O dossiê completo dos produtos antissinais

por Inaê Ribeiro

Somos defensoras da autoaceitação e de entender que o tempo passa e as marcas em nossa pele são as responsáveis por contar as nossas histórias. Ao mesmo tempo, sabemos que um cronograma de skincare é essencial para garantir uma pele saudável e viçosa. A busca por produtos antissinais que tratam e nutrem a pele está cada vez mais aumentando e ganhando espaço em nossos nécessaires. E se engana quem pensa que só a partir de uma certa idade que esses cosméticos podem ser inseridos em uma rotina de autocuidado.

Por estarmos expostas à poluição, raios solares e das telas de computadores e celulares, o envelhecimento precoce é uma realidade, mas que tem solução. Para te contar tudo sobre os produtos antissinais, pedimos a ajuda da nossa dermatologista parceira Dra. Silvia Quaggio, que explica os benefícios, para quem eles são indicados e qual o ideal para o seu tipo de pele. Ficou curiosa? Vem com a gente:

Grece Ghanem - skincare - produtos antissinais - outono - brasil - https://stealthelook.com.br
Foto: Grece Ghanem (Reprodução/Instagram)

_o que são os produtos antissinais

Antes de tudo é importante entender o que são esses cosméticos e, segundo a Dra. Silvia, a maioria dos produtos antissinais são hidrantes, de uma maneira que previne que a pele perca água pela superfície, logo ela tem mais viço. 

Um dos principais ingredientes do produtos antissinais é a Vitamina C, que tem bombado entre as amantes de skincare. Ela possui uma ação antioxidante, que ajuda a neutralizar os radicais livres, na produção de colágeno e ainda inibe a formação de melanina, responsável por manchas na pele, assim a vitamina oferece uma pele mais uniforme.

Outro ingrediente famoso nesses produtos são os ácidos, responsáveis por realizar uma renovação celular, melhorando manchas e ainda suavizando rugas finas e garantindo maior firmeza à pele. 

Yasmin Furmie - skincare - produtos antissinais - outono - brasil - https://stealthelook.com.br
Foto: Yasmin Furmie (Reprodução/Instagram)

_quando iniciar

Muito se fala que quanto antes iniciar uma rotina de cuidados antissinais melhor é, mas a realidade é que é preciso analisar seu tipo de pele, pigmentação e região onde mora. Pessoas com pele clara, que estão mais expostas ao sol, as tabagistas e que fazem uso constante de álcool precisam iniciar o tratamento antes do que pessoas que não possuem essas características. 

Segunda Dra. Silvia, para as moradoras do litoral a dica é iniciar por volta dos 20 anos, já que estão mais expostas ao sol, além disso é importante adicionar à rotina de cuidados com a pele uso diário de protetor solar e vitaminas e extratos botânicos. 

Já entre os 25 e 35 anos é muito importante hidratar a pele na medida correta, pois se utilizar um antissinais que não é para o seu tipo de pele, pode ocorrer dilatação dos poros. Dos 35 aos 40 anos é necessário a aplicação de ácidos que irão auxiliar na renovação celular, alternando com produtos antissinais que fornecem hidratação. Uma área que estamos cada vez falando mais sobre a importância dos cuidados é a área dos olhos. Por ser muito fina é a primeira região do rosto que os sinais do tempo começam a aparecer, tendo menos firmeza na pele. 

Dos 40 anos em diante, mesmo que você possua uma ótima genética que te ajuda a ter uma pele boa, é importante usar o mesmo tipo de produtos antissinais indicados acima junto com procedimentos que ajudam na reposição do colágeno.

ASI - skincare - produtos antissinais - outono - brasil - https://stealthelook.com.br
Foto: ASI (Reprodução/Pinterest)

_escolhendo o produto ideal

O primeiro passo para escolher entre os produtos antissinais é pesquisar um seja indicado para a sua idade e para o seu tipo de pele. Para as mais novas, Dra. Silvia informa que o ideal é escolher produtos em gel ou sérum, e para as mulheres mais maduras, o indicado é optarem por texturas em creme. Além disso, procure sempre por dermocosméticos, eles possuem um maior controle de qualidade com estudos científicos sobre sua eficácia.

É preciso ficar atenta também aos ingredientes que compõem esses produtos. Segunda a Dra. Silvia, para quem possui pele oleosa e poros abertos o ideal é investir em ácidos como tretinoína - que deve ter indicação de um dermatologista- e hidroxiácidos, que são ácidos orgânicos como o ácido láctico, glicólico, cítrico e málico. Para as mulheres de pele madura e seca, a dica é investir em um hidratante com ação tensora, aqueles que possuem ácido hialurônico, madecassoside, pro-xylane. 

Agora, se você possui tendência a desenvolver manchas é muito importante investir em Vitamina C, principalmente as que contém ácido L  Ascórbico.

Deixe um Comentário
Você também vai gostar