Dia dos Namorados: o orgulho de amar é para todxs

por Aline Santos

O amor está no ar e tudo o que queremos é celebrar, mas nesse mês não é só no Dia dos Namorados que comemoramos o maior sentimentos de todos. Inclusive, você sabia que junho é dedicado também ao orgulho LGBTQI+? Acreditamos que amar é para todxs e por isso estamos aqui hoje. Convidamos 7 casais que amamos e que nos inspiram para nos contar qual o maior orgulho deles dentro do relacionamento.

Seria impossível trazer esse tema em pauta sem antes falar sobre junho de 1969, que foi marcado por uma série de manifestações que ajudaram a empoderar o movimento LGBT nas décadas passadas. Você já ouviu falar sobre a rebelião de Stonewall? Stonewall Inn era um bar gay de Nova York e entrou para a história por um triste e violento episódio no dia 28 do mesmo mês. A batida policial no local já era rotineira - e se você não sabe, poucos anos antes a homossexualidade era considerada crime nos Estados Unidos - então, qualquer pessoa que estivesse no bar sem uma identidade ou transvestida seria imediatamente levada para a delegacia em uma ato totalmente homofóbico. Mas na noite do dia 28 de junho de 1969, o que parecia ser mais uma visita indesejada da policia se tornou em um confronto e terminou em um grande incêndio. Mesmo com o bar destruído pelo fogo, no dia seguinte uma multidão de pessoas voltaram ao local para protestar e lutar pelos os seus direitos de amar quem e da forma que quisessem, e novamente se foi mais uma madrugada de guerra contra a homofobia. Porém, isso estava longe de acabar e, pelos dias seguintes, diversos protestos começaram a surgir. Um ano após e na mesma data do incêndio e invasão policial no bar Stonewall, as primeiras marchas do orgulho gay pararam as grandes cidades do país norte americano, levantando bandeiras pedindo direitos para gays, lésbicas e trans, e comemorando a data que ficou marcada como a libertação do movimento.

Nós acreditamos que o amor é para todxs e nunca deveria ser motivo de dor ou tristeza. Por isso, a nossa homenagem de Dia dos Namorados e comemoração do mês mais apaixonado do ano é para enaltecer os casais que resistiram, lutaram e mostram a cada dia que passa que amar não é crime, muito pelo contrário, que o orgulho de estar amando é um sentimento que todos deveriam ter, independentemente da cor, gênero ou religião. Love is love! 

Evie Dee e Lívia Elektra  - dia dos namorados - orgulho LGBTQI+ - inverno - em casa - https://stealthelook.com.br
Foto: Evie Dee e Lívia Elektra (@brunolbvidz)


Evie Dee sobre Lívia Elektra

"Nossa cumplicidade infinita, que faz com que a gente consiga passar por qualquer tipo de turbulência e sair dela ainda mais forte, nos amando e nos respeitando ainda mais."

Luanda Vieira e Stephanie Mourad - dia dos namorados - orgulho LGBTQI+ - inverno - em casa - https://stealthelook.com.br
Foto: Luanda Vieira e Stephanie Mourad (Reprodução/Instagram)

Luanda Vieira sobre Stephanie Mourad

"Posso falar dois orgulhos? Com certeza é a falta de regras que nos torna completamente livres e confiantes; e o nosso dom de ser abraço em todos os momentos."

André Ligeiro e Alencar Reinhold - dia dos namorados - orgulho LGBTQI+ - inverno - em casa - https://stealthelook.com.br
Foto: André Ligeiro e Alencar Reinhold (Reprodução/Instagram)

André Ligeiro sobre Alencar Reinhold

"Meu maior orgulho nesse relacionamento foi que o Alencar me transformou em uma pessoa melhor e muito mais saudável. Eu parei de comer carne depois que eu conheci ele, parei de fumar depois de um tempo e com certeza isso refletiu em todos os aspectos da minha vida. Ele veio para me mostrar que eu poderia ser alguém melhor e eu sei que também ajudei ele em outros sentidos. Um completando e acrescentando ao outro."

Myllena Dalla e Thaís Paranhos - dia dos namorados - orgulho LGBTQI+ - inverno - em casa - https://stealthelook.com.br
Foto: Myllena Dalla e Thaís Paranhos (Reprodução/Instagram)

Myllena Dalla sobre Thaís Paranhos

"Meu maior orgulho nesse relacionamento é a liberdade que temos de ser. Ser quem somos genuinamente com outras pessoas e as vezes até com nós mesmos é muito difícil e com ela sempre foi o oposto disso. Tenho liberdade pra ser quem eu sou e caminhar pra ser quem eu quero ser, ela me enxerga, ela me vê, seja meu lado bom, lado ruim, me aceita, me respeita, me admira e me ama, com isso me faz me olhar com mais carinho e enxergar como sou especial. Assim como eu a enxergo e a amo. Do jeito que ela é, com todos os seus erros e acertos. Nos permitimos ser humanas e nos apoiamos e nos amamos por isso. Resumidamente, amo como a gente ama e me orgulho disso."

Maíra Soares e Júlia Agatha - dia dos namorados - orgulho LGBTQI+ - inverno - em casa - https://stealthelook.com.br
Foto: Maíra Soares e Júlia Agatha (Reprodução/Instagram)

Maíra Soares sobre Júlia Agata

"Tenho muito orgulho da gente existir e resistir. Orgulho do nosso amor e companheirismo que a cada dia fica mais forte. Muito orgulho de nós e do que somos. Te amo muito, Júlia."

Leonardo Ignacio e Carolina Renosto - dia dos namorados - orgulho LGBTQI+ - inverno - em casa - https://stealthelook.com.br
Foto: Leonardo Ignacio e Carolina Renosto (Reprodução/Instagram)

Leonardo Ignacio sobre Carolina Renosto

"Eu e a Carol construímos uma relação linda nesses quase dois anos de namoro. Uma relação sempre dialogada, sempre compreensível, flexível, sincera. Uma relação extremamente humana e sensível. Desde que eu comecei a minha transição de gênero, pouquíssima coisa mudou no nosso namoro. Muitas vezes eu até estranhava que tudo fosse tão tranquilo, principalmente por parte dela, achava que em algum momento algum problema teria que aparecer, mas não apareceu. Hoje eu vejo que é óbvio que tava tudo bem: se tudo entre nós dois foi sempre pautado, acima de tudo, pelo respeito às nossas vontades e individualidades, porque que agora seria diferente? Desde que eu me assumi homem trans, pouquíssima coisa mudou entre a gente. Em momento algum o nosso amor teve que se desconstruir, reconstruir, seja lá o que for. Independente de tudo, de todas as mudanças, a gente segue trilhando o nosso caminho pela mesma estrada, pelo caminho onde tantas coisas incríveis já foram construídas. Ela já me disse muitas vezes que sente orgulho pela minha coragem de assumir quem eu sou. Mas essa coragem só surgiu graças ao amor e ao carinho que ela me deu em todos os momentos de apoio. Orgulhoso sou eu de ter muito da Carol na construção diária do Leo. "

Breno Da Matta e Alexandre - dia dos namorados - orgulho LGBTQI+ - inverno - em casa - https://stealthelook.com.br
Foto: Breno Da Matta e Alexandre Makhlouf (Reprodução/Instagram)

Breno Da Matta sobre Alexandre Makhlouf

"Meu maior orgulho é a forma como a gente se comunica, a forma como a gente se escuta. Nossa cumplicidade de ouvir um ao outro é algo que eu queria que o mundo todo pudesse ver e aprender. Amo as palavras simples com significados fortes que você usa pra falar que me ama todo dia."

STEAL THE LOOK ON instagram

Deixe um Comentário
Você também vai gostar