Porque a Zoë Kravitz em High Fidelity é tudo pra mim

por Catharina Dieterich

Quando comecei a assistir High Fidelity eu já tinha uma certeza: eu ia amar e assistir tudo em dois dias, rs. E mesmo sem ter lido nenhuma review da série, eu já sabia que ia adorar, sabe por quê? Mesmo que não fosse uma história legal, só o fato de ser a Zoë Kravitz - que pra mim é uma das mulheres mais lindas e estilosas do mundo - arrasando em NYC ao som de muita música incrível, com um look bafo atrás do outro, já valeria o meu tempo.

Mas me surpreendi positivamente: a história da Rob - personagem da Zoe -, que tem uma loja de discos no Brooklin, é divertida, verdadeira e faz a gente se identificar em muitos momentos. Além disso, a trilha sonora é de não parar de dar o Shazam - aquele app que “escuta” a música que está tocando e identifica - e os looks dela só vão melhorando a cada episódio.

Mas o motivo que eu me apaixonei pela Zoe - ou melhor, Rob - é que ela me fez reviver peças antigas do meu guarda roupas, que eu não usava há anos. Como uma minissaia esportiva bem mini mesmo, que eu não usava porque me achava ridícula, kimonos fluidos e camisas e camisetas oversized. Tudo isso ao som de muito Fleetwood Mac, Blondie, Marvin Gaye - e a lista continua.

Zoë Kravitz - high fidelity - quarentena séries - inverno - street style
Foto: Zoë Kravitz (Reprodução/Pinterest)


O trench coat de couro é figurinha carimbada nos looks da Rob, servindo como uma peça chave para as produções tanto do dia quanto da noite. O casaco statement transforma qualquer outfit básico em segundos e dá aquele mood mais "chic e cool" sem esforço algum em qualquer jeans e camiseta de banda.

Zoë Kravitz - high fidelity - quarentena séries - inverno - street style
Foto: Zoë Kravitz (Reprodução/Pinterest)

Já falamos que a mom jeans é outra protagonista nos outfits da personagem principal? A peça despojada é essencial para manter o estilo vintage e ao mesmo tempo atual - perfeito para uma jovem dona de loja de discos nos tempos modernos, não? 

Zoë Kravitz - high fidelity - quarentena séries - inverno - street style
Foto: Zoë Kravitz (Reprodução/Pinterest)

E esse é o look que falei no começou do texto. Só a Rob me faria repensar uma minissaia ultra curta com tênis e uma camiseta podrinha. 

Zoë Kravitz - high fidelity - quarentena séries - inverno - street style
Foto: Zoë Kravitz (Reprodução/Pinterest)

Camisas floridas com aquele "ar" havaiano? Pode anotar essa peça na sua wishlist, porque depois de assistir a série você provavelmente vai desejar uma dessas no seu armário. 

Zoë Kravitz - high fidelity - quarentena séries - inverno - street style
Foto: Zoë Kravitz (Reprodução/Pinterest)

E é com esse look que eu me refiro que ela me convenceu a voltar com meus looks de jeans reto e camiseta podrinha de banda. O cinto vermelho faz toda a diferença, e o mocassim deixa toda a produção mais chic. 

Zoë Kravitz - high fidelity - quarentena séries - inverno - street style
Foto: Zoë Kravitz (Reprodução/Pinterest)

Se você nunca pensou na ideia de misturar uma camisa havaiana com um sobretudo de couro, a personagem te mostra que o resultado foge do óbvio e pode te surpreender em produções de meia-estação. Amei a forma que ela usou a camisa aberta e mesmo assim por dentro da calça e já quero testar essa semana. 

Zoë Kravitz - high fidelity - quarentena séries - inverno - street style
Foto: Zoë Kravitz (Reprodução/Pinterest)

Pra finalizar, um dos meus mais básicos e favoritos da série: essa camiseta do Bob Marley com as mangas cortadas usada como vestido é tudo pra mim! A dica aqui é comprar uma camiseta masculina bem grande, cortar as mangas e arrasar como a Zoë, tá?

Ah! Como boa amante de música, é claro que eu já encontrei a playlist oficial da série no Spotify, porém já fiz uma seleção das músicas pra ouvir de manhã ou no final do dia, que têm tudo a ver com essa quarentena. Me digam se gostaram?

STEAL THE LOOK ON instagram

Deixe um Comentário
Você também vai gostar