Quanto custa o seu look estiloso?

por The Look Stealers

Você já parou para pensar que, por trás da etiqueta de uma peça de roupa nova, existe todo um processo que impacta diretamente no valor final dela? Hoje, estamos aqui para esclarecer alguns pontos importantes e refletir sobre o quanto custa o seu look estiloso - e já adiantamos, vai muito além dos materiais usados na produção. 

Recentemente, a marca brasileira Aluf compartilhou em suas redes sociais um diálogo sobre a precificação das roupas, tornando o assunto totalmente necessário para entendermos um pouco mais a fundo como as marcas de moda, sejam elas grandes ou pequenas, chegam em um determinado número para venda.

Se você já se perguntou coisas do tipo "será que essa roupa vale mesmo esse valor?", role a página porque abaixo você encontrará algumas respostas para essas e outras questões, que levantamos e respondemos em parceria com a Marília Carvalhinha, coordenadora da pós de negócios de moda na FAAP, especialista e conselheira de Administração, vem com a gente: 

Pinterest - quanto custa o seu look - quanto custa o outfit - outono - street style - https://stealthelook.com.br
Foto: Pinterest (Reprodução)

_mão de obra e materiais

Para colocar na ponta do lápis quanto custa o seu look, primeiro de tudo é preciso saber que para uma confecção justa e sustentável, um dos principais processos de valores está na mão de obra e escolha de materiais. Em outras palavras, sabemos que na procura em oferecer a melhor oferta do mercado, algumas empresas acabam terceirizando esse trabalho - e já sabemos o que todo esse processo pode resultar, né?

A escolha dos materiais, assim como a mão de obra, é um dos pontos mais importantes na produção de uma peça. Afinal, quanto maior a qualidade, maior será o valor do investimento. E é essencial lembrar: independentemente da qualificação do profissional, ele deve receber um valor justo pelo seu trabalho.

_despesas administrativas

Mas, os principais pontos do processo de precificação não param por aí. As despesas básicas, assim como mão de obra e materiais, são também essenciais na hora de listar os gastos com a produção. Aluguel, internet, água, luz, telefone, funcionários, impostos e muitos outros tipos de despesas operacionais precisam estar cobertas pelo preço de venda. 

_despesas mercadológicas

Além das despesas operacionais, para que o produto possa ser apresentado adequadamente ao cliente, a empresa precisa gastar com fotos, campanhas, lojas (físicas ou virtuais), conteúdo, marketing digital, entre outras despesas mercadológicas, ou seja, aquelas que envolvem a relação da empresa com os seus clientes.

Elas podem não estar contidas fisicamente no produto que você compra mas, sem essas atividades, você não teria como conhecer e ter acesso aos produtos da marca.

_ciclo financeiro

Por fim, terminando de uma maneira mais simplificada e prática, para uma marca conseguir crescer, ela precisa reabastecer o estoque, investir em marketing, investir em fotos e campanhas, e garantir a qualidade da peça que está sendo produzida. Garantir recursos antecipados para tudo isso pode custar caro para a empresa, tanto através das taxas de antecipação de cartão quanto através de juros de empréstimos.

É preciso entender que esses valores variam de acordo com cada marca. Quanto menor ela for, maiores serão os gastos repassados no produto final pois a escala de produção é menor.  Por outro lado, lembre-se que isso representa uma vantagem de exclusividade do seu produto!

Pinterest - quanto custa o seu look - quanto custa o outfit - outono - street style - https://stealthelook.com.br
Foto: Pinterest (Reprodução)

Para evoluirmos como consumidores, é preciso reavaliar quanto custa o seu look e valorizar ainda mais o trabalho por trás das produções.

Você também vai gostar