O que é armário cápsula e como criar um

por Inaê Ribeiro

Se um dia você entrou no seu quarto, abriu o seu armário e por mais cheio de peças que ele estivesse, ainda assim, você soltou um "não tenho roupa para usar", saiba que esse pensamento é muito comum e ele acontece porque estamos sempre comprando peças e seguindo as tendências, mas a nossa personalidade e gosto mudam com o passar do tempo. E foi aí, que devido a esses problemas surgiu o conceito do armário cápsula.

Durante a década de 70, a estilista Susie Faux surgiu com o conceito do armário cápsula pela primeira vez. Ela criou a ideia de um guarda-roupa construído apenas com itens que sejam essenciais, atemporais e, principalmente, que combinem entre si. Por um tempo, essa ideia não foi tão aderida e um dos motivos que impediam de colocar a técnica em prática era o sucesso das redes de fast-fashion. Hoje, a proposta de moda sustentável está mais presente e sendo mais discutida, o número de pessoas que desejam aderir ao consumo consciente a partir de marcas que respeitem o meio ambiente e evitam o desperdício, aumenta a cada ano e esse é um dos motivos para a popularização do armário cápsula.

Gigi Pip armário cápsula - armário cápsula - armário cápsula - outono - brasil - https://stealthelook.com.br
Foto: Gigi Pip (Reprodução/Pinterest)

As redes sociais, como já sabemos, influenciam no estilo de vida e hábitos das pessoas e foi a partir de blogueiras do mundo todo falando sobre e aderindo ao armário cápsula, que o tema ganhou presença no cenário brasileiro. Se você também sente que há peças além do necessário em seu closet ou simplesmente deseja aderir a uma atitude mais sustentável e minimalista, nós te explicamos o porquê e como aderir a esse modelo de armário.

_por onde começar?

O primeiro passo antes de aderir ao armário cápsula é analisar quais peças você já possui e quais poderá desapegar. Veja todas as roupas que você tenha no seu armário e perceba quais você costuma usar mais, quais comprou e nunca usou e quais você ainda quer continuar utilizando. A nossa look stealer, Jéssica Menasce, recentemente fez uma limpa no seu guarda-roupa e deu dicas de quais critérios utilizar na hora de determinar as peças que ficam e as que vão para a doação. Inclusive, você pode utilizar as dicas dela para organizar o seu closet.

_criando um armário cápsula

A ideia original do armário cápsula é ter cerca de 30 peças por estação, ou seja, um armário cápsula destinado ao inverno e outro ao verão, mas considerando o clima brasileiro, esta divisão não é necessária. O indicado, então, é ter cerca de 70 peças que você utilizará durante todo o ano. 

Ao escolher as peças que farão parte de seu closet, a principal dica é investir em itens versáteis, que combinam com diferentes estilos e são possíveis de fazer sobreposições em dias mais frios. A escolha do estilo dessas roupas deve partir de você, de acordo com seu gosto pessoal para caimento e cores, apesar que utilizar tons neutros e sóbrios pode ser a maneira mais fácil, mas isso pode não fazer sentido se você ama cores - como também o indicado é evitar peças que possuam estampas, mas se você é fã do mix de padronagens, está liberado investir em modelos estampados.

O principal é escolher uma paleta de cores, que irão conversar entre si, te valorizar e atender ao seu gosto. Outro fato importante é investir em mais peças na parte de cima, já que as de baixo podem ser reutilizadas mais vezes.

_será que estou pronta?

Se você ainda está em dúvida sobre a adesão do armário cápsula, te apresentamos alguns motivos que podem te convencer a aderir. A indústria da moda é uma das que mais poluem o meio ambiente e, além dos benefícios ambientais deste tipo de closet, já que você consumirá menos peças, ele auxilia também na sua criatividade. Ao ter poucas roupas disponíveis, você criará maneiras diferentes de usar uma peça específica, que talvez você nunca havia pensado antes. Existem algumas influenciadoras que fazem esse tipo de desafio e você pode se inspirar e encontrar maneiras diferentes de usar aquilo que você já tinha. 

_o que fazer com as peças que não quero mais?

Se você decidiu aderir ao armário cápsula, mas não sabe o que fazer com as roupas que retirou, a nossa dica é fazer uma doação, aliás, existem várias instituições pelo país que aceitam peças de segunda mão e as destinam para pessoas que não têm condições financeiras. Além de ajudar o meio ambiente ao diminuir o consumo, o armário minimalista possui também a ajuda social através das doações. 

Deixe um Comentário
Você também vai gostar