Fashion At Work: Chris Francini

por Manuela Bordasch

Alerta musa de estilo chegando na área! Chris Francini é tão inspiradora, que já aprendemos lições com ela só de segui-la no Instagram - imagine só uma entrevista com ela, então? Chris é consultora de estilo e estilista, e realiza trabalhos de personal shopper, viagens temáticas, treinamento corporativo, palestras, workshops, campanhas de moda e por aí vai. Basicamente é: envolve moda? Ela manja!

E sabe por que ela inspira tanto a gente? Porque cria looks lindos, estilosos e super atuais, tudo pra vida real, sabe? Nada de tendências malucas, peças mirabolantes, nada disso. A consultora entende muito de estilo, do tipo de corpo de cada pessoa, das necessidades e desejos de cada cliente, e, analisando tudo isso, cria produções possíveis. Uma verdadeira aula!

No seu perfil no Insta (@chrisfrancini) e em seu site, ela ensina dicas práticas pra aplicar no dia a dia, além de mostrar suas próprias produções, elegantes e acessíveis. 

Bom, já falamos demais, né? Batemos um papo com ela pra falar sobre o trabalho de consultora, os cursos que vale a pena fazer e até alguns truques de estilo. Com vocês, Chris Francini.

Pergunta01

R: O meu trabalho engloba a mudança no vestuário (roupas e acessórios) e na aparência física (cabelo e maquiagem). Depois de analisado o estilo e todas as necessidades pessoais, é formatado o visual e a partir daí crio looks que se encaixam e atendam todas as necessidades e desejos das pessoas.

Pergunta02

R: Auxilio a comprar com prazer e racionalidade, peças especiais em qualquer loja -  das mais elegantes às mais populares. Roupas e acessórios que se encaixam no seu orçamento e realçam os melhores tipos físicos.

Pergunta03

R: As ideias vêm de desfiles e alguns sites especializados. Além de sempre observar o que as lojas estão propondo de novo.

Pergunta 04

R: Sempre! 

Pergunta 05

R: Primeiro fazer faculdade de moda. Aprender nunca é demais, aconselho até curso de corte e costura, para entender de tecido, história da moda e sempre ser pró ativa.

Pergunta 06

R: Vários! O meu, do João Braga, história da moda, estilismo e corte e costura.

pergunta 07

R: Primeiro estudar e entender sobre moda, roupas e tecidos, além de saber sobre tipo físico e estilos. Não adianta ter só bom gosto, precisa ir mais além.

Pergunta 08

R: Fiz faculdade de estilismo de moda em Milão e NY. Depois voltei para NY e fiz uma Pós em Image Consulting. Não adianta pular etapas. Por exemplo, para explicar para seu cliente qual opção de roupa ou acessório é melhor, precisa ter base na sua opinião, não só porque é bonito ou feio, precisa entender de tecido, como usar, o que vai fazer com o seu corpo e com o que mais pode combinar.

Pergunta 09

R: Ajuda muito, pois já faço uma imagem completa.

Pergunta 10

R: Depende muito do estilo pessoal dela, mas uma camisa branca e uma calça jeans que favoreçam o tipo físico e o estilo da cliente são indispensáveis. 

Pergunta 11

R: Se conhecer bem antes de compor o visual.

Pergunta 12

R: Preço não é sinônimo de qualidade ou bom-gosto, vemos muitas coisas caras que não valem a pena, assim como também encontramos peças ótimas em lojas muito simples, que nunca imaginamos. O segredo é ter paciência e olhar crítico com as peças, seja qual preço for avaliando se elas realmente têm uma acabamento e boa qualidade, se combinam com seu estilo e, principalmente, se valorizam seu corpo e sua imagem.

Pergunta 13

R: Para o estilo esportista, camisa jeans com calça jeans. Para um look sensual, o couro não tem erro já para as elegantes, o famoso terninho.

FOLLOW US ON instagram

Deixe um Comentário
Você também vai gostar