PUSH - compre agora seu ingresso

Como fui pra Europa e fiquei 20 dias gastando menos de 6 mil Reais

por The Look Stealers

Em janeiro deste ano desembarquei pra uma das maiores aventuras da minha vida! 22 dias na Europa sozinha com a intenção de não voltar no vermelho! O desafio? Controlar as finanças no lugar conhecido por viagens luxuosas e caras, coisa pra gente chic? Claro que não! Vou te contar como fiquei mais de 20 dias na Europa gastando menos de 6 mil reais.

 
Como tudo começou? Eu sempre amei viajar e por isso meu instagram é tomado por contas de viagens que sempre anunciam promoções de passagens aéreas, três trechos por 1.976 reais. Foi assim, no susto que escolhi os destinos e a data da viagem: Paris, Roma e Amsterdam. 
Isabella Aredes - 20 dias na Europa - mochilão - inverno - Europa
Das coisas que se resolvem antes da viagem eu só me preocupei com o seguro saúde, que é obrigatório para qualquer viagem pra Europa. Para os 22 dias, eu gastei R$ 288,27. O dinheiro fui comprando aos poucos, sempre que achava vantajoso. Dizem que é a melhor forma de trocar moedas. Levei uma pequena parte em espécie e o resto em cartão pré-pago, tenho um super histórico de perder coisas, escolhi não arriscar - dito e feito, faltando quatro dias para voltar pra casa, perdi meu cartão com 100 euros -.
 
Passagens compradas, dinheiro trocado e seguro saúde garantido só me restava um lugar para ficar. Escolhi ficar em hostels, além de ser muito mais barato, acho a melhor opção pra quem viaja sozinha, já que tenho super medo de AirBnb.
Isabella Aredes - 20 dias na Europa - mochilão - inverno - Paris
Foto: Reprodução (Isabella Aredes)
Em Paris Fiquei no St Christopher's Gare Du Nord, seis diárias custaram 557,64 reais e como eu reservei pelo site do hostel ganhei café da manhã de graça! (Fica a dica, sempre que for reservar Hostels, compre sempre pelo site da empresa, além do valor ser sempre o menor, você ganha vários descontos). Amei MUITO a estadia, além da região ser super fofa e movimentada, o hostel tem um café da manhã muito bom, é super limpinho, tem festa todos os dias e fica 5 minutos a pé do metrô. Falando em transporte, o metrô da cidade é INCRÍVEL e você consegue conhecer tudo por ele. Ponto positivo pra quem não quer gastar muito dinheiro com transporte, né? Para uma semana comprei o pacote de dez bilhetes por 14,90 euros, que convertendo fica mais ou menos 70 reais. 
 
A alimentação é super pessoal, eu não como muito durante o dia e gastei em média de 15 euros por dia, preciso confessar que apesar de amar os crepes e macarons, eu não amei os lugares que comi em Paris, achei OK, nada especial. 
 
Pra quem ama turistar, Paris é incrível por ter vários lugares maravilhosos que não cobram entrada: Galerie Lafayette, Rio Sena. Merci (uma lojinha SUPER legal que a Catha me indicou) Montmartre, Sacré-Coeur,Trocadero, Belleville e mais um milhão de lugares maravilhosos que ficarão pra outro post.
Isabella Aredes - farmácia - mochilão - inverno - Paris
Foto: Reprodução (Isabella Aredes)
Roma, minha cidade favorita do roteiro tem a melhor comida da vida! Não da pra não comer o dia inteiro. A vantagem é que dá pra balancear e andar muito a pé hahaha! Calorias queimadas com sucesso! A cidade é super linda e fica fácil de andar por tudo. Fiquei no Yellow Hostel, um dos mais famosos da cidade, fica pertinho de tudo, é limpinho, confortável e muito barato. Para as 6 diárias gastei 379 reais. Dessa vez comprei bilhetes individuais e andei muito a pé, gastei 6 tickets de metrô que me custaram 1,50 cada, somando com o transfer do aeroporto 7 euros o trecho, gastei 100 reais com transporte.
 
Comida italiana sempre foi meu ponto fraco, tiveram alguns momentos em que eu quis, de coração, ter dois estômagos para conseguir comer tudo que queria.. Me planejei para conhecer a maioria dos mercados de rua que conseguisse: além de venderem alimentos frescos, os mercados de Roma são mais baratos que restaurantes turísticos e nem por isso deixam de ser incríveis. Em Roma, gastei em média 20 euros por dia comendo, que convertendo dá mais ou menos 570 reais (os mais bem gastos da viagem). 
Isabella Aredes - 20 dias na Europa - mochilão - inverno - Roma
Foto: Reprodução (Isabella Aredes)
Em Amsterdam aconteceu uma das maravilhas de viajar sozinha: uma mudança de planos radical. Fiquei dois dias em Amsterdam, hospedada no Wow Hostel, que apesar de super limpo e organizado, moderno (com o café da manha incrível, vale lembrar) fica longe do centro de Amsterdam e eu acabei não amando, paguei 130 reais pelas duas diárias. Para chegar do aeroporto e andar de ônibus pela cidade, gastei 70 reais, Amsterdam tem o transporte mais caro de todas as cidades que visitei, então vale SUPER ficar bem pertinho do centro.
 
As mudanças de planos ficaram por conta da Ambiente Fair: a maior exibição consumer goods do mundo, que acontece em Frankfurt. Peguei um ônibus para Alemanha e paguei 50 euros ida e volta, 236 reais: te amo flixbus
 
De Volta para Amsterdam, fiquei no Pig Fly Hostel, dessa vez pertinho do centro e amei! O Staff é super legal e as instalações são OK. Paguei 107 reais nas últimas duas diárias da viagem. Como o hostel é MUITO bem localizado não gastei com transporte nesses dois dias. 
 
Não amei a culinária de Amsterdã e nem de Frankurt. Em Amsterdã comi muita batata frita e Waffles e em Frankfurt me alimentei de Kebab. Mesmo não sendo deliciosa, a comida é bem mais barata que Roma e Paris, os gastos ficaram em torno de 15 euros por dia, mais ou menos 420 reais.
Isabella Aredes - 20 dias na Europa - mochilão - ambiente fair - Frankfurt, amsterdam
Foto: Reprodução (Isabella Aredes)

Somando tudo (inclusive a Ambiente Fair) gastei 5.834,63. Se você transformar os 100 euros que gastei indo na feira em compras, você além de conhecer muitas coisas legais, consegue voltar com a mala cheia!

O que acharam desse tipo de viagem? Ficaram com alguma dúvida? Me contem tudo nos comentários! beijos :)

STEAL THE LOOK ON instagram

Deixe um Comentário
Você também vai gostar