De diretora de multinacional a consultora Mary Kay: conheça a história de Lu Valencia

por The Look Stealers

O que mais pode querer uma mulher que atinge um cargo de liderança em uma multinacional? Pode e deve querer muito mais, não acham? A realização profissional vai além de atingir um alto cargo. Para muitas de nós mulheres, sucesso significa conseguir doar a mesma quantidade de tempo para carreira e família, por exemplo. E essa é a história da colombiana, Lu Valencia, que é consultora de beleza independente Mary Kay.

Lu Valencia - beleza - Mary Kay - maquiagem - consultoras - https://stealthelook.com.br
Foto: Lu Valencia (Reprodução)

Lu tem uma trajetória de muitas lutas, o que deixa tudo mais interessante e cinematográfico também. A menina de família humilde chegou ao Brasil aos 8 anos de idade. Sempre escutava seus pais falarem ''Não temos, não podemos e, se sobrar, veremos o que conseguiremos.'' Ela sabia desde nova que não queria uma vida de escassez, e sabia ainda que pra fugir disso teria de se dedicar muito aos estudos. Esse seria o passe para a liberdade financeira que sempre sonhou. Trabalhou muito, bancou seus estudos em uma universidade de São Paulo onde cursou publicidade e chegou tão longe quanto imaginava a jovem estrangeira. 

O que não passava pela cabeça da Lu era casar e ter filhos, pois o foco dela sempre foi a carreira. Mas ela se apaixonou. Casou e 60 dias depois o marido pediu o divórcio. Ela conta que ele não queria alguém que parecesse uma visita em casa,e Lu, como diretora de marketing de uma grande empresa francesa, passava boa parte da sua rotina viajando, indo a eventos, trabalhando 14 horas por dia. Foi nesse momento que ela se viu tendo de parar e recalcular a rota. Ela queria aquele relacionamento e pediu uma chance. Foi quando lembrou daquela marca de maquiagens que conhecera nos Estados Unidos em uma de suas viagens a trabalho: "Pesquisei se tinha no Brasil, liguei para um 0800 e disse que queria representar a empresa no país." Mal sabia a Lu que, além de já estar estruturada no Brasil, ela iniciaria sua carreira ao lado da Mary Kay como consultora de beleza independente, vendendo os produtos e iniciando outras vendedoras.

Lu Valencia - beleza - Mary Kay - maquiagem - cosméticos - https://stealthelook.com.br
Foto: Lu Valencia (Reprodução)

Em 2007, no ano que ganhou seu primeiro filho, Lu tomou a decisão de fazer carreira na marca de beleza. Sofreu muito preconceito de pessoas próximas. ''Tadinha,, de diretora de multinacional a vendedora de maquiagem'', conta Lu sobre o que falavam à época. Ela seguiu focada sem ligar para o que os outros pensavam a seu respeito. Lu criou um workshop para levar a algumas empresas para falar com outras mulheres sobre autoestima e imagem pessoal. Não tinha custo, mas no final ela vendia os produtos Mary Kay. Era um sucesso, assegurou ela. E assim começou sua carreira no mundo da beleza. ''Nesse setor não tem crise. Que mulher deixa de comprar maquiagem ou produto pra pele? Nenhuma''.  Com o sucesso que ela teve aqui no Brasil, a MK a convidou para abrir mercado na Colômbia e no Peru (2015 e 2017 respectivamente) e hoje ela tem times de consultoras nesses dois países e, também, na Espanha.

Lu Valencia - cosméticos - Mary Kay - maquiagem - beleza - https://stealthelook.com.br
Foto: Lu Valencia (Reprodução)

Lu conta que se sente muito realizada. Ela segue com o marido com quem teve dois filhos o Lorenzo e o Pietro, viaja por 10 dias para a turnê com a marca e depois fica 3 meses em casa. Faz sua siesta de 30 minutos todos os dias após o almoço, rigorosamente, e toma uma tacinha de vinho à noite com o companheiro. Tem tempo para a família, para o trabalho e leva a vida de forma leve e extrovertida. E isso ela afirmou que não tem preço. Mesmo assim, ela conseguiu conquistar um ótimo salário, tão bom como o que tinha antes e foi além: ''Hoje tenho um propósito. Trabalhar com autoestima, imagem, beleza, empoderar mulheres e ajudar a mudar o ambiente ao redor delas.'' Já são quase 5 mil mulheres em seu time de consultoras. Mas garante que ainda tem um sonho na marca: se tornar diretora nacional Elite. Dos 16 no total, faltam apenas dois níveis pra ela chegar lá. Alguma dúvida que ela vai conseguir? Para conhecer mais detalhes sobre essa história linda, em 2020 Lu Valencia escreveu o livro ''Provocando a sorte'', disponível online. 

Você também vai gostar