Esses são os melhores documentários da Netflix que eu já assisti na vida

por Giulia Coronato

Começo esse post dizendo que eu sou completamente viciada em documentários. A sessão de documentário ou séries documentais são meu primeiro go to assim que entro na Netflix, por quê cá entre nós, não existe conteúdo mais inspirador e didático do que um bom documentário. E se você, assim como, ama documentários confira só a lista dos melhores documentários da Netflix que eu separei nesse post.

Desde que a plataforma de streaming começou a se dedicar a produzir filmes e séries originais, a variedade e o acesso que temos à documentários dos mais diversos assuntos, aumentou absurdamente e hoje, é possível você se aprofundar no tema que desejar através de uma produção audio visual. 

Como viciada e pseudoespecialista em documentários, eu recapitulei todos as produções que já tinha assistido e selecionei, a partir de minha humilde opinião, quais são os melhores documentários da Netflix, desses que te inspira e te dá vontade se mexer e tomar providências. Vem comigo e prepara a maratona:

It girls - Curta essa - Documetários - Inverno - Street Style - https://stealthelook.com.br
Foto: Curta Essa (Reprodução/Netflix)


Começo a lista dos melhores documentário da Netflix com esse lançamento. A série documental "Down To Earth" ou "Curta Essa" em português, é apresentada pelo ator Zac Efron e pelo autor e podcaster Darin Olien. A dupla viaja o mundo atrás de soluções modernas para problemas antigos, como a produção de alimentos, fontes de energia sustentáveis, o desmatamento e a distribuição de água potável para todos. A série é divida em 8 episódios e tem um formato similar aos programas de viagem do Discovery Channel, mas de uma forma muito mais didática, empolgante e dinâmica. A produção foi lançada mundialmente no dia 10 de julho e durante o momento atual de instabilidade, onde muito se conversa sobre o que será o "Novo normal" e como será o mundo pós-pandemia, é revigorante e estimulante ver as ações sustentáveis e inovadores que pessoas e países inteiros estão tomando para lidar com antigos problemas e tratar o mundo com mais respeito e responsabilidade. Comecei a assistir a série numa segunda-feira e na quarta já tinha terminado. "Down To Earth" é inspiradora e motivadora e nos dá um estalo interno, mostrando o quão urgente temos que mudar nossas atitudes. 

It girls - The Mask You Live In - Documetários - Inverno - Street Style - https://stealthelook.com.br
Foto: The Mask You Live In (Reprodução/Netflix)

O filme de 2015, "The Mask You Live In", mostra a dura realidade de como a criação patriarcal e machista afeta também meninos ao redor do mundo. “Vira homem!”, “Você é um homem ou um rato?”, “VIADO”, “Homem não chora!”. Essas são só algumas das diversas expressões que muito provavelmente, todo garoto ouviu pelo menos uma vez ao longo da infância e da adolescência. O propósito do documentário dirigido por Jennifer Siebel Newsom é tocar no cerne do problema: a criação de meninos em uma sociedade patriarcal, machista e envolta pela cultura do estupro. Ao contar com depoimentos de todos os tipos de especialistas, entre eles educadores, sociólogos e psicólogos, vemos o quanto meninos e homens passam a vida inteira com medo de se expor e de demonstrar sentimentos e como isso vai aos poucos podando talentos e vontades para construir uma personalidade que se encaixe no padrão do que é ser homem. Essa produção, se destaca como uma das minhas favoritas, pelo simples fato de mostrar que os homens que são geralmente tratados como culpados pelo machismo, são também vítimas deste processo enraizado. 

It girls - Absorvendo o Tabu - Documetários - Inverno - Street Style - https://stealthelook.com.br
Foto: Absorvendo o Tabu (Reprodução/Netflix)

Vencedor do Oscar 2019 como Melhor Documentário de Curta-Metragem, "Absorvendo o Tabu" acompanha o cotidiano de Harpur, uma pequena comunidade rural na Índia. No curta de somente 26 minutos, vemos uma assustadora e cruel realidade, em Harpur, a maioria dos homens não sabem do que se trata a menstruação e mulheres sofrem imensos preconceitos em tempos de ciclo, chegando a perder o emprego, largar os estudos e serem impedidas de entrar em templos, por serem consideradas sujas e amaldiçoadas. Segundo o documentário, na Índia, somente 10% das mulheres tem acesso à absorventes, o que faz com que mulheres optem por panos e folhas, muitas vezes não higienizados, para estacar o sangue. As produtoras do documentário então retratam a implementação de uma máquina que produz absorventes biodegradáveis. E com isso, vemos as melhoras nas condições de saúde das mulheres e a chance de alcançar a independência financeira, através a mão de obra necessária para a produção e venda dos absorventes. Apesar de curto, são 26 minutos que mudaram minha forma de enxergar meu ciclo menstrual, reconhecer meus privilégios e celebrar algo tão natural e lindo como a menstruação. 

It girls - Abstract - Documetários - Inverno - Street Style - https://stealthelook.com.br
Foto: Abstract: a arte do design (Reprodução/Netflix)

Para quem gosta de artes e design, essa série documental é super necessária. "Abstract" conta com 14 episódios e 2 temporadas e em cada episódio entramos na mente e mergulhamos no processo criativo dos maiores designers do mundo. Passando pelos mais inovadores e distintos artistas do mercado, como Tinker Hatfield, dsigner de tênis da Nike, Es Devlin, cenógrafa de palcos das maiores estrelas do mundo e Ruth Carter, design de figurinos e vencedora de Oscar. A produção vai muito além de mostrar o trabalho do designer, somos convidados a entrar em sua vida e mostra todo o processo de construção do trabalho e muitas vezes são projetos que levam anos de execução. De forma extremamente pessoal e profunda, os artistas nos levam para dentro de seus ambientes de trabalho e vida pessoal, muitas vezes, explicando a razão por trás de cada trabalho e da profissão em si. O bom dessa produção original é a independência dos episódios, você pode assistir somente os episódios que te atraem. Definitivamente é um dos documentários mais inspiradores e motivadores que já assisti, além ser recheado de ensinamentos e aprendizados. 

It girls - The Call To Courage - Documetários - Inverno - Street Style - https://stealthelook.com.br
Foto: The Call To Courage (Reprodução/Netflix)

Definitivamente um dos melhores documentários da Netflix, "The Call To Courage" é um especial apresentado pela pesquisadora norte-americana, Bené Brown. Em 2010, Bené fez o que viria a ser o TED Talk mais famoso de todos. O especial de um pouco mais de 1h de duração em como tema principal a vulnerabilidade e como devemos ser vulneráveis para o mundo para alcançar o amor e a felicidade. Bené faz uma mistura de stand up comedy com palestra para a plateia da Universidade da Califórnia em Los Angeles (UCLA), e logo de cara avisa que sim, vai tratar de temas difíceis e delicados, mas de uma forma leve, fazendo o público rir também. A principal lição que eu tirei dessa produção, é que a coragem não é o oposto da vulnerabilidade, muito pelo contrário! Precisamos ter coragem para nos expor. Esse ensinamento levo para todos os momentos e sei que é algo que mudou minha vida. 

It girls - Heal: o poder da mente - Documetários - Inverno - Street Style - https://stealthelook.com.br
Foto: Heal: o poder da mente (Reprodução/Netflix)

Eu sou muito atraída por temas espirituais, no campo da mente e das energias. Por isso, quando esse documentário foi lançado, lá em 2017, eu logo me interessei e assisti de cara. O longa traz como tema o poder da mente para a cura de doenças físicas. Nele são mostradas diversas entrevistas com cientistas, médiuns, médicos, líderes espirituais e abordados casos reais de curas físicas a partir de tratamentos alternativos. Esse é um documentário que sempre indico para pessoas céticas, não com intuito de converter ninguém, mas sim de mostrar outras possibilidades e abrir o leque da mente. É interessante vermos casos que a ciência não explica, nos faz questionar e refletir sobre diversas coisas. O documentário para longe da perfeição, mas é uma ótima produção, cheia de aprendizados que me impactaram diretamente. Dou destaque para uma frase falada na produção que uso até hoje e resume muito bem a a lição por trás de "Heal": “cada homem e mulher é arquiteto da própria saúde”.

It girls - A 13 emenda - Documetários - Inverno - Street Style - https://stealthelook.com.br
Foto: A 13ª Emenda (Reprodução/Netflix)

Eu sou suspeita pra falar de qualquer coisa que tenha sido criada ou produzida por Ava DuVernay. Ava é a mente por trás da minissérie "Olhos Que Condenam", antes do lançamento da minissérie, Ava criou e dirigiu o documentário "a 13ª Emenda". A 13ª Emenda foi um documento assinado pelo então, presidente dos Estados Unidos, Abraham Lincoln, em 1º de fevereiro 1865 e foi a abolição prática da escravidão. O documentário original Netflix faz uma alusão à Emenda Constitucional que, em 1865 aboliu a escravidão com o sistema carcerário americano e suas injustiças. O longa examina os estágios da construção histórica do preconceito e aponta como a formulação racista contribuiu para associar os negros ao mundo do crime e, por consequência, aumentar o aprisionamento deles nas cadeias e cada vez em maior quantidade, através de um processo de encarceramento em massa. Nos Estados Unidos, 40% da população presidiária é negra, enquanto somente 12% da população do país é afro-descendente. Ava mais uma vez mostra como o racismo é enraizado e cruel e como todo mundo deve lutar e ser antirracista. 

It girls - Feministas - Documetários - Inverno - Street Style - https://stealthelook.com.br
Foto: Feministas: o que elas estavam pensando (Reprodução/Netflix)

"Feministas: o que elas estavam pensando" tem como ponto de partida um livro de fotografias feito na década de 70 várias personalidades consideradas feministas da época. Com uma exposição dessas fotos sendo preparada, a diretora Johanna Demetrakas reencontra algumas dessas mulheres para conversar sobre suas vivências pessoais e principalmente sobre como era o machismo e a sociedade na década de 70. Grandes nomes como Jane Fonda, Lily Tomlin e Michelle Phillips estão entre as entrevistadas. Identificadas com a 2ª onda do feminismo, muitas delas lutaram por suas carreiras, autonomia financeira, liberdade sexual, maternidade e direitos comuns. Apesar de ser um pouco parado, o documentário tem uma linda mensagem e é inspirador vermos mulheres fortes lutando e se posicionando. 

It girls - Nosso Planeta - Documetários - Inverno - Street Style - https://stealthelook.com.br
Foto: Nosso Planeta (Reprodução/Netflix)

Sem dúvida um dos melhores documentário do Netflix, tanto de conteúdo como de qualidade de produção é a série documental "Nosso Planeta". A produção original é dos mesmos criadores do famoso "Planeta Terra", e conta com imagens impressionantes sobre a vida selvagem e seus habitats. O projeto ficou em produção durante mais de quatro, realizando gravações em dezenas de países com a ajuda de uma equipe de 600 pessoas. Segundo o serviço de streaming, o documentário foca "na diversidade de habitats ao redor do mundo, como o remoto Ártico, as profundezas misteriosas dos oceanos, as vastas paisagens da África e as selvas variadas da América do Sul". Além da parte da fauna e da flora, o documentário também trata de aspectos ambientais e do impacto da vida humana na natureza. Também é uma das minhas primeiras indicações quando me perguntam de bons documentários, principalmente tecnicamente falando.

It girls - Minimalist - Documetários - Inverno - Street Style - https://stealthelook.com.br
Foto: Minimalism (Reprodução/Netflix)

"Minimalism" é um documentário sobre as coisas importantes da vida e conta a história de dois grandes amigos, Joshua Fields Millburn e Ryan Nicodemus, dois amigos cansados da vida capitalista que transformaram completamente suas vidas, para amar pessoas e usar coisas, não ao contrário. O minimalismo como estilo de vida não fala sobre se livrar de tudo aquilo que é material, se abstendo de tudo ou doando tudo o que se tem, vai muito além do que o ato de “se desfazer” das coisas. O movimento é sobre focar no que realmente importa e valorizar tudo aquilo que temos, como por exemplo, passar mais tempo com a família ou buscar um emprego que realmente te preencha e te faça feliz. "É sobre ter um moletom de qualidade e não um guarda-roupa cheio de moletons que eu não uso", diz Joshua. É claro que eu não joguei todas minhas roupas fora depois de terminar o documentário, mas eu realmente parei para pensar no que realmente é importante pra mim e o que realmente me faz feliz. 

STEAL THE LOOK ON instagram

Deixe um Comentário
Você também vai gostar