Desvendando as tradições de casamento

por The Look Stealers

A cada ano novas tendências de casamento surgem, seja na cor usada no vestido das madrinhas, na decoração, no modelo de vestido ou sapato que está bombando e até mesmo no penteado da noiva. Mas, não importa qual tipo de cerimônia você terá ou tendência pretende seguir, algumas tradições de casamento acontecem em qualquer um e chegamos a achar estranho quando algumas delas não estão presentes. 

A história do casamento é antiga e várias dessas tradições que temos hoje estão presentes há muitas décadas, algumas comuns em vários países, outras típicas brasileiras. Por estarem presentes há tanto tempo em nossa cultura, muitas vezes nem questionamos de onde elas vêm e qual o significado, por isso selecionamos as principais tradições de casamento para você entender tudo e ter ainda mais certeza se elas devem de fato estar presentes no seu grande dia. 

Lolita Jacobs - casamento - tradições de casamento - outono - brasil - https://stealthelook.com.br
Foto: Lolita Jacobs (Reprodução/Pinterest)

_chuva de arroz

A chuva de arroz é uma das tradições de casamento mais fortes no Brasil e existem algumas versões a respeito do seu surgimento, a mais famosa é de que ela foi originada na China. Um mandarim encomendou uma chuva de arroz para o casamento da sua filha, para ser jogada nela e no marido após o casamento, o ato tinha o objetivo de demonstrar a riqueza da família e o amor que o pai sentia pela filha. O conceito usado hoje é parecido com isso, é uma maneira dos convidados desejarem prosperidade à nova família. 

Hoje, a chuva de arroz ganhou novos formatos, como pétalas de flores, bolinhas de sabão e até mesmo sparkles, mas cabe aos noivos escolherem o que combina com seu casamento. Independentemente da escolha para essa tradição , o efeito nas fotos é maravilhoso.

Produtora 7 - casamento - tradições de casamento - inverno - brasil - https://stealthelook.com.br
Foto: Produtora 7 (Reprodução)

_nome na barra do vestido

Quando uma mulher anuncia o casamento para seu grupo de amigas solteiras é instantânea a afirmação, “coloca meu nome na barra”, e mesmo que não se saiba de onde surgiu, esse é um costume presente em todo Brasil. Essa é uma das tradições de casamento que tem como objetivo incluir as amigas solteiras na cerimônia e trazer sorte para que elas também se casem, similar à ideia de jogar o buquê para trás.

Você pode selecionar as amigas que quer abençoar ou aquelas que pedem e pedir para a sua costureira aplicar os nomes em uma fita de tecido na barra do vestido. Se de fato funciona ainda não sabemos, mas com certeza será a alegria das suas amigas.

Erin Trimple  - casamento - tradições de casamento - outono - brasil - https://stealthelook.com.br
Foto: Erin Trimple (Reprodução)

_buquê

A tradição de jogar o buquê para as amigas solteiras surgiu na França, onde antes as mulheres cortavam um pedaço do vestido para presentearem suas amigas e por não acharem legal cortar algo tão simbólico, decidiram então criar outro acessório, o buquê de flores. Após o casamento, a noiva reune as suas amigas solteiras e a amiga que pegar o buquê é a próxima pessoa a casar, segundo a superstição.

O acessório além de trazer um elemento a mais para o visual da noiva, oferecendo cor e personalidade, cria uma maneira de unir ainda mais a noiva e as suas convidadas, já que o momento de jogar o buquê é super divertido e desejado.

Eliana Pires  - vestido de noiva - tradições de casamento - inverno - brasil - https://stealthelook.com.br
Foto: Eliana Pires (Reprodução)

_alianças

A aliança é um grande símbolo da cerimônia e também uma das tradições de casamento que existe há muito tempo. A escolha do anel como símbolo da união é devido ao seu formato de círculo, que representa o infinito, ou seja aquela união será para sempre, sem saber onde se inicia e onde termina. 

Você provavelmente já viu algum noivo questionando em qual dedo usar a aliança de casamento, e o dedo que se usa não é apenas uma determinação sem motivo. A tradição é utilizar a aliança no quarto dedo da mão esquerda, pois antigamente as pessoas acreditavam que ali havia uma veia que ligava direto ao coração e hoje, mesmo que esse mito já tenha sido desconstruído ainda seguimos a tradição. 

Luisa Accorsi - casamento - tradições de casamento - outono - brasil - https://stealthelook.com.br
Foto: Luisa Accorsi (Reprodução/Instagram)

_algo antigo, novo, emprestado e azul

A tradição da noiva possuir um item antigo, algo novo ou emprestado e na cor azul é muito famosa nos Estados Unidos e nasceu com a ideia de trazer sorte ao dia. O acessório antigo deve ser alguma relíquia de família, demonstrando a história de várias gerações, o alguma coisa nova significa a vida que ela está formando, a nova família e a sorte para o futuro.

Já algo emprestado normalmente é de uma amiga próxima e querida, para representar que seus amigos estão presentes nessa etapa e sempre estarão ao seu lado. Por último, o item na cor azul simboliza todos os desejos mais comuns para um casamento, romance, fidelidade e simplicidade.  Por mais que a tradição seja muito forte nos EUA, cada vez mais noivinhas brasileiras têm aderido a essas tradições de casamento.

Rachel - casamento - tradições de casamento - inverno - brasil - https://stealthelook.com.br
Foto: Luisa Accorsi (Reprodução/Pinterest)

_madrinhas

A tradição das madrinhas e padrinhos de casamento possui uma história um tanto quanto peculiar por trás. Hoje, as madrinhas se vestem utilizando a mesma paleta de cores e deixando o destaque para a noiva, mas no passado não era assim. A ideia inicial era de que as madrinhas deveriam se vestir de maneira super semelhante à noiva, para confundir os ex-namorados e espíritos malignos que poderiam estar rondando a cerimônia.

Já a história dos padrinhos surge porque em alguns lugares os homens sequestravam suas esposas, caso a família não aprovasse a união, e por isso a necessidade de homens que os acompanhariam sempre. Eles deveriam ser fortes e ter habilidades de luta para poder lutar contra qualquer pessoa que tentasse impedir a união. 

Hoje, a tradição mudou - ainda bem - e tanto os padrinhos e madrinhas são escolhidos a partir de sua relação com o casal com muita amizade e confiança. São eles os responsáveis por ajudarem os noivos a organizarem o casamento e serem companheiros e conselheiros do novo casal. 

Deixe um Comentário
Você também vai gostar