Quem são os pertencentes da Geração X, a geração esquecida

por Giulia Coronato

Muito se fala da Geração Z e dos Millennials, dos seus pertencentes e de suas tendências, tanto de comportamento, como de moda e beleza. A briga entre GenZ e GenY dominou a internet nas últimas semanas, nos fazendo questionar a que lado pertencemos e nos identificamos mais. Mas, não é só desses dois polos que é formada a sociedade atual, apesar de não receber tanta atenção das redes e das marcas, não podemos nos esquecer da Geração X

Apesar de ser uma das gerações com maior poder de consumo e concentração de riquezas, a Geração X ainda é muito deixada de lado nas estratégias de vendas das empresas, e muito esquecida quando falamos de tendências de consumo, moda e beleza. O que é extremamente injusto quando paramos para pensar. 

Para entendermos melhor quem são os pertencentes dessa geração esquecida e um pouco de suas preferências e comportamentos, unimos forças com a WGSN - empresa líder em tendências de comportamento e consumo - e entrevistamos Mariana Santiloni, expert do futuro, para nos esclarecer dúvidas e questões sobre a Geração X. 

It girls - Geração X - Geração X - Inverno - Em casa - https://stealthelook.com.br
Foto: WGSN (Reprodução/Instagram)

_quem são os pertencentes da geração x?

M.S.: A Geração X são os nascidos entre 1965 e 1978. As gerações são definidas pelo momento social, politico, econômico e tecnológico que cresceram. A Geração X passou por rupturas significativas – da influência hippie ao golpe militar no Brasil. A denominação “X” foi usada para descrever a “juventude alienada” nascida aproximadamente entre 1965 – 1978 que prezava pelo individualismo, desprezava as autoridades e não queria ser definida. Todavia é uma geração de viajantes insaciáveis, fiéis as marcas, receptivos aos mais diversos estímulos digitais e são considerados os membros mais produtivos da força executiva. Mesmo tendo como prioridade o tempo de qualidade com a família. A Geração X foi a última a ter crescido na época em que existia apenas o varejo físico. Por isso, as experiências vivenciadas na vida real são fundamentais para gerar fidelidade.

_qual a maior diferença dessa geração (além da idade) para os millennials e os genZ?

M.S.: A Geração X influencia, silenciosamente, grande parte das compras atualmente, já que a maioria deles estão cuidando dos pais idosos e educando as próximas gerações de filhos e netos. Cerca de 47% dos Gen-X são responsáveis por um pai ou mãe boomer ou por uma criança com menos de 18 anos (GenZ ou Alpha). Ou seja, a conexão com eles cria um atalho para dois dos maiores grupos demográficos de consumidores do mundo.

_quais são as características da geração X como consumidores?

M.S.: A Geração X é uma das gerações mais fiéis às marcas. Esse não é um consumidor imprudente – a segurança financeira é essencial, e com filhos crescendo e pais envelhecendo, há toda uma miríade de fatos a serem considerados. Isso é especialmente relevante quando querem algo para si mesmos: as compras são analisadas a fundo e precisam ter um propósito claro.

_na briga entre millennials e geração Z, a genX se assemelha mais a quem?

M.S.: No geral, a Geração X são os pais da Geração Z. Desta forma, muitas das prioridades passam de pais para filhos - como a fidelidade com as marcas. Mas os nascidos no finzinho da Geração X, entre 1976 e 1984, são os Xennials. Este grupo cresceu conhecendo o mundo digital, mas sabem bem como navegar de uma plataforma online para uma offline.

_quais as maiores tendências de moda vistas na geração X?

M.S.: Peças clássicas e atemporais com foco em qualidade. A Geração X é fiel às marcas renomadas como Apple, Netflix, Disney, Samsung e Nike por razões que inclui "transparência, simplicidade, apelo emocional e, em alguns casos, a boa velha nostalgia. Eles estão dispostos a pagar mais por marcas premium que tenham melhor qualidade ou que pelo menos sejam vistas como de maior valor.

_apesar de possuírem o maior poder de consumo, as marcas não se comunicam diretamente com a geração X, porque? e por último, por que a geração X é considerada a geração esquecida?

M.S.: Esses consumidores estão em seu auge profissional e gastam mais do que os millennials. Apesar disso eles são conhecidos como a geração esquecida (the forgotten generation) por serem há muito tempo negligenciados pelas marcas. O tamanho da sua população pode contribuir com a falta de atenção dada pelas marcas. Uma vez que quando comparada aos boomers ou aos millennials não possui números para brigar com o mercado jovem nem o poder aquisitivo dos boomers - Nos EUA de acordo com a Pew Research ela é formada por 65 milhões de pessoas, número significativamente menor que os Millennials (Geração Y) e os Boomers. A Geração X há muito tempo se posiciona contra as tradições e foi a primeira a defender o equilíbrio entre vida e trabalho. Agora ela vem aceitando a meia-idade e transformando esse conceito com atitude jovial mas orçamento de adulto. Os gastos estão agora em grande parte focados nas crianças e nos membros da família com ênfase na saúde e no bem-estar de todas as gerações da casa.
Deixe um Comentário
Você também vai gostar