Os momentos marcantes das Olimpíadas 2021 para o legado feminino no esporte

por Giulia Coronato

Os Jogos Olímpicos de Tóquio ficaram conhecidos, antes mesmo de começarem, pela equidade. Pela primeira vez na história, o número de atletas femininas era quase o mesmo dos atletas masculinos. Entre 11.500 atletas, 5.635 são mulheres (49%) e 5.865 homens (51%). Fruto de muita luta e conquista, as mulheres fizeram do esporte um lugar com mais igualdade de gênero e apesar de muitos obstáculos, nós fomos o destaque das Olimpíadas 2021.Pela primeira vez haverá o mesmo número de disputas para homens e mulheres, além da inserção de disputas mistas, e outros diversas medidas tomadas pelo Comitê Olímpico com o intuito de se aproximar ao máximo possível da igualdade. 

Após o fim das Olímpiadas 2021, vemos o quanto o legado feminino no esporte foi intensificado e fomentado nesse ano, e apesar de atletas mulheres terem passado por poucas e boas - ainda - nós conseguimos dar a volta por cima e sair vitoriosas. Hoje, vamos relembrar os maiores marcos dos Jogos Olímpicos de Tóquio para a mulher no esporte. 

It girls - Olimpíadas 2021 - Olimpíadas 2021 - Inverno - Street Style - https://stealthelook.com.br

_a equipe alemã de ginástica

Começando com a equipe alemã de ginástica artística feminina reforçou o direito e domínio do corpo ao optarem por um traje de mangas e calças compridas, a ginasta Sarah Voss declarou: “Queremos ter a certeza de que todas se sintam confortáveis e mostramos a todas que elas podem usar o que quiserem e ter uma aparência incrível, seja com um traje longo ou curto.”

_o recorde da Ana Marcela Cunha

A brasileira Ana Marcela Cunha encheu o país de orgulho ao conquistar a medalha de ouro na prova dos 10km da maratona aquática, realizando a prova em 1h59min30s8. Além do prestígio olímpico, a atleta brasileira bateu o recorde mundial no esporte. Incrível, né?

_o cabelo da sul-coreana An San

Depois te der sido atacada no próprio país pelo corte de cabelo super curto, a arqueira sul-coreana An San - que bateu recorde olímpico e ganhou três medalhas de ouro na mesma semana - começou um motim poderoso. Após as críticas ao cabelo da atleta, mais de 6.000 fotografias de mulheres com cabelo curto foram adicionadas ao site da Associação Coreana de Tiro com Arco, denunciando o sexismo do país e mostrando apoio a An San.

_a segunda mulher a ganhar 7 medalhas em uma mesma Olimpíada

A nadadora Emma Mckeon foi um dos grandes marcos das Olímpiadas 2021 e fez história ao se tornar a segunda mulher a ganhar 7 medalhas em um mesmo Jogos Olímpicos. A última vez que isso aconteceu foi em 1952, com a ginasta Mariya Gorokhovskaya.

_o fenômeno Rayssa Leal

Como falar das Olímpiadas 2021 e não falar da skatista Rayssa Leal? Além da atleta mais nova do Brasil na história dos Jogos Olímpicos, Rayssa é a mais jovem medalhista do país - e de de uma forma geral, a mais nova nos Jogos desde 1936. Rayssa, apesar de tão jovem, é um exemplo para todas as mulheres do Brasil e do mundo, principalmente à crianças e adolescentes que sonham em realizar seus sonhos, por mais malucos que eles possam parecer. 

Você também vai gostar