GUIA DO CABELO TINGIDO: tudo o que você precisa saber antes de tingir pela primeira vez

por The Look Stealers

Por aqui somos defensoras de que devemos nos amar naturalmente, mas sabemos que às vezes a vontade de mudar surge e e ela é totalmente necessária. A transformação mais comum quando se trata de nosso visual é mudar o corte ou ter o cabelo tingido, seja passar a ser ruiva ou ter o cabelo platinado, pintar as madeixas pela primeira vez é um momento pautado de muitas dúvidas e incertezas. 

Os fios virgens - aqueles que nunca receberam uma tintura - precisam de uma atenção especial, já que se deve ser preservar ao máximo as características naturais do cabelo, sem contar que sempre bate aquele medo do resultado final, se você realmente irá gostar e se adaptar. Caso você esteja planejando ter o cabelo tingido, mas ainda está com medo do processo e está em busca de dicas e inspirações, nos unimos com a cabeleireira Bárbara Giriotas, e tentamos te convencer nesse post a correr atrás do seu profissional de confiança e pintar o cabelo sem medo, vem com a gente:

Zoë Foster - cabelo crespo ruivo - cabelo tingido - inverno - brasil - https://stealthelook.com.br
Foto: Zoë Foster (Reprodução/Instagram)

_primeiros passos

O desejo de ter o cabelo tingido pode acontecer de duas formas, ou você apenas quer uma mudança ou já possui aquela cor que está desejando a um bom tempo, e sendo bem sinceras, para quem está pintando o cabelo pela primeira vez a principal dica é buscar bastante referências e de preferência de cabelos que tenham a curvatura parecida com a sua. Quando você se inspira em cabelos que são muito diferentes do seu pode acontecer uma decepção na hora do resultado final, além disso é muito importante que o profissional que irá realizar o seu cabelo saiba exatamente o que você deseja. 

Busque inspirações no Instagram, faça uma pasta no Pinterest e converse muito com seu cabeleireiro, ele saberá exatamente o que funciona para o seu tipo de cabelo e tom de pele. 

Após decidir o tom que você deseja, é hora de começar a prepara o cabelo para a tintura. O processo agride muito o cabelo e por isso é muito importante investir na hidratação um mês antes do processo. Faça semanalmente o processo de hidratação e nutrição dos fios, assim eles estarão fortes, saudáveis e menos suscetíveis ao dano da química.  

Mi-anne Chan - cabelo colorido - cabelo tingido - inverno - brasil - https://stealthelook.com.br
Foto: Mi-anne Chan (Reprodução/Instagram)

_como escolher a cor

Escolher a cor e intensidade do tom é a principal dúvida, afinal, são várias as opções que nos despertam o olhar. A dica da Barbara é que você preste atenção ao seu contraste natural, que é a diferença entre o tom do cabelo, sobrancelha, olhos e pele, quanto mais próximas as cores, mais harmônico o visual fica. Por exemplo, se o seu cabelo é muito claro é melhor evitar cores muito escuras, pois o alto contraste irá evidencias manchas ou olheiras. 

Chiara Galante - cabelo ruivo - cabelo tingido - inverno - brasil - https://stealthelook.com.br
Foto: Chiara Galante (Reprodução/Instagram)

_qual tipo de tinta?

Existem alguns tipos de tintura e na verdade é o resultado que você deseja que irá determinar qual processo a cabeleireira irá realizar no seu cabelo. Em nosso primeiro capítulo do Guia do cabelo tingido você encontra toda a explicação sobre cada tipo e assim já vai ao salão imaginando o processo que seu cabelo irá viver.

Eliana Carrier - cabelo cacheado e bandana - cabelo tingido - inverno - brasil - https://stealthelook.com.br
Foto: Eliana Carrier (Reprodução/Instagram)

_o que você precisa saber

Ter o cabelo tingido não altera apenas a cor dos fios, mas também a sua textura e ondulação natural. O processo é ainda mais agressivo nas crespas e cacheadas, segundo Barbara, a descoloração platinada altera muito a curvatura desses cabelos, conta: "como o pH dessa química é muito alto pode haver perda de cutículas e isso afeta a definição dos cachos".

Quando a curvatura do cabelo é alterada não é possível reverter, apenas quando os fios nascem naturalmente, por isso você crespa e cacheada que deseja pintar os fios, escolha sempre um especialista em cabelos crespos e cacheados na hora de colorir. Mas uma dica que serve para todos os tipos de cabelo, após pintar, não importa qual procedimento você faça é muito importante tratar os cabelos com fios próprios para tinturas e deve ser constante o tratamento. 

Deixe um Comentário
Você também vai gostar