O meu estilo mudou e vou vender todas as minhas roupas

por Isabella Aredes

Oi, eu sou a Isa. Tenho 24 anos, nasci em uma cidade do inteiror de Minas Gerais e me mudei pra São Paulo faz pouco mais de um ano. Sou coordenadora de design do Steal The look e às vezes gosto de me arriscar em alguns projetos legais aqui no site. Apresentações feitas, hora de contar o motivo por trás desse post: eu vou vender todas as roupas do meu guarda roupa. Tô me sentindo no dia de princesa do Netinho, só que sem todo um staff por trás das câmeras resolvendo as coisas por mim. Sinto que meu estilo mudou e topei começar essa série de posts para documentar como será encontrar o meu estilo, o que às vezes me parece impossível, afinal, eu amo jaquetas esportivas e saltos blocados brilhantes usados juntos. Já inventaram definição pra esse tipo de estilo?

Não poderia deixar de começar esse post falando que eu nunca me considerei uma pessoa consumista. Acho que por isso nunca tive muitas peças no armário. Pelo menos umas 3 vezes ao ano eu separo as peças em bom estado e que eu não uso para doação, naquele esquema de entra um e e sai outro. Sempre fui a pessoa que sabia de cór todas as peças que tinha em casa quando pensava em comprar algo e posso até dizer que quase nunca faço compras por impulso. Posso dizer com toda certeza que talvez tenha ido às compras umas 2 vezes ano passado pra comprar uma blusinha ou outra. Boa parte do meu guarda roupa é formado pelos sorteios do Steal The Look - sortuda, eu sei.

mudança de estilo - isa vende tudo - como vender minhas roupas - brecho online - meu estilo mudou - https://stealthelook.com.br

Nos últimos 5 anos passei por várias fases: a básica que só usava camisa e calça jeans, a esportiva que usava todos os dias o truque da roupa de academia pra não pensar em look, a hippie clássica de faculdade que só usava calças super largas e com estampas super coloridas (shame on you). E apesar de quase sempre trabalhar com moda, nunca me considerei uma pessoa que tivesse alguma ideia do que estava fazendo ao escolher minhas roupas. Nunca foi uma decisão difícil, mas sempre senti algum desconforto por não me identificar 100% com o que eu estava vestindo, sabe?

Mas vamos ao que interessa? Tudo começou numa reunião de pauta onde eu falei: "Meu estilo mudou. Hoje eu não me identifico com 95% das minhas roupas, mas vou fazer o que, né? Vender tudo e começar um guarda roupa quase do zero?" e a resposta absoluta foi: "Ia ser muito legal se você fizesse e documentasse isso" e aqui estou eu: separando todas as minhas roupas e perguntando para todas as pessoas possíveis qual a melhor forma de fazer um brechó online, onde eu consiga vender as minhas roupas por um preço justo para tentar comprar outras. 

Falando em construir um novo guarda roupa, ainda estou pesquisando qual a melhor forma de fazer isso dar certo: juntando referências, prestando mais atenção no que é importante pra mim, o que me faz sentir bem. Pensando em quem seria a minha referência de moda, aquela pessoa que eu roubaria todas as roupas, mas ainda não achei. Acredito que não será tarefa fácil, mas estou super animada pra começar o desapego e pensar em novas formas de enxergar a moda. 

Vale a pena pontuar que eu estou super aberta a dicas e sugestões. Não sei garimpar em brechós que não sejam online, infelizmente. Mas estou estudando se, economicamente, vale a pena não ter quase nenhuma roupa e alugar roupas casuais sempre que eu precise ou então me vestir apenas com camisas de malha pretas (alô, Steve Jobs). Ainda não sei muita coisa, só que meu estilo mudou, e caso você se interesse, vamos descobrir juntas?

_lista das coisas que eu sei até o momento:

isabella aredes - moodboard estilo - novo estilo - vender roupas - mudança de estilo - https://stealthelook.com.br

- Gosto de sapatos divertidos, principalmente saltos blocados;
- Mas também gosto de sapatos pretos e tênis esportivos;
- Amo jaquetas corta vento;
- Eu sempre vou prezar pelo conforto;
- Amo peças multifucionais: o casaco de festa que deixa uma roupa básica legal, um salto que vai desde o trabalho até um baile de formatura, um maiô que eu posso usar de blusa, etc;
- Não me sinto bem com blusas e vestidos que são do estilo alcinha, sabe?
- Amo calças com a modelagem mais amplas;
- A não ser que sejam bem diferentonas, eu não gosto muito de calças jeans;
- A cor que eu mais amo no mundo é preto, e apesar de muitas vezes me pegar pensando se deveria começar a usar apenas roupas pretas À la Thais Farage, eu me pego curtindo combinações coloridas. Como as desse post aqui, que sinceramente, acho que usaria quase todas as roupas;
- Descobri que em blusas de frio, eu valorizo muito o capuz (time das pessoas que odeiam guarda-chuvas);
- Não gosto de vestidos justos;
- Acho que cores quentes combinam comigo, algo próximo de vermelho bordô e laranja escuro;
- Também me sinto bem usando preto e branco;
- Não gosto de casacos que ficam apertados na hora de abraçar, gosto de peças mais amplas!

Isabella Aredes - moodboard estilo - como mudar estilo - meu estilo mudou - vender minhas roupas - https://stealthelook.com.br

E se você quer acompanhar essa jornada, aqui vão os meus próximos passos: descobrir qual a melhor maneira de criar um brechó online, como precificar as suas roupas, métodos de pagamento (meu Deus), quais roupas eu vou manter? Como descubrir meu estilo? Como criar um guarda roupa que funcione bem com poucas peças e que não custe o olho da cara? Amigas, se preparem, pois vou chamá-las no Whatsapp com muito mais frequência a partir de agora.

Você também vai gostar