Por que essa especialista diz que você não deveria usar óleo de coco no cabelo

por Giovana Marcon

Quem também entrou no hype do óleo de coco há alguns anos? Lembro de ver Yasmin Brunet usar óleo de coco no cabelo, no corpo, para cozinhar... E com aquele cabelo, convenhamos, não tinha como duvidar que ele realmente funciona, né? Então eu, com os cabelos descoloridos e ressecados na época, não hesitei em comprar um potão de óleo de coco extravirgem e fazer absolutamente tudo com ele. Máscaras capilares, esfoliantes para o rosto, reparador de pontas, tudo era óleo de coco! Usei o condimento por bastante tempo e hoje amo usar na cozinha e colocar no meu café (alô, latte sem leite da Catha), mas agora ele se restringe à cozinha.

Quem cuida e corta do meu cabelo é a minha prima, Bárbara Giriotas, que já apareceu por aqui dando algumas dicas sobre cabelos cacheados - o qual é especialista. E em uma dessas pautas sobre cuidados com os fios, ela comentou que o óleo de coco, quando usado em excesso, pode ser um verdadeiro vilão da hidratação. E desde então, como confio nela de olhos fechados, falo pra todo mundo que não pode passar óleo de coco no cabelo! O por quê? Eu perguntei, e ela deu a resposta de especialista:

por que o óleo de coco pode ser ruim?

O óleo de coco puro é muito graxo, bem gorduroso, e possui moléculas grandes difíceis de serem quebradas que formam uma película no fio de cabelo, e com o uso constante pode se acumular e até impedir a absorção de água pelo fio, dificultando a dilatação das cutículas. 
Já no couro cabeludo, ele pode causar irritações e até disfunção da glândula sebácea por ser muito ácido e isso, em longo prazo, pode causar uma inflamação na derme, levando à queda de cabelo.


Lembre-se que água é óleo não se misturam, então use sempre uma máscara de hidratação para ajudar na retenção de água no fio. Se seu cabelo for crespo, ou se precisar de mais brilho no fio, opte por finalizadores em creme que contenham uma pequena fração de óleos essenciais em sua composição, pois estarão balanceados da forma certa para não pesar.

Bárbara Giriotas, visagista e expert em cachos, crespos e ondas

-          -            -                 -             - https://stealthelook.com.br
Foto: Foto: (Reprodução/Pinterest)


Aí percebi que o meu cabelo, que é seco e espesso, não estava se adaptando muito bem ao óleo de coco e acabava ficando ainda mais pesado, o que era exatamente o que eu não queria. O uso contínuo do óleo de coco no cabelo pode criar uma camada que impede que a água penetre no fio, ou seja, ele não vai hidratar e outros produtos que você usar não terão o mesmo efeito por causa dessa película que ele cria nos fios. Por isso vim trazer a palavra do uso moderado do óleo de coco para vocês - porque pode parecer que seu cabelo está super brilhante e hidratado, mas ele só tem uma grande camada de óleo que, no futuro, pode causar vários danos.

Mas, lógico, vale sempre consultar seu profissional de confiança pra saber o que ele indica para o seu cabelo! 

STEAL THE LOOK ON instagram

Deixe um Comentário
Você também vai gostar