nem perto de um aparelho de dente transparente. Tudo começou quando vi minha irmã mais velha sofrer e odiar com todas as forças seu aparelho fixo. Desde então, sempre me preocupei e não queria de jeito nenhum passar por isso. Até que o fatídico dia chegou. Quando eu tinha 16, 17 anos, estava prestes a me formar no ensino médio e a minha dentista me indicou o aparelho.

Era só nos dentes de baixo, mas ainda assim, não foi a minha experiência de vida favorita. Quem já usou, sabe que é doloroso, difícil de se adaptar e precisa de manutenção constante - além dos fios que, às vezes, soltam e furam sua bochecha. Mas, sabia que era necessário - e, em muitos casos, é a única solução - então encarei o desafio que durou aproximadamente seis meses até eu desistir e implorar para a minha dentista arrancar aquilo dos meus dentes. Eu preferia ter alguns dentes desalinhados do que passar por aquilo.

como funciona o aparelho transparente invisível  - como funciona o aparelho transparente invisível  - como funciona o aparelho transparente invisível  - como funciona o aparelho transparente invisível  - como funciona o aparelho transparente invisível  -
Foto: @smilink (Reprodução/Instagram)


Dez anos se passaram e aos 27, os “dentes tortos” começaram a me incomodar com mais frequência. Muito por trabalhar com a minha imagem aqui no STL e por tirar muitas fotos. Eu não gostava de sorrir com os dentes e todos que tiravam fotos minhas sempre me pediam para sorrir mais - e eu sempre me recusei, porque não me sentia 100% segura com o meu sorriso.

Até que surgiu a Smilink na minha vida e tudo mudou! Claro que eu já conhecia o tal aparelho de dente transparente, mas confesso que nunca tinha passado pela minha cabeça fazer esse tratamento até conversar com os profissionais da marca. 

_ok, mas o que são esses aparelhos transparentes da Smilink?

Em termos técnicos, “o tratamento com o aparelho de dente transparente Smilink - também conhecidos como aparelhos invisíveis - é realizado com uma sequência de placas transparentes, removíveis e termoplásticas. As placas são produzidas com tecnologia CAD (desenho do novo sorriso feito em um software no computador por um dentista) e CAM (produção dos modelos das placas do tratamento guiadas por computador), que ampliam a precisão dos movimentos ortodônticos necessários e garantem mais estética do que os aparelhos tradicionais com bráquetes.”

_a primeira consulta

Com um atendimento totalmente adaptado à pandemia, a primeira consulta com os dentistas da Smilink é via videoconferência. É mais um papo para eles entenderem seus objetivos e necessidades com o tratamento através dos alinhadores transparentes.

Antes disso também enviei algumas fotos detalhadas do meu sorriso, então você chega na primeira consulta e eles já têm uma noção do seu problema. E depois desse papo, que é super tranquilo e leva menos de 30 minutos, é agendada a primeira consulta presencial.

_a primeira ida ao consultório da Smilink

Seguindo todos os protocolos da OMS, a primeira consulta presencial é para exames clínicos e fichamento do paciente. Começamos com um raio-X da arcada dentária, para uma melhor visão do problema e detectar possíveis cáries (eu tinha um total de zero cáries, YAY).

Depois seguimos para o escaneamento digital que, ao contrário do clássico molde de gesso que fazemos antes de colocar o aparelho fixo, é zero desconfortável e sem bagunça. É literalmente um aparelhinho que escaneia sua arcada dentária e faz o diagnóstico completo e planejamento em 3D, que permitem que o ortodontista analise cada detalhe do seu sorriso. 

A partir disso vem o plano de tratamento, que prevê os movimentos que os dentes precisarão fazer para atingir o resultado desejado. Tudo isso é definido pelos ortodontistas da Smilink juntamente a um software super moderno - ou seja, super seguro e tecnológico! O planejamento final, realizado pelo ortodontista, é enviado para a produção 3D onde será impressa a sequência de alinhadores transparentes personalizados que ficam prontos em poucos dias.

antes e depois do aparelho transparente invisível - antes e depois do aparelho transparente invisível - antes e depois do aparelho transparente invisível - antes e depois do aparelho transparente invisível - antes e depois do aparelho transparente invisív
Foto: Tela do escaneamento 3D com simulação de antes e depois (Smilink)

_troca de plaquinhas do aparelho invisível e manutenção

Depois de todo esse fichamento e diagnóstico, é preciso voltar ao consultório alguns dias depois para buscar a primeira leva de plaquinhas alinhadoras. Nessa primeira vez, o ortodontista explica como colocar e remover corretamente as plaquinhas, que devem ser usadas de 20 a 22 horas por dia, removendo apenas para refeições e higienização. Alguns pontos de resina são colocados em dentes estratégicos para otimizar o processo e desgastes entre os dentes podem ser necessários, mas é tudo indolor e imperceptível. 

Minha primeira leva foi com quatro alinhadores diferentes, todos devidamente identificados com as minhas iniciais e numerados com a ordem correta de uso. A troca do aparelho invisível é feita em casa mesmo, a cada duas semanas, então são dois meses que você não precisa voltar ao consultório. Quando as próximas levas ficam prontas, a própria Smilink envia um e-mail lembrando e com as orientações para a próxima consulta presencial. Dependendo do nível em que está o tratamento é preciso fazer novos desgastes para que os dentes se movimentem com mais facilidade, mas isso é o máximo de manutenção que o processo exige (no meu caso, pelo menos). E claro que, se ocorrer qualquer problema ou urgência, a equipe da Smilink te atende online prontamente e, caso seja necessária uma consulta presencial, ela também é agendada com rapidez.

_final do tratamento

O meu tratamento durou no total sete meses e tive 12 alinhadores. Para mim, foi um processo muito tranquilo e sem muitos problemas - o único incômodo foi nos primeiros dias, quando estava me adaptando às plaquinhas. Depois de um tempo, você nem lembra que ela está lá (só prestar atenção e não comer ou beber nada além de água com elas na boca). Estou muito satisfeita com o resultado e impressionada - tanto por ter sido totalmente indolor, quanto pelo acompanhamento cuidadoso dos ortodontistas da Smilink.

No pós-tratamento você recebe em casa a contenção, que é como uma plaquinha definitiva que vai garantir que os resultados não regridam - é preciso usá-la continuamente por seis meses e, depois desse período, para dormir. E também tem o kit de clareamento, que fecha tudo com chave de ouro para o sorriso ficar mais bonito.

antes e depois do aparelho transparente invisível - antes e depois do aparelho transparente invisível - antes e depois do aparelho transparente invisível - antes e depois do aparelho transparente invisível - antes e depois do aparelho transparente invisív
Foto: Agosto de 2020 vs. Março de 2021 (Giovana Marçon)

_preço do aparelho invisível e vantagens

O preço do meu tratamento, contratado em julho de 2020, foi de aproximadamente R$ 4 mil - e comparado com marcas concorrentes, é muito mais em conta! E entre as vantagens de aderir ao aparelho de dente transparente, estão:

> Eles são literalmente invisíveis! Se eu não dissesse, ninguém percebia que eu estava com os alinhadores;

> Não sentir dor;

> Poder remover o aparelho sempre que precisar (para comer o que quiser ou fazer aquela selfie pro Instagram);

> A fácil manutenção e higienização dos alinhadores;

> Não impactam na fala e não machucam o interior da boca pois são totalmente lisos;

> A previsibilidade da duração do tratamento + simulação do resultado final logo nas primeiras consultas!

Se você acompanhou toda a minha saga pelo Instagram e também quer fazer uma avaliação com a Smilink, é só agendar aqui.

aparelho invisível são paulo - aparelho invisível são paulo - aparelho invisível são paulo - aparelho invisível são paulo - aparelho invisível são paulo - https://stealthelook.com.br
Foto: @smilink (Reprodução/Instagram)

Vale lembrar que cada caso é um caso e que, não, meus dentes não estão perfeitos, mas estão do jeito que eu gostaria. É importante ter em mente que o tratamento vai muito além da estética e que os resultados nem sempre serão como você imaginou, mas que esse é o seu único e melhor sorriso!

STEAL THE LOOK ON instagram

Deixe um Comentário
Você também vai gostar